Garibaldi Filho participa de reuniões em Mossoró e Upanema, e grande mobilização em Pau dos Ferros

30 Set2018

Por Jbelmont às 16h18

 

O senador e candidato à reeleição Garibadi Filho (MDB-RN) teve agenda movimentada neste sábado (29). O senador participou de reuniões com apoiadores em Mossoró, Upanema e, no fim do dia, participou de uma grande mobilização política no município de Pau dos Ferros.

A programação teve início em Mossoró. Na manhã e início da tarde, Garibaldi visitou as empresas TCM Telecomunicações, concessionária Terrasal Chevrolet e o grupo Três Corações. Além disso, o senador participou de reunião na residência da presidente da Câmara Municipal, vereadora Izabel Montenegro (MDB). O segundo suplente de Garibaldi, Dr. Bernardo Rosado (PP) acompanhou a agenda.

No fim da tarde, Garibaldi visitou o município de Upanema. A presidente do MDB local, Joyle Fernandes juntamente com os ex-prefeitos Valério Augusto, Antônio Targino e a ex-prefeita Maristela Freire, além do ex-vice-prefeito Manezinho, promoveram uma reunião com lideranças políticas e eleitores da cidade. Presença do deputado estadual e candidato à reeleição Hermano Morais (MDB) e o candidato a vice-governador, Kadu Ciarlini (PP).

O penúltimo sábado de campanha eleitoral foi encerrado com grande festa no município de Pau dos Ferros. Com a presença do prefeito Leonardo Rêgo (DEM), e os candidatos: Carlos Eduardo (PDT), José Agripino (DEM), Antônio Jácome (Podemos), Getúlio Rêgo (DEM) e Raimundo Fernandes (PSDB), Garibaldi participou de passeata e comício na cidade.
Deixe seu comentário

RETA FINAL: Oito pesquisas eleitorais do RN serão divulgadas em um período de cinco dias

30 Set2018

Por Jbelmont às 14h06

Com a chegada dos últimos dias de campanha antes das eleições, se intensificam as divulgações de pesquisas. E nessa reta final, para o Rio Grande do Norte, estão previstas oito pesquisas

Na terça-feira (2), será divulgada a pesquisa Consult no Blog do BG e na 98 FM.

Na quarta-feira (3), sairá mais uma rodada de pesquisa do instituto Perfil.

Na quinta-feira (4), o Blog do BG divulga a pesquisa Seta. Nessa mesma data, também está prevista a divulgação da pesquisa do instituto Certus.

Na sexta-feira (5), teremos a última pesquisa Ibope.

No sábado (6), será a vez da última pesquisa da Seta divulgada pelo Blog do BG.

Além dessas com datas confirmadas, ainda estão cadastradas as pesquisas dos institutos Opine e Verita, que não se sabe o dia da divulgação.

Deixe seu comentário

Carlos Eduardo, Garibaldi, Jácome, Agripino e Getúlio Rego encerram agenda do Alto Oeste com grande comício em Pau dos Ferros

30 Set2018

Por Jbelmont às 12h05

 

A mobilização política do candidato da coligação 100%RN, ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo(PDT), em Pau dos Ferros, a 470 quilômetros da capital, confirmou o seu avanço ao segundo turno. A Polícia Militar estimou em 9 mil pessoas o público presente à carreata até o comício que superlotou o Largo da Prefeitura.

A movimentação mexeu com a cidade. O prefeito Leonardo Rêgo(DEM), comandou carreata que ultrapassou os limites do Município. Os eleitores foram às ruas de carro, moto e em passeata confirmar o voto em Carlos Eduardo (governador), Garibaldi Filho e Jácome (senadores), José Agripino (deputado federal) e Getúlio Rêgo (deputado estadual).

“Foi uma demonstração de que vamos à vitória. Pau dos Ferros extrapolou em emoção, solidariedade e apoio a quem vai fazer pelo Rio Grande do Norte o que fez por Natal em quatro mandatos de prefeito. A experiência administrativa vencerá o fracasso e a incompetência de quem nunca administrou nada”, disse Carlos Eduardo.

