Empresa abre 450 postos de trabalho em Mossoró

25 Jan2019

Por Jbelmont às 08h55

A AeC anuncia a abertura de processo seletivo para preencher 450 vagas de atendimento em telemarketing.

Podem participar da seleção pessoas com ensino médio completo e com mais de 18 anos de idade. O candidato precisa acessar o site queroser.aec.com.br e realizar a avaliação online. Se a pessoa for aprovada na primeira etapa, deverá comparecer à empresa em seguida para dar continuidade ao processo seletivo.

A seleção vai até a próxima quinta-feira, 31 de janeiro. Os horários das turmas para realização do processo são 8h, 10h, 14 e 16h, na sede da AeC Mossoró (Av. Cunha da Mota, 501 – Centro – Mossoró – RN ).

Deixe seu comentário

Vereador leva tiro no peito em tentativa de assalto na Reta Tabajara, na Grande Natal; 6 são presos

25 Jan2019

Por Jbelmont às 08h28

Seis homens foram presos na madrugada desta sexta-feira (25) suspeitos de tentarem assaltar motoristas que trafegavam pela Reta Tabajara, como é mais conhecido o trecho da BR-304 entre Macaíba e o trevo de acesso à BR-226, na Grande Natal. Uma das vítimas foi um vereador do município de São João do Sabugi, que levou um tiro no peito. Ele foi levado consciente para o hospital. 

Segundo a PRF, o primeiro alvo dos criminosos foi uma Amarok. Mas, o motorista conseguiu escapar da ação e pediu socorro no posto da PRF, em Macaíba. Enquanto os policiais rodoviários seguiam para a Reta Tabajara, os bandidos emparelharam o carro em que estavam, um Fiat Strada, a uma caminhonete Split, onde estavam dois sargentos da PM, dois servidores do Detran e o vereador. 

Um dos bandidos atirou contra o motorista da Split, mas o tiro acabou acertando o peito do vereador de São João do Sabugi, que estava no banco do carona. O vereador foi socorrido para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, em Natal, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde dele. 

Quando os policiais chegaram ao local onde estavam ocorrendo os assaltos, os criminosos estavam prestes a abordar um caminhoneiro. O Fiat Strada foi interceptado e os bandidos presos. A PRF informou que as armas dos assaltantes não foram apreendidas porque foram jogadas no mato e ainda não foram encontradas. 

Já os criminosos, foram reconhecidos e entregues à Polícia Civil, na Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal

Deixe seu comentário

Bolsonaro nega ter festejado o ‘exílio’ de Wyllys

25 Jan2019

Por Jbelmont às 08h21

Reeleito para o seu terceiro mandato, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) desistiu de reassumir sua cadeira na Câmara. Sob ameaças de morte, o parlamentar decidiu viver no exterior. Desafeto de Wyllys, Jair Bolsonaro anotou no Twitter: “Grande dia.” A manifestação foi recebida nas redes sociais como uma celebração.

Ao ler notícia sobre a repercussão, o presidente retornou ao Twitter: “Fake News!” Bolsonaro esclareceu que celebrava não o “exílio” de Jean Wyllys, mas o resultado de sua passagem pelo Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça: “Referi-me à missão concluída, reuniões produtivas com chefes de Estado, voltando ao país que amo, Bolsa batendo novo recorde na casa dos 97.000 e confiança no nosso país sendo restabelecida, isso faz de hoje um grande dia!”

JOSIAS DE SOUZA

Deixe seu comentário

Potiguar é punido com perda de 6 pontos e vai para 7ª posição

24 Jan2019

Por Jbelmont às 21h13

Em julgamento realizado hoje à tarde na Sede do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Norte, o Potiguar de Mossoró perdeu 06 (seis) pontos por infração ao artigo 214 do CBJD, além de multa financeira de 300 reais.

Na primeira rodada do Estadual, o Potiguar relacionou o atleta Sávio, menor de 16 anos e foi denunciado pelo Força e Luz. Como o julgamento foi em Primeira Instância cabe Recurso ao Potiguar.

Neste momento a classificação tem o ABC na liderança com 9 pontos, Globo em segundo com 5, Palmeira e América tem 4 quatro pontos cada, ASSU e Santa Cruz 3 pontos, Potiguar e Força e Luz com 2 pontos cada.

