.

Senado aprova projeto que aumenta validade da CNH para até 10 anos

03 Set2020

Por Jbelmont às 23h05

Proposta foi entregue por Bolsonaro em 2019 e faz uma série de mudanças no Código de Trânsito. Texto volta para a Câmara; conheça ponto a ponto.

O Senado aprovou nesta quinta-feira (3) o projeto que aumenta para até 10 anos o prazo máximo de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O texto promove uma série de modificações no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e deverá ser analisado novamente pela Câmara dos Deputados porque modificado pelos senadores.

O projeto é tratado como prioridade pelo governo. Em junho do ano passado, o próprio presidente Jair Bolsonaro foi pessoalmente à Câmara para entregar o texto.

De acordo com o projeto, os prazos de validade passam a ser os seguintes:

Prazo de validade da CNH

Validade da CNH Idade do condutor
10 anos inferior a 50 anos de idade
5 anos igual ou superior a 50 anos e inferior a 70 anos de idade
3 anos igual ou superior a 70 anos de idade
Fonte: Projeto de lei em discussão no Congresso
Atualmente, o CTB prevê a renovação da carteira de habilitação a cada cinco anos para a maioria dos condutores e a cada três anos para quem tem mais de 65 anos.

Inicialmente, o texto encaminhado por Bolsonaro previa a renovação dos exames a cada 10 anos para pessoas com menos de 65 anos e, a partir dessa idade, a cada cinco anos.

Mudança no texto
Atualmente, a legislação diz que a prisão pode ser substituída por penas restritivas de direitos se o crime for culposo (sem intenção).

Desta forma, se um motorista embriagado ou sob efeito de drogas pratica lesão corporal e até homicídio, sua condenação pode ser convertida em uma pena alternativa.

As penas privativas de liberdade são aquelas em que o condenado é preso. As punições variam entre reclusão (crimes graves), detenção (crimes menos graves) e prisão simples (contravenções penais). Já as penas restritivas de direitos são aplicadas por meio de indenização, perda de bens e valores, limitação de fim de semana, prestação de serviços à comunidade, e interdição de direitos.

O relator do projeto, Ciro Nogueira (PP-PI), acatou uma sugestão de mudança do senador Fabiano Contarato (Rede-ES). A emenda prevê que em casos de lesão corporal e homicídio causados por motorista embriagado, mesmo que sem intenção, a pena de reclusão não poderá ser substituída por alguma mais branda, que restringe direitos.

Ciro Nogueira também incluiu na proposta que transportar bebida alcoólica dentro do veículo representará infração grave, com aplicação de multa. A bebida poderá ser transportada apenas no porta-malas ou bagageiro do carro.

O líder da minoria, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), apresentou um requerimento que pedia o adiamento da votação, que foi rejeitado por um placar apertado, por 39 votos a 30.

A senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), que ficou tetraplégica após um acidente de trânsito, também defendeu o amadurecimento da discussão e que a votação fosse adiada.

 

LER MAIS AQUI

Deixe seu comentário

RN registra queda de 48% na média diária de óbitos por Covid-19, maior redução no País

03 Set2020

Por Jbelmont às 22h09

Imagem: reprodução

O Rio Grande do Norte é o estado que registrou a maior redução na média diária de mortes por Covid-19 no Brasil, considerando os últimos 14 dias, de acordo com os dados do consórcio de veículos de imprensa (G1, O Globo, Extra, Estadão, Folha e UOL) apresentados na noite desta quinta-feira (3) no Jornal Nacional.

A queda de 48% no número de óbitos é uma variação da média dos 7 últimos dias em relação à média de duas semanas atrás. Segundo o consórcio, na comparação com a média de 14 dias atrás, variações no número de mortes ou de casos de até 15% para mais ou para menos caracterizam estabilidade no período.

bg

Deixe seu comentário

Brasil ultrapassa 124 mil mortes por Covid-19, aponta consórcio de veículos de imprensa no boletim das 20h

03 Set2020

Por Jbelmont às 21h43

O Brasil ultrapassou nesta quinta-feira a marca de 124 mil mortes causadas pela Covid-19. Foram registrados 830 óbitos nas últimas 24 horas, elevando para 124.729 o número de vidas perdidas para a doença. Desde as 20h de quarta-feira, foram notificados 44.728 novos casos de infecções pelo Sars-CoV-2, elevando para 4.046.150 infectados no país. A marca de 4 milhões de contaminados foi alcançada na quarta-feira.


Pandemia: Mortes diárias por Covid-19 caem 14%, e taxa de retração indica contração de casos da doença

O Brasil registrou nesta quinta uma média móvel de 858 mortes por Covid-19. Desde 12 de agosto, a média móvel de mortes de brasileiros causados pelo novo coronavírus está abaixo de mil e, desde o dia 28, abaixo de 900.

A "média móvel de 7 dias" faz uma média entre o número de mortes do dia e dos seis anteriores. Ela é comparada com média de duas semanas atrás para indicar se há tendência de alta, estabilidade ou queda. O cálculo é um recurso estatístico para conseguir enxergar a tendência dos dados abafando o "ruído" causado pelos finais de semana, quando a notificação de mortes se reduz por escassez de funcionários em plantão.

Há apenas três estados com tendência de alta nas médias móveis de mortes por Covid-19: Amazonas, Ceará e Tocantins. Outros 11 demonstram estabilidade: Amapá, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia e São Paulo.

O Distrito Federal e 13 estados estão com tendência de queda: Acre, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.

 

CONTINUAR LENDO CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

Candidatura de Rosalba à reeleição será homologada no dia 11

03 Set2020

Por Jbelmont às 17h56

O Partido Progressista (PP) vai realizar convenção em Mossoró no próximo dia 11 de setembro, às 15h, na Escola de Artes, Centro.

Na ocasião será oficializada a indicação da prefeita Rosalba Ciarlini como candidata a reeleição.

A convenção também definirá a nominata de candidatos a vereador e o vice que muito provavelmente será o empresário Jorge do Rosário (PL).

Via Blog do Barreto

Deixe seu comentário

Fátima recua e diz que 5 outubro é “apenas previsão” para volta às aulas no RN

03 Set2020

Por Jbelmont às 17h44

 

A governadora Fátima Bezerra (PT) usou as redes sociais na tarde desta quinta-feira (03) para avisar que o anúncio feito horas antes pelo secretário de Educação