Deixe seu comentário

Passa de 800 o número de mortos na Indonésia devastada por terremoto e tsunami

30 Set2018

Por Jbelmont às 10h02

Número de mortos pode subir, pois há dezenas de

desaparecidos e mais de 500 feridos - muitos em estado

grave.


Hotel de dez andares destruído em Palu — Foto: AFP Photo



O número de mortos nos terremotos e no tsunami que atingiram a ilha indonésia de Sulawesi dobrou e chegou a 832 em um balanço divulgado neste domingo (30). Porém, esse número pode subir, pois 29 pessoas seguem desaparecidas e mais de 500 estão feridas - muitas em estado grave.

Estima-se que 350 mil pessoas tenham sido afetadas pelo terremoto ou pelo tsunami, sendo que 16.732 estão desabrigados ou deslocados desde sexta-feira (28).

A maioria das vítimas foi registrada em Palu, cidade com cerca de 350 mil habitantes na costa oeste da ilha, de acordo com a Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB, sigla em indonésio). Onze pessoas morreram na vizinha Donggala.

O porta-voz da BNPB, Sutopo Purwo Nugroho, afirmou que um enterro em massa será realizado na cidade de Palu, por questões de segurança sanitária.

Deixe seu comentário

Pesquisa CNT/MDA mostra Bolsonaro e Haddad empatados tecnicamente com 28% e 25%

30 Set2018

Por Jbelmont às 08h51

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) e o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) seriam os candidatos que disputariam o segundo turno para a eleição presidencial caso a votação do primeiro turno fosse hoje, segundo os resultados de pesquisa CNT/MDA divulgadas no início da madrugada deste domingo (30).

Bolsonaro aparece com 28,2% da preferência do eleitorado, seguido por Haddad, que aparece com 25,2%. Em seguida estão Ciro Gomes (PDT) com 9,4%, e Geraldo Alckmin (PSDB) com 7,3%.

De acordo com a pesquisa, o capitão reformado e o ex-prefeito de São Paulo são os candidatos cujos eleitores estão mais decididos em relação à opção de voto. Nos dois casos, mais de 80% dos eleitores declaram ter certeza sobre a decisão.

Nas simulações para segundo turno, Haddad venceria Bolsonaro por 42,7% a 37,3%. A pesquisa mostra também que o capitão reformado perderia para Ciro Gomes por 42,7% a 35,3% e venceria Alckmin por 37% a 33,6%. A CNT/MDA mostra ainda que Haddad aparece empatado tecnicamente no segundo turno com Ciro Gomes. Ciro aparece na simulação com 34% e Haddad com 33,9%. Os dois venceriam Alckmin.

A pesquisa foi realizada entre os dias 27 e 28 de setembro. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades federativas das cinco regiões do país. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-03303/2018.

RESULTADOS DA PESQUISA CNT/MDA
Primeiro turno
Jair Bolsonaro (PSL) – 28,2%
Fernando Haddad (PT) – 25,2%
Ciro Gomes (PDT) 9,4%
Geraldo Alckmin (PSDB) 7,3%
Marina Silva (Rede) 2,6%
Henrique Meirelles (MDB) 2%
João Amoêdo (Novo) 2%
Alvaro Dias (Podemos) 1,7%
Cabo Daciolo (Patriota) 0,7%
Guilherme Boulos (PSOL) 0,4%
Vera (PSTU) 0,3%
Eymael (DC) 0,1%
João Goulart Filho (PPL) 0,1%
Branco / Nulo 11,7%
Indeciso 8,3%

FOLHAPRESS


Presidente Dutra em frente a AABB

Deixe seu comentário

A uma semana da eleição, a crise voltou às ruas e qualquer resultado que aconteça o Brasil vai sair ainda mais dividido

30 Set2018

Por Jbelmont às 08h40


Protesto contra Jair Bolsonaro levou milhares de pessoas ao Largo do Batata, em São Paulo

 

Muitos dirão que, comparadas com as multidões maciças da jornada de 2013, as eloquentes manifestações anti-Bolsonaro deste sábado foram miúdas. Outros alegarão que os atos pró-Bolsonaro, mais mixurucas, crescerão a partir deste domingo, para indicar que o pedaço do eleitorado avesso à volta do PT ao poder não pode ser negligenciado. Quem olhar para o asfalto com as lentes caolhas e reducionistas da polarização arrisca-se a perder a essência do que está se passando.