TN

Deixe seu comentário

Servidores estaduais da saúde aprovam greve para dia 5 de fevereiro

24 Jan2019

Por Jbelmont às 21h05

O movimento começará com ato unificado na Governadoria

Os servidores estaduais da saúde do Rio Grande do Norte aprovaram na manhã desta quinta-feira (24), greve da categoria para o dia 5 de fevereiro, a proposta foi votada por ampla maioria em assembleia geral no auditório do Sinpol. O início da greve vai coincidir com um ato unificado, com todos os servidores públicos do estado, em frente à Governadoria, ás 9h da manhã.

A greve é fruto dos constantes ataques que os servidores estaduais vêm sofrendo nos últimos anos. O parcelamento dos salários de janeiro gerou muita revolta dos servidores da saúde que estão com os salários de dezembro e o 13º de 2018 ainda atrasados. “Os servidores e aposentados da saúde estão endividados, sem dinheiro até para ir trabalhar”, disse uma servidora.

Além disso, a governadora Fátima Bezerra (PT), publicou no último dia (21), um decreto suspendendo o pagamento e o gozo da licença-prêmio, direito garantido por lei a todos os servidores. O decreto foi revogado pelo governo após reunião com o Fórum dos servidores, nesta quarta-feira (23), que não aceitou a medida.

A saúde é a primeira categoria a iniciar uma greve por tempo indeterminado no novo Governo. “Atacou nossos direitos, vamos para as lutas!”, enfatiza Manoel Egídio, coordenador-geral do Sindsaúde-RN.

Com informações do Sindsaúde-RN

Deixe seu comentário

A QUINA ACUMULOU E PAGA R$ 6.500.000,00 NESTA SEXTA~FEIRA

24 Jan2019

Por Jbelmont às 20h57

Quina/Concurso 4884 (24/01/19)
06 26 29 44 62
Acumulada próximo concurso: R$ 6.500.000,00
Partidas Vencedores Prêmio
5 0
4 112- R$ 4.564,80
3 7956 - R$ 96,63
2 172893 - R$ 2,44

Deixe seu comentário

Chefe do tráfico de drogas é preso em Fortaleza

24 Jan2019

Por Jbelmont às 20h18

Ele é suspeito de liderar o tráfico nos bairros Conjunto Ceará e Jangurussu

Suspeito de chefiar tráfico de droga em bairro de Fortaleza foi preso com armas e maconha — Foto: Leábem Monteiro/SVM


Uma operação realizada pela Polícia Civil resultou na prisão do chefe do tráfico de drogas do Bairro Conjunto Ceará e da Favela da Mana, em Fortaleza. O suspeito foi identificado como Joaquim de Almeida Otaviano Gomes, 48. A prisão foi divulgada nesta quinta-feira (24), pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Com o homem, a polícia apreendeu nove pistolas e sete quilos de maconha. A polícia suspeita que ele tenha ordenado ataques criminosos no estado, onda de violência que ocorre desde 2 de janeiro. O suspeito também é apontado como chefe de facção criminosa, e do tráfico de drogas na região conhecida como Favela da Mana.

Segundo o delegado Leonardo Barreto, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a operação ainda está em fase inicial. "Haverá outros desdobramentos, sobretudo na questão financeira, pra haver um sufocamento da logística do crime", destacou.

Deixe seu comentário

Senador Styvenson pede ao presidente interino General Mourão, liberação de repasses emergenciais para conter a crise financeira do RN

24 Jan2019

Por Jbelmont às 11h47

Como o Blog havia informado, o senador Styvenson Valentim (Rede) foi recebido hoje, no Palácio do Planalto, pelo presidente da República em exercício, general Hamilton Mourão.

Styvenson explicou ao vice-presidente, na interinidade da presidência até sexta-feira, sobre a gravidade da crise financeira no Rio Grande do Norte, e pediu auxílio nos repasses federais voluntários de forma emergencial.

“A conversa foi muito produtiva, o presidente em exercício disse que o Governo Federal se dispõe muito a colaborar com o Rio Grande do Norte. Conversamos sobre vários assuntos e eu me identifiquei bastante com as propostas do general Mourão relacionadas à educação”, afirmou o senador.