São quatro as mais importantes, as mais básicas características de Sua Excelência o fato. Eis a primeira e mais óbvia constatação: a sociedade brasileira está trincada. A segunda obviedade é alarmante: as eleições presidenciais de 2018 não devolverão o sossego ao país. A terceira percepção é inquietante: Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, líder e vice-líder das pesquisas, apresentam-se como solução sem se dar conta de que são parte do problema. A quarta evidência é exasperante: o que se vê nas ruas é apenas o nariz daquilo que Juscelino Kubitschek apelidou de ”o monstro”.

Na definição de Juscelino, o monstro é a opinião pública. Em 2013, a criatura também ganhou as ruas aos poucos. Do dia para a noite, o que parecia ser uma revolta juvenil contra o reajuste de passagens de transportes coletivos virou uma revolta difusa contra a roubalheira dos agentes políticos e a precariedade dos serviços públicos. O monstro exibiu-se de corpo inteiro. Ele estava em toda parte: nas camisetas, nas faixas, nos broches, nas panelas que soaram nas varandas dos edifícios chiques, na fila da clientela miserável do SUS e, sobretudo, na Praça dos Três Poderes.

Atordoados, os alvos da revolta reagiram da pior maneira. Os partidos deflagraram um movimento de blindagem dos seus corruptos contra a Lava Jato. O monstro desligou-os da tomada. Dilma Rousseff, a presidente de então, acenou com um lote de cinco pactos. Ganha um doce quem for capaz de citar um dos pactos de madame. Sobreveio a sucessão encarniçada de 2014.

Dilma prevaleceu com um discurso marqueteiro de “mudança com continuidade”. Deu em estelionato eleitoral, no impeachment e na prisão de Lula. Aécio Neves, que emergira das urnas como um derrotado favorito a virar presidente na sucessão seguinte, dissolveu sua liderança na mesma lama que engolfou a biografia e a agenda pseudo-reformista de Michel Temer. Deu no que está dando: a ferrugem do tucanato, a fragmentação do chamado centro político e o solidificação de Bolsonaro como alternativa das forças antipetistas.

Com 28% das intenções de voto, Bolsonaro esgrime uma agenda proterozoica em que se misturam coisas tão abjetas como a defesa da tortura, a distribuição de armas, o desapreço às mulheres e o desprezo aos direitos das minorias. Como se fosse pouco, o capitão carrega na vice um general radioativo e cospe nas urnas eletrônicas que lhe serviram mais de duas décadas de mandatos parlamentares. Sapateia sobre as mais elementares noções de democracia ao avisar que não reconhecerá nenhum resultado que não seja a sua vitória.

No outro extremo está Haddad. Com 22% no Datafolha, a caminho de um empatetécnico com o líder, ele despacha semanalmente com o oráculo da cadeia de Curitiba. Frequenta os palanques com a máscara de Lula, estimulando a suspeita de que, eleito, terceirizará o mandato presidencial ao padrinho presidiário. Neste domingo, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, gritava palavras de ordem contra Bolsonaro numa manifestação em Curitiba. Seu protesto soa ridículo quando se recorda que a mesma Gleisi lançou há sete meses um manifesto intitulado “Eleição sem Lula é fraude.” Algo que Haddad se absteve de desdizer.

A caminho do segundo turno, Bolsonaro e Haddad são cabos eleitorais um do outro. Quem rejeita o capitão pende para o poste de Lula. E vice-versa. Nesse contexto, a corrida presidencial resultará na eleição do presidente da exclusão, não no mandatário da preferência do eleitorado. A essa altura, os dois extremos já deveriam ter notado que não há alternativa senão o respeito incondicional às regras do jogo, a moderação do discurso e o aceno ao bom-senso.

A insensatez conduz ao estilhaçamento dos valores democráticos. A incapacidade dos atores políticos de produzir algo que se pareça com um acordo elementar contra a produção de sandices devolveu a crise às ruas a uma semana do primeiro turno da eleição. Mantida a atmosfera de crispação, o país logo enxergará o monstro que se esconde atrás do nariz. No limite, o próximo presidente, seja ele quem for, já assumirá carregando no peito uma interrogação no lugar da faixa presidencial: Será que termina o mandato?

JOSIAS DE SOUZA

Deixe seu comentário

Morre, aos 89 anos, a cantora Angela Maria

30 Set2018

Por Jbelmont às 05h58

A cantora Angela Maria, de 89 anos, morreu, na noite deste sábado, após 34 dias internada num hospital particular de São Paulo. A causa da morte ainda não foi divulgada. O velório está marcado para este domingo, a partir das 10h, no Cemitério Congonhas, em Vila Sofia, São Paulo. Não 

Angela foi uma das cantoras mais famosas do Brasil nos anos 1950 e 1960. Ela tinha 70 anos de carreira. O empresário da artista, Thiago Marques Luiz, postou, em sua página do Facebook, uma foto ao lado dela e escreveu sobre sua importância no mundo da música:

Com o maior pesar do mundo informo a todos vocês que a maior cantora do Brasil, a nossa Rainha Angela Maria, não está mais entre nós. Foram 89 anos de vida e quase 70 de sucesso, reconhecimento, carinho e respeito de todo povo brasileiro. Não houve (e por certo não haverá) nenhuma cantora na nossa música com história semelhante em termos de produtividade, importância e longevidade. Tenho muito orgulho de ter Angela Maria na minha história e, principalmente, de ter dado a ela todas as flores em vida. Pra sempre te amarei, “Estrela da nossa canção popular”., escreveu.

Em um vídeo publicado no site oficial da cantora, o companheiro da artista anunciou a morte da mulher e disse que ela "estava sofrendo muito" nos dias em que passou internada. A informação sobre o falecimento também foi confirmada ao GLOBO, por telefone, pela cunhada de Angela, Rosana D'Angelo.

Em abril, a cantora apresentou a turnê “Angela Maria e as canções de Roberto e Erasmo”, quando levou aos palcos, além de suas canções, sucessos como “Sentado à beira do caminho”, “Você em minha vida”, “Sua estupidez”, “Eu disse adeus", “O show já terminou” e “Como é grande o meu amor por você".

RAINHA DO RÁDIO 

No ano de 1929, nascia em Macaé a dona da voz que viria a ser uma das mais famosas do país. Angela Maria — nome artístico de Abelim Maria da Cunha — gravou seu primeiro disco aos 23 anos, a contragosto dos pais, que eram extremamente conservadores e não apoiavam a escolha profissional da filha. Mas a oposição não foi suficiente. Este ano, a Rainha do Rádio ou Sapoti, como era conhecida, completou 70 anos de carreira, ao longo dos quais lançou mais de 114 discos e superou a marca de 60 milhões de trabalhos vendidos.

A paixão pela música começou na infância, quando cantava no coral da igreja evangélica, onde seu pai era pastor. Conhecida no Brasil e no mundo, são dela sucessos como “Gente humilde”, “Babalu”, “Lábios de mel", “Tango para Tereza” e “Falhaste coração”. 

Deixe seu comentário

MEGA-SENA: Ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 6 mi

29 Set2018

Por Jbelmont às 21h58

 Bilhete volante loteria megasena mega sena versão 2018 — Foto: Marcelo Brandt/G1 

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.083 da Mega-Sena, realizado na noite deste sábado (29) em Palmas (PR) pela Caixa. Os números sorteados foram: 01 – 18 – 19 – 33 – 56 – 60.

A estimativa de prêmio era de R$ 3 milhões para quem acertasse as seis dezenas. Agora, para o próximo sorteio, a previsão é que a Mega-Sena pague R$ 6 milhões.

A Quina teve 80 acertadora, com R$ 18.316,40 para cada. Outras 3.935 pessoas ganharam R$ 531,97 na Quadra.