 

Thaisa Galvão

Deixe seu comentário

Bandidos arrombam caixa de banco na Zona Sul de Natal; suspeito em carro é preso

24 Jan2019

Por Jbelmont às 11h32


Foto: Divulgação/PM

Um dos caixas eletrônicos do Banco do Brasil na Avenida Dão Silveira, no bairro de Candelária, na Zona Sul de Natal, foi arrombado por bandidos na madrugada desta quinta-feira (24), usando maçarico. De acordo com a Polícia, dentro da agência foram encontrados uma mochila cheia de dinheiro e alguns materiais usados na ação, como um cilindro de gás e o maçarico. A Polícia Militar chegou à agência por volta das 4h30, depois que a central de monitoramento do banco, em Brasília, constatou que o alarme havia disparado.


Segundo a Polícia, no sentido oposto da avenida, dentro de um Crossfox preto, policiais militares conseguiram deter um homem suspeito de ter participado do arrombamento. Ele carregava vários materiais, entre eles um capuz. Outros dois bandidos conseguiram escapar. Entre eles, havia provavelmente uma mulher. Ainda não se sabe se alguma quantia foi levada.


A Polícia Civil analisa imagens das câmeras de segurança na tentativa de identificar os outros bandidos.


Com acréscimo de informações do G1

Deixe seu comentário

Mais uma morte violenta é registrada em Mossoró que chega aos 11 homicídios

23 Jan2019

Por Jbelmont às 21h59

Um crime de homicídio acaba de ser registro no Bairro Belo Horizonte na Rua Marinho Dantas, de acordo com informações a vítima foi identificado como Lauro Weslley da Silva Cavalcante, 19 anos a Polícia Militar faz o trabalho de isolamento de local de crime.



As equipes do ITEP e também da Delegacia de Plantão já foram acionados para o local, outra informações a qualquer momento.

 

Do Fim da Linha

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.118: aposta única de Teresópolis (RJ) acerta as seis dezenas e fatura R$ 37,9 milhões

23 Jan2019

Por Jbelmont às 20h38

Veja as dezenas sorteadas: 11 - 12 - 20 - 40 - 41 - 46. Quina teve 58 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 53.100,77.

 
Mega-Sena: concurso 2.118 ocorreu nesta quarta (23) — Foto: Marcelo Brandt/G1 


Uma aposta de Teresópolis (RJ) levou sozinha o prêmio de R$ 37.902.607,11 no concurso 2.118 da Mega-Sena, realizado na noite de quarta-feira (23), em Quirinópolis (GO).

Veja as dezenas sorteadas: 11 - 12 - 20 - 40 - 41 - 46.

A quina teve 58 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 53.100,77. A quadra teve 4.135 apostas vencedoras; cada uma receberá R$ 1.064,03.

 

Deixe seu comentário

Maioria no TRE vota para que vaga na Assembleia Legislativa seja do deputado estadual eleito Sandro Pimentel

23 Jan2019

Por Jbelmont às 20h28

Recurso do deputado estadual eleito, Sandro Pimentel, PSOL, na tarde desta quarta-feira(23), no Tribunal Regional Eleitoral(TRE) foi aceito pela maioria, em seis votos, no total de sete, contra o voto do relator Francisco Glauber Pessoa e definiu que a vaga do PSOL conquistada na eleição passada na Assembleia Legislativa é de Sandro Pimentel.

O relator do caso votou pela manutenção do impedimento do representante do PSOL, que não foi diplomado, e entende que a cadeira na Assembleia Legislativa do RN deveria ser de Robério Paulino. O desembargador Glauber Rêgo, presidente do TRE, foi o último a votar e confirmou a maioria a favor do psolista.

Sandro Pimentel, até então, enfrenta questionamentos sobre a prestação de contas de sua campanha.

 -  -  -  - 

 

 

Deixe seu comentário

Posto de combustível e carros são incendiados por criminosos no 22º dia de ataques no Ceará

23 Jan2019

Por Jbelmont às 20h10

Ocorreram 240 ataques criminosos em pelo menos 50 cidades desde o dia 2 de janeiro. A Secretaria da Segurança confirmou que 414 pessoas foram detidas.

C

Criminosos queimaram uma van em Fortaleza na manhã desta quarta-feira (23) e incendiaram um posto de combustível em Caucaia e um carro na cidade de Pindoretama, na Região Metropolitana de Fortaleza, durante a noite de terça-feira (22). Além das ações criminosas, o esquadrão antibombas foi acionado após uma suspeita de explosivos em um terminal de ônibus da capital. A violência no estado chegou ao 22º dia seguido. 