Deixe seu comentário

Ciro: “É uma aberração Lula querer dar entrevista da cadeia”

29 Set2018

Por Jbelmont às 21h38

 

Ciro Gomes disse, neste sábado, que é uma ‘aberração’ Lula querer dar uma entrevista dentro da cadeia a poucos dias do primeiro turno, relata a CBN.

O candidato do PDT disse também que o PT ‘adora um mimimi de vitimismo’ e que é preciso de ‘limites para a liberdade de imprensa’, em referência a entrevista que Lula daria à Folha.

“Acho que é uma aberração o Lula querer dar uma entrevista a seis, sete dias da eleição. Acho mesmo, francamente. O que que ele tá querendo com isso?”

O Antagonista

Deixe seu comentário

Bolsonaro recebe alta do Hospital Albert Einstein, em SP, após 22 dias internado

29 Set2018

Por Jbelmont às 17h22

 

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, deixou na tarde deste sábado, 29, o hospital Albert Einstein, na capital paulista, após 22 dias internado, sem falar com a imprensa.

Ele seguiu para o aeroporto de Congonhas, onde pegou um voo rumo ao Rio de Janeiro.

Antes de Bolsonaro deixar o hospital, o candidato do partido ao Senado, Major Olímpio, após visita ao presidenciável, adiantou a jornalistas que Bolsonaro já havia recebido a alta e que fará campanha de sua casa.

Olímpio disse que Bolsonaro deve respeitar as recomendações médicas, mas afirmou “não duvidar” de que o candidato fará campanha nas ruas já nos próximos dias.

Afirmou, ainda, que o desejo de Bolsonaro é de participar do último debate antes do primeiro turno, que ocorre na quinta-feira, organizado pela rede Globo.

O candidato ao Senado pelo PSL disse que não acredita que a campanha tenha sido prejudicada com o período de internação de Bolsonaro, após atentado à faca no início do mês, em Juiz de Fora (MG), visto que os comitês trabalharam em todos os estados.

Segundo ele, no estado de São Paulo, por exemplo, estão programadas cerca de 100 carreatas neste sábado.

Deixe seu comentário

Robinson visitou Serra do Mel e Baraúna

29 Set2018

Por Jbelmont às 14h25

 

O governador Robinson Faria fez campanha nesta sexta-feira (28) em dois municípios do Oeste: Serra do Mel e Baraúna.

Estava acompanhado do vice Tião Couto (PR) de duputados e candidatos a assembléia legisçativa e do deputado federal Fábio Faria (PSD).

Deixe seu comentário

Fátima visita São José de Mipibú e Canguaretama no Agreste

29 Set2018

Por Jbelmont às 14h23

Em Canguaretama, durante passagem da Caravana do Coração pela região Agreste, nesta sexta-feira (28), a candidata ao governo, senadora Fátima Bezerra (PT), disse que equilibrar as contas do estado, pagar os servidores em dia e retomar a capacidade de investimento do Rio Grande do Norte serão prioridades em seu Governo.

A candidata passou nesta sexta-feira pelos municípios de São José de Mipibu e Canguaretama. Neste sábado (29), o destino são as cidades de Mossoró, Caicó e Santa Cruz.

Deixe seu comentário

Multidão em Apodi sai às ruas em passeata com Carlos Eduardo, Garibaldi, Jácome, Walter Alves e Gorete

29 Set2018

Por Jbelmont às 14h20

Um público de 8 mil pessoas, número estimado pela Polícia Militar, saiu às ruas de Apodi, a 341 quilômetros de Natal, para fazer passeata e demonstrar a certeza de que o município dará expressiva maioria ao candidato a governador pela coligação 100%RN, ex-prefeito da capital Carlos Eduardo (PDT).

Relembrando movimentações populares de campanhas passadas, Apodi foi ocupada pelos eleitores de Carlos Eduardo e da candidata a deputada estadual, ex-prefeita Goreti Silveira(MDB). Seu filho, o prefeito Alan Silveira (MDB) têm administração aprovada por 80% dos moradores do município.

Depois de duas horas de passeata, houve comício na principal avenida de Apodi, quando Carlos Eduardo revelou a emoção diante de tanta gente. “Uma noite consagradora. Eu vi uma cidade andando, cantando, vibrando feliz porque tem um grande prefeito, uma candidata da terra com serviços prestados e vai eleger um governador que vai ajudar Apodi a ficar melhor ainda. É um sinal de vitória”, declarou o candidato da coligação 100%RN.

Em Apodi, o prefeito Alan Silveira apoia Carlos Eduardo, o senador Garibaldi Filho(MDB), o deputado federal e candidato ao Senado Antônio Jácome(Podemos), o deputado federal Walter Alves(MDB) e Goreti Silveira para a Assembleia Legislativa.

Deixe seu comentário

Bolsonaro lidera no DF e 15 estados; Haddad, em 7; e Ciro, no Ceará

29 Set2018

Por Jbelmont às 12h53

Pesquisas Ibope em 25 estados e no Distrito Federal divulgadas neste mês levantaram o cenário local das intenções de voto para presidente. Nesta semana foram divulgadas: no Distrito Federal, em Minas Gerais, no Paraná, em Pernambuco e no Rio Grande do Sul (quinta-feira, 27); na Bahia (quarta-feira, 26); no Rio de Janeiro e em São Paulo (terça-feira, dia 25); e no Ceará e em Mato Grosso do Sul (segunda-feira, dia 24).

Abaixo, veja os destaques dos cinco primeiros colocados na pesquisa nacional e os gráficos de todos os estados:

Jair Bolsonaro lidera em 15 estados e no DF, incluindo os três maiores colégios eleitorais: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. No Tocantins, ele e Fernando Haddad estão empatados tecnicamente.
Fernando Haddad lidera em sete estados, todos do Nordeste. Em Alagoas, Haddad e Bolsonaro estão empatados tecnicamente no limite da margem de erro.
Ciro Gomes manteve a liderança isolada no Ceará.
Geraldo Alckmin tem melhor desempenho em São Paulo, onde só está atrás de Jair Bolsonaro, e empata tecnicamente com Fernando Haddad e Ciro Gomes.
Marina Silva oscilou negativamente em Minas Gerais e São Paulo, e se manteve estável no Rio de Janeiro.

 

VEJA TUDO CLIQUE AQUI

 

Deixe seu comentário

Mega-Sena pode pagar prêmio estimado em R$ 3 milhões neste sábado

29 Set2018

Por Jbelmont às 07h10

O concurso 2.083 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) deste sábado (29), em Palmas (PR).

Deixe seu comentário

Fux derruba liminar que autorizava Folha entrevistar Lula

29 Set2018

Por Jbelmont às 07h04

O ministro Luiz Fux, do STF (Supremo Tribunal Federal), suspendeu na noite desta sexta (28) uma liminar concedida mais cedo por seu colega Ricardo Lewandowski e proibiu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de dar entrevista à Folha na prisão. Conforme a decisão de Fux, se a entrevista já tiver sido realizada, sua divulgação está censurada.

Lula está preso desde abril depois de ter sido condenado em segundo grau por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá (SP). A decisão de Fux vai ao plenário para ser ou não referendada.

“Determino que o requerido Luiz Inácio Lula da Silva se abstenha de realizar entrevista ou declaração a qualquer meio de comunicação, seja a imprensa ou outro veículo destinado à transmissão de informação para o público em geral”, escreveu Fux.

“Determino, ainda, caso qualquer entrevista ou declaração já tenha sido realizada por parte do aludido requerido, a proibição da divulgação do seu conteúdo por qualquer forma, sob pena da configuração de crime de desobediência”, completou.

Fux atendeu a um pedido de suspensão de liminar formulado nesta sexta pelo partido Novo, adversário do PT nas eleições. O processo foi registrado para apreciação do presidente da corte, Dias Toffoli, por volta das 19h. Em seguida, segundo os deslocamentos registrados no site do STF, a presidência o enviou para a Seção de Processos Diversos, que, por sua vez, o remeteu a Fux, que é o vice-presidente.