Desde o dia 2 de janeiro, quando começaram as ações criminosas, ocorreram 240 ataques contra ônibus, carros, prédios públicos, prefeituras e comércios em 50 dos 184 municípios cearenses. As ações começaram em Fortaleza e se espalharam para a Região Metropolitana e diversas cidades do interior. A Secretaria da Segurança Pública do Ceará confirmou que 414 pessoas já foram detidas por envolvimento nas ações criminosas.


Para tentar conter os ataques, o governo estadual convocou 1.200 policiais militares da reserva para reforçar a segurança nas ruas. O Ministério da Justiça enviou agentes da Força Nacional e reforço da Polícia Rodoviária Federal para o estado. Policiais militares e agentes penitenciários de outros estados brasileiros também foram deslocados ao Ceará após o início dos crimes.

 

LER MAIS CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

Polícia Civil prende ex-prefeito de São José do Campestre por fraudes em licitações

23 Jan2019

Por Jbelmont às 15h36

 

Uma equipe de policiais da Delegacia Municipal de São José do Campestre prendeu, na manhã desta quarta-feira (23), Laércio José de Oliveira, 67 anos. Ele é ex-prefeito de São José do Campestre e é condenado pela prática de fraudes em licitações da Prefeitura.

As investigações da Polícia Civil foram iniciadas com base em um inquérito instaurado no ano de 2009, para investigar ações do então prefeito em licitações da prefeitura no ano de 2003. Nesta quarta-feira, sob coordenação do Delegado Silva Júnior, os agentes de São José do Campestre deram cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de Laércio, que foi preso no bairro de Capim Macio.

Após a prisão, Laércio realizou exame de corpo de delito e em seguida encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

Deixe seu comentário

Após denúncias, com presença de delegada, Vanderson deixa o Big Brother Brasil 2019

23 Jan2019

Por Jbelmont às 12h39

TV Globo/Divulgação 


Vanderson, do “Big Brother Brasil” 19, foi eliminado do programa nesta quarta-feira, 23. A delegada Rita Salim, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá (DEAM), no Rio de Janeiro, esteve nesta manhã nos Estúdios Globo, e intimou o participante a prestar depoimento. Ele é investigado por causa de acusações de estupro, agressão física e importunação ao pudor.

Três mulheres registraram boletins de ocorrência contra ele na Deam de Rio Branco, no Acre. Na última quinta-feira, 17, a delegada titular, Juliana de Angelis Carvalho, disse, em entrevista ao jornal Extra, que solicitou à Polícia Civil do Rio que Vanderson fosse interrogado.

Segundo a Globo, ele não será substituído no jogo e o reality seguirá com 15 participantes.

Patrícia Kogut – O Globo

Deixe seu comentário

Se por acaso ele errou, terá que pagar o preço, diz Bolsonaro sobre Flávio

23 Jan2019

Por Jbelmont às 12h21

Presidente concedeu entrevista à agência de notícias Bloomberg

RIO — Em entrevista para a agência de notícias Bloomberg, em Davos (Suíça), nesta quarta-feira, o presidente Jair Bolsonaro disse que se o senador eleito Flávio Bolsonaro , seu filho mais velho, errou e se isso for provado, ele terá que pagar pelos atos dele.

Se por acaso ele errou, e isso for provado, eu lamento como pai, mas ele terá que pagar o preço por essas ações que não podemos aceitar.

Segundo a agência de notícias, a investigação sobre Flavio Bolsonaro corre o risco de "minar a agenda anticorrupção do presidente".

Flávio está na berlinda desde que foram divulgadas as movimentações financeiras atípicas de R$ 1,2 milhão do ex-assessor Fabrício Queiroz, registradas pelo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf). Conforme revelou o colunista Lauro Jardim, no domingo, a movimentação do ex-assessor chega a R$ 7 milhões em três anos . Uma das transações listadas diz respeito a cheques no total de R$ 24 mil destinados à primeira-dama, Michelle Bolsonaro. O presidente explicou tratar-se do pagamento de parte de uma dívida de R$ 40 mil.

A situação do senador eleito se agravou após a revelação pelo Jornal Nacional de que o Coaf encontrou 48 depósitos em dinheiro vivo no valor de R$ 2 mil cada entre junho e julho de 2017 nas contas bancárias de Flávio . Segundo Flávio, o dinheiro é parte do pagamento da venda de uma cobertura em Laranjeiras, no Rio. A transação em dinheiro vivo foi confirmada pelo ex-atleta Fábio Guerra, que comprou o imóvel . No entanto, as datas dos depósitos fracionados divergem dos pagamentos registrados na escritura de venda do imóvel.

Ontem, após operação do Ministério Público contra milícias no Rio, também veio à tona a informação de que Flávio Bolsonaro empregava a mulher e a filha do ex-capitão da PM Adriano Magalhães da Nóbrega, chefe da milícia do Rio das Pedras e tido como o homem-forte do Escritório do Crime, organização suspeita do assassinato de Marielle Franco.

A mulher de Adriano, Danielle Mendonça da Costa, foi nomeada em 2007 poucos meses depois de Fabrício Queiroz, passar a integrar o gabinete na Assembleia Legislativa do Rio, e permaneceu no cargo durante 11 anos até 13 de novembro do ano passado, quando foi exonerada a pedido - terminologia utilizada quando o servidor pede sua desvinculação do cargo comissionado.

 


O presidente Jair Bolsonaro servindo o almoço no bandejão do supermercado Migros, rede popular na Suíça Alan Santos / PR

Deixe seu comentário

Morre o ator Caio Junqueira, uma semana após acidente de carro no Aterro

23 Jan2019

Por Jbelmont às 12h16

 

O Neto de 'Tropa de elite' foi levado ao Hospital Miguel Couto, mas não resistiu aos ferimentos

RIO — O ator Caio Junqueira morreu nesta quarta-feira, aos 42 anos, após ser vítima de um acidente de carro no Aterro do Flamengo , Zona Sul do Rio, na semana passada. O intérprete do policial Neto do filme "Tropa de elite" (2007) foi levado para o Hospital Miguel Couto. A Secretaria de Saúde do Rio confirmou o falecimento.

Na quarta-feira passada, dia 16, Caio, de 42 anos, dirigia sozinho pelo Aterro do Flamengo, em direção ao Centro da cidade, quando perdeu o controle do carro, que subiu o meio-fio, bateu numa árvore e capotou. Com duas fraturas expostas, seria operado hoje, mas os médicos decidiram esperar um pouco.

G1

Deixe seu comentário

Mãe e esposa de suspeito de integrar milícia trabalharam no gabinete de Flávio Bolsonaro

22 Jan2019

Por Jbelmont às 21h09

Raimunda Veras Magalhães ainda foi citada em relatório do Coaf. Ex-capitão do Bope foragido e major preso receberam homenagem do então deputado estadual e senador eleito; segundo ele, ex-assessora foi indicação de Queiroz.

A mãe e a mulher de um dos denunciados na operação contra milicianos deflagrada nesta terça-feira (22) trabalharam no gabinete do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Raimunda Veras Magalhães – mãe do ex-capitão do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar Adriano Magalhães da Nóbrega, que está foragido – aparece em relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) como uma das pessoas que fizeram depósitos para Fabrício Queiroz, ex-motorista de Flávio.

Raimunda, de acordo com o relatório do Coaf, depositou R$ 4,6 mil na conta de Fabrício Queiroz. Ela aparece na folha da Alerj com salário líquido de R$ 5.124,62.

A mãe de Adriano aparece nos quadros da Alerj desde 2 de março de 2015, quando foi nomeada assessora da liderança do Partido Progressista (PP), ao qual Flávio Bolsonaro era filiado. Ela deixou o cargo em 31 de março do ano seguinte, quando o deputado migrou para o PSC.

Em 29 de junho de 2016, Raimunda voltou à Alerj, desta vez no gabinete de Flávio. Foi exonerada dia 13 de novembro do ano passado.

A mulher de Adriano, Danielle Mendonça da Costa da Nóbrega, também trabalhou no gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj, com o mesmo salário da sogra. Ela é listada na Alerj desde novembro de 2010 e foi exonerada junto com Raimunda.

Homenagens

Um caso chocou o Rio em dezembro de 2003, quando quatro rapazes foram encontrados mortos no estacionamento de uma casa de shows em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Um dos suspeitos de envolvimento na chamada Chacina da Via Show foi o major Ronald Paulo Alves Pereira, preso nesta terça durante a Operação Os Intocáveis.

Três meses depois do crime, naquele ano, o policial investigado na Assembleia Legislativa do Rio foi homenageado com uma moção de louvor e congratulações por serviços prestados à população.