Pela manhã, Lewandowski havia autorizado que Lula concedesse entrevista na prisão à colunista da Folha Mônica Bergamo. Ele havia atendido a uma reclamação do jornal que argumentou que decisão da 12ª Vara Federal em Curitiba, que proibira a entrevista, impedia o livre exercício do jornalismo.

“Não raro, diversos meios de comunicação entrevistam presos por todo o país, sem que isso acarrete problemas maiores ao sistema carcerário […] Portanto, permitir o acesso de determinada publicação e impedir o de outros veículos de imprensa configura nítida quebra no tratamento isonômico entre eles, de modo a merecer a devida correção de rumos por esta Suprema Corte”, afirmou Lewandowski na sua decisão, agora suspensa.

FOLHAPRESS

Deixe seu comentário

Pesquisa Datafolha para presidente: Bolsonaro, 28%; Haddad, 22%; Ciro, 11%; Alckmin, 10%; Marina, 5%

28 Set2018

Por Jbelmont às 21h09

João Amoêdo (Novo) tem 3%; Henrique Meirelles (MDB) e Alvaro Dias (Podemos) têm 2% cada um; Cabo Daciolo (Patriota), Vera (PSTU) e Guilherme Boulos (PSOL), 1% cada; João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) não pontuaram.

O Datafolha divulgou nesta sexta-feira (28) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 9 mil eleitores entre quarta-feira (26) e sexta-feira (28).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes

Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 10%
Marina Silva (Rede): 5%
João Amoêdo (Novo): 3%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Cabo Daciolo (Patriota): 1%
Vera Lúcia (PSTU): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 10%
Não sabe/não respondeu: 5%

Sobre a pesquisa

A coleta dos dados foi feita entre os dias 26 e 28 de setembro com 9 mil eleitores de 343 municípios brasileiros. A pesquisa foi calculada com margem de erro 2% para mais ou para menos e com nível de confiança de 95% de retratar a realidade. A pesquisa DataFolha contratada pela TV Globo e pela Folha de S. Paulo. Ela foi registrada no TSE sob o protocolo BR-08687/2018.

Deixe seu comentário

Dois são mortos e uma criança de 6 anos é baleada em Serrinha dos Pintos, RN

28 Set2018

Por Jbelmont às 00h19

Dois homens foram mortos a tiros na noite desta quinta-feira (27), na cidade de Serrinha dos Pintos, no Oeste do Rio Grande do Norte. De Acordo com informações, uma criança de 6 anos foi baleada com um tiro na barriga.
 
Segundo informações, criminosos chegaram em uma residência, por volta das 19h, e executaram com vários tiros de arma de fogo duas pessoas identificadas como “Marquinhos de Cobrinha” e “Adriano”, que é natural do Rio de Janeiro.
 
Durante a ação criminosa uma criança de 6 anos foi baleada com um tiro na barriga e foi socorrida para o hospital.  A criança é filha de Adriano que foi morto.
 
Os indivíduos após a execução dos crimes, fugiram com destino ignorado. Até o momento, ninguém foi preso e não há informações sobre a identidade dos criminosos, bem como, a motivação do crime.
A Polícia Militar acionou a equipe técnica do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) para remover os corpos para sede do órgão em Mossoró.
 
De Policia
Deixe seu comentário

Fala de Mourão sobre 13º salário irrita Bolsonaro, que reage: ‘Ofensa a quem trabalha’

27 Set2018

Por Jbelmont às 23h48

 

As críticas do general Hamilton Mourão ao pagamento do décimo terceiro salário e de adicional de férias irritaram o candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, que encabeça a chapa na disputa pela Presidência da República.

Logo que foi informado da fala de Mourão, Bolsonaro usou o Twitter para se manifestar contra as declarações do aliado. “O 13º salário do trabalhador está previsto no art. 7º da Constituição em capítulo das cláusulas pétreas (Não passível de ser suprimido sequer por Proposta de Emenda à Constituição)”, escreveu. “Criticá-lo, além de ser ofensa a quem trabalha, confessa desconhecer a Constituição”, acrescentou.

Nas primeiras conversas com pessoas próximas sobre esse episódio, Bolsonaro voltou a defender que Mourão evite participações em eventos públicos. Na semana passada, o candidato a vice já tinha sido orientado a suspender sua agenda após dar outras declarações polêmicas.