O autor da homenagem foi o então deputado Flávio Bolsonaro, na época do PP. Um ano antes, o parlamentar já tinha concedido esse mesmo tipo de homenagem ao ex-capitão do Bope Adriano Magalhães da Nóbrega, outro alvo da operação de hoje.

Em 2007, o então deputado fez um discurso, que está registrado na Alerj, defendendo a atuação das milícias. Flávio diz que "a milícia nada mais é do que um conjunto de policiais, militares ou não, regidos por uma certa hierarquia e disciplina, buscando, sem dúvida, expurgar do seio da comunidade o que há de pior: os criminosos".

Em nota, a assessoria do senador eleito diz que que as frases estão "fora de contexto". "À época, Flávio Bolsonaro defendeu locais onde moravam policiais sem qualquer ligação com atividades criminosas. Flávio Bolsonaro sempre foi contra milícias".

 

CONTINUAR LENDO CLUQUE AQUI

Deixe seu comentário

1 Ano de Saudades

22 Jan2019

Por Jbelmont às 13h36

Hoje na Igreja do Alto da Conceição às 19h00

Deixe seu comentário

Operação desativa 30 'gatos' de energia e retira 4 mil metros de fios irregulares em cidade potiguar

22 Jan2019

Por Jbelmont às 13h25

 

Gatos de energia foram desativados pela Cosern em Areia Branca — Foto: Cosern/Divulgação

 

Mais de 30 gatos de energia elétrica foram desativados em uma operação realizada pela Companhia de Energia do Rio Grande do Norte (Cosern) para combater desvios no estado. A ação aconteceu na última sexta-feira (18) em Areia Branca, na região Oeste, e contou com apoio da Polícia Militar. As ligações clandestinas alimentavam 150 casas na cidade.

De acordo com a Cosern, a operação Varredura, começou em janeiro de 2018 com foco na identificação e desativação de ligações clandestinas em estabelecimentos comerciais e residências em todo estado.

Na ultima ação, as equipes técnicas da Cosern retiraram aproximadamente 4 mil metros de fios irregulares utilizados pelos eletrotraficantes.

Segundo a Cosern, gato de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena pode chegar a quatro anos de reclusão. Além de crime, a fraude representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A infração também provoca perturbações no fornecimento de energia e parte do prejuízo é dividida por todos os consumidores na hora do reajuste tarifário homologado pela Aneel anualmente.

O longo de todo o ano de 2018, a Cosern conseguiu recuperar, por meio da operação, quase 22 mil MWh de energia que estava sendo furtada por gatos – quantidade suficiente para abastecer os 17 municípios da região do Seridó durante 30 dias.

A população pode denunciar irregularidades, de forma anônima e gratuita, pelo site da empresa ou pelo telefone 116.

G1
Deixe seu comentário

Encontro Fátima reúne deputados e senadores e pede ajuda para obter recursos federais

21 Jan2019

Por Jbelmont às 20h54

Governadora defende que os parlamentares votem a favor do projeto de lei que autoriza a Petrobras a vender até 70% do seu direito de exploração na camada pré-sal, a chamada cessão onerosa 


Fátima reunida com bancada federal
Redação

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), reúne na tarde desta segunda-feira, 21, em Natal, os deputados e senadores que representarão o Estado no Congresso Nacional na legislatura que começa no próximo dia 1° de fevereiro. Fátima e seus auxiliares expõem aos parlamentares a situação financeira do Estado e pedem colaboração dos parlamentares em Brasília.

Na reunião com os congressistas, Fátima solicita apoio na obtenção de recursos federais para o Estado. A governadora defende que os deputados e senadores votem a favor do projeto de lei que autoriza a Petrobras a vender até 70% do seu direito de exploração na camada pré-sal, a chamada cessão onerosa. Parte do dinheiro resultante da operação, segundo a matéria que tramita no Congresso, seria destinada para estados e municípios.

“Se o projeto for aprovado, essa venda deverá trazer para o Estado R$ 400 milhões, e isso vai servir rapidamente para repor alguns passivos”, comentou o controlador-geral do Estado, Pedro Lopes.

Fátima Bezerra também anuncia aos parlamentares que vai enviar para a Assembleia Legislativa no mês que vem um pedido de autorização para contratar empréstimo junto ao Banco do Brasil dando como garantia a obtenção de royalties da produção mineral de 2020, 2021 e 2022. A governadora já tem aval dos deputados estaduais para antecipar os royalties de 2019, mas a operação não avançou no Banco do Brasil porque o Estado tem dívidas junto à instituição.

Para endossar o pedido de apoio à bancada, a equipe do Governo do Estado disse que a nova administração vai adotar medidas para conter gastos e aumentar a arrecadação. “Estamos com um passivo enorme, de quase R$ 2 bilhões. Além disso, há um déficit mensal de R$ 100 milhões. Temos que equilibrar as contas. É preciso aumentar a receita, que pode ser com trabalho ostensivo contra a sonegação fiscal e fraudes; fomentar a economia; e cortar despesas desnecessárias sem prejudicar o serviço público. Sem medidas efetivas, não conseguimos o equilíbrio do Estado”, complementou Pedro Lopes.

De todas as medidas cogitadas, a única descartada pelo novo governo é a venda de órgãos como a Companhia de Águas e Esgotos (Caern). “Não está sendo pensada, no momento, a hipótese de privatização”, finalizou Pedro.

Fátima revelou, ainda, que a bancada federal assumiu o compromisso com o Governo de apoiar o Executivo na busca de recursos extras que dependem de autorização e liberação da União. Estão entre as prioridades a conclusão das obras da Reta Tabajara; o complexo da Av. Maria Lacerda; obras de habitação e segurança hídrica; além da conclusão da Barragem de Oiticica, em Jucurutu.

No encontro, a governadora também destacou que pediu a bancada para escolher um nome para participar ativamente do Fórum de Diálogos com a Sociedade que vem sendo implantado pela sua gestão. Por fim, ela também conseguiu firmar o compromisso dos deputados e senadores assinarem um pedido de audiência ao presidente Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Deixe seu comentário

PT articula CPI para aumentar pressão sobre ex-assessor e família Bolsonaro

21 Jan2019

Por Jbelmont às 09h52

A oposição ao governo Jair Bolsonaro já discute a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para aprofundar a investigação do caso do ex-motorista Fabrício Queiroz, que trabalhou até o ano passado para o gabinete do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) na Assembleia Legislativa do Rio. O PT tratará do assunto em reunião nesta segunda (21). A ala favorável à CPI na sigla cresce a cada dia, mas ainda busca formas de convencer outros partidos da oposição a abraçar a ideia.

Para a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, o Ministério Público do Rio e o governo não se mostram dispostos a levar o assunto às últimas consequências, e por isso é preciso que a oposição no Parlamento entre em campo.

Mesmo que a cúpula do Congresso barre a iniciativa, a oposição espera criar desgaste para o clã presidencial. Em dezembro, o presidente admitiu ter feito um empréstimo de R$ 40 mil ao ex-assessor do filho, sem declarar a operação à Receita.

PAINEL FOLHA

Deixe seu comentário

LAVA-JATO: Dinheiro do BNDES no Bolso de LULA

21 Jan2019

Por Jbelmont às 09h37

A lista dos financiamentos do BNDES no exterior, divulgada sexta-feira (18), dá sentido às relações promíscuas do ex-presidente Lula com a Odebrecht, que ele beneficiou com 80% das obras em ditaduras latino-americanas e africanas. Integrantes da Lava Jato acham que dinheiro do BNDES acabou no bolso de Lula. Emílio Odebrecht, controlador da empreiteira, confessou até mesmo que havia uma “conta corrente” de R$300 milhões para o ex-presidente presidiário gastar como quisesse.

A relação entre Lula e a empreiteira baiana foi baseada em corrupção, simples assim. A Odebrecht pagou e levou os melhores contratos.

A construção do Porto de Mariel (Cuba) foi financiada pelo banco público BNDES por R$ 2,7 bilhões. E construído pela Odebrecht.

E o ex-ministro Antonio Palocci revelou à Justiça espontaneamente, sem acordo de delação, o “pacto de sangue” entre Lula e a Odebrecht.

A propina era tão rotineira que Palocci contou fazer entregas de dinheiro vivo a Lula em caixas de celular e, claro, de uísque.