Nesta quinta-feira pela manhã, em palestra na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, Mourão afirmou que o 13º salário e o pagamento de adicional de férias são “jabuticabas” — ou seja, só ocorrem no Brasil. “Temos umas jabuticabas que a gente sabe que são uma mochila nas costas de todo empresário”, disse. “Jabuticabas brasileiras: 13º salário. Como a gente arrecada 12 (meses) e pagamos 13? O Brasil é o único lugar onde a pessoa entra em férias e ganha mais”, completou. “São coisas nossas, a legislação que está aí. A visão dita social com o chapéu dos outros e não do governo”, reforçou o vice de Bolsonaro.

*Via Jovem Pan / Foto: Sérgio Lima/Poder 360

Deixe seu comentário

Duas pesquisas do RN serão divulgadas, domingo e terça-feira

27 Set2018

Por Jbelmont às 23h32

Duas pesquisas estão registradas para divulgação no Rio Grande do Norte, uma realizada pelo Instituto Consult e outra pelo Perfil.

A primeira, contratada pelo Blog do BG, será divulgada no próximo domingo (30); a segunda, contratada pelo Agora RN, terá divulgação na próxima terça-feira (2).

As duas mostrarão a disputa no estado, neste período final da campanha eleitoral.

 

Deixe seu comentário

Bolsonaro tem alta de hospital adiada devido a infecção leve

27 Set2018

Por Jbelmont às 22h54

 

A alta do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) do hospital Albert Einstein, em São Paulo, foi adiada após a equipe médica identificar uma leve infecção bacteriana após a retirada do catéter. O candidato sairia do hospital nesta sexta-feira (28) e já tinha passagem comprada para o Rio de Janeiro, onde ficaria em repouso em sua residência.

Bolsonaro está hospitalizado desde 6 de setembro, quando recebeu uma facada durante ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Não há ainda nova previsão de alta do candidato, que prolongará por mais alguns dias o tratamento com antibióticos

 

Notas

Deixe seu comentário

Vai perguntar pro Mourão se ele abre mão do 13º dele, diz Haddad

27 Set2018

Por Jbelmont às 22h19

O presidenciável Fernando Haddad (PT) aproveitou a agenda de campanha no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (27) para criticar declaração do general da reserva Hamilton Mourão (PRTB), candidato a vice de Jair Bolsonaro (PSL), feita no mesmo estado no dia anterior, de que o 13º salário é uma “jabuticaba brasileira”, “uma mochila nas costas dos empresários” e “uma visão social com o chapéu dos outros”.

A declaração do general foi feita durante palestra em Uruguaiana. “Quando você abre a porteira da maldade, você não sabe onde o processo vai dar”, disse Haddad em Porto Alegre. “O Temer começou com a reforma trabalhista. Hoje o vice [de Bolsonaro] disse que talvez não seja uma boa ideia pagar o 13º salário. Vai perguntar para ele [Mourão] se ele abre mão do dele”.

Para o petista, declarações dessa natureza mostra que o grupo de Mourão está “com a cabeça no século 19”. “Mas abolimos a escravidão e eles não acordaram pra isso ainda. Nós abolimos a escravidão formalmente, mas queremos abolir a escravidão materialmente”.

A capital gaúcha foi a última das três cidades visitadas por Haddad —antes esteve em Caxias do Sul e Canoas. Depois de visita ao Mercado Público, Haddad encerrou sua fala ao público dizendo considerar uma injustiça a prisão do ex-presidente Lula. “Nós não vamos sossegar enquanto ele não tiver um julgamento justo”.

No início, Haddad ironizou o mercado. “Quando a ente subiu nas pesquisas, disseram que eu tinha de fazer um aceno para o mercado. Então eu resolvi vir aqui, olhar para esse mercado bonito que vocês têm aqui (Mercado Público de Porto Alegre), que é o único que eu conheço. O mercado é uma entidade abstrata, que aterroriza as pessoas, aterroriza os trabalhadores”.

Folhapress

Deixe seu comentário