CLÁUDIO HUMBERTO

Deixe seu comentário

Potiguar nota 1000 na redação do Enem quer ser médica para 'ajudar e ser amparo'

21 Jan2019

Por Jbelmont às 09h25

 

Estudante potiguar Carolina Mendes concluiu o ensino médio em 2017 e conseguiu nota 1000 na redação do Enem 2018 — Foto: Arquivo Pessoal

Duas estudantes potiguares obtiveram a nota máxima na redação do Exame Nacional Do Ensino Médio de 2018. No Brasil, 55 pessoas conseguiram atingir essa avaliação, a nota 1000. Para a mossoroense Carolina Mendes Pereira, de 18 anos, e a ipanguaçuense Rylla Lidice Varela de Melo, de 19, a notícia foi recebida com surpresa, mas ambas têm a certeza de que o resultado é fruto de muito esforço.

As notas da prova do Enem foram divulgadas na última sexta-feira (18), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). No total, o Inep diz que corrigiu 4.122.423 provas de redação na aplicação regular do Enem, que aconteceu nos dias 4 e 11 de novembro. Os dados, portanto, não incluem as provas do Enem PPL, aplicado para pessoas privadas de liberdade.

O tema sugerido nesta edição foi “A Manipulação do comportamento dos usuários pelo controle de dados da internet”. Tanto Rylla, quanto Carolina produziam uma redação por semana, para treinar o modelo cobrado pelo Exame. As duas faziam cursinhos particulares em Natal e pretendem ingressar no curso de medicina através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

 

Continuar lendo clique Aqui

Deixe seu comentário

Núcleo militar está incomodado e aguarda uma explicação convincente de Flávio Bolsonaro

20 Jan2019

Por Jbelmont às 18h25

 

O agravamento da crise envolvendo o filho primogênito de Jair Bolsonaro vem incomodando o núcleo militar mais próximo ao presidente. Entre esses militares, a expectativa é por uma explicação convincente por parte do deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), suspeito de recebimentos irregulares em conta bancária. 

Enquanto as explicações não aparecem, o Palácio do Planalto estabeleceu uma ordem de silêncio, numa tentativa de blindar Bolsonaro pai. O silêncio se estende ao Ministério da Justiça: Sergio Moro submergiu e não comenta as suspeitas que recaem sobre Flávio e o ex-assessor e ex-motorista Fabrício Queiroz.

A escalada da crise ganhou novos elementos ao longo da semana. Ganhou outros contornos desde a iniciativa de Flávio de judicializar a questão no Supremo Tribunal Federal (STF).

Primeiro, o ministro do STF Luiz Fux, em plantão e atendendo a pedido do senador eleito, decidiu suspender a investigação tocada pelo Ministério Público (MP) do Rio de Janeiro. A decisão final sobre a instância onde o inquérito tramitará caberá ao ministro Marco Aurélio, relator da reclamação movida pela defesa de Flávio. Ele já indicou que deve decidir no sentido de o procedimento continuar com o MP local.

Depois, o “Jornal Nacional”, da TV Globo, revelou trechos de um novo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), com apontamentos sobre movimentações suspeitas em conta bancária de Flávio Bolsonaro. Conforme o relatório, 48 depósitos em espécie foram feitos na conta entre junho e julho de 2017, somando R$ 96 mil . Os depósitos se concentraram num terminal de autoatendimento da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Em um dos dias analisados, por exemplo, foram feitos dez depósitos de R$ 2 mil cada num intervalo de cinco minutos. Os registros da movimentação suspeita podem apontar para a prática em que parlamentares retêm parte dos salários de seus assessores.

Neste domingo, O GLOBO mostrou a extensão das transações de Queiroz em três anos . O ex-assessor e ex-motorista movimentou R$ 7 milhões no período, conforme registros do Coaf. Até então, o que se sabia era que Queiroz havia movimentado R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017. Na movimentação, R$ 24 mil em cheques foram depositados na conta da primeira-dama Michelle Bolsonaro. O depósito foi o pagamento por um empréstimo a Queiroz, segundo o presidente Bolsonaro.

Até agora, Flávio não deu explicação para a movimentação de R$ 1,2 milhão; para a movimentação de R$ 7 milhões em três anos; e nem para os depósitos fracionados em sua conta bancária, somando R$ 96 mil em um mês.

Neste domingo, o general mais próximo a Bolsonaro, o ministro Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), disse ao GLOBO que não vai se “meter nesse negócio”, em relação às revelações já feitas no caso envolvendo Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz:

– Isso não é um problema meu. Eu não vou me meter nisso, não falo sobre isso. Não vou me meter nesse negócio.

O Globo

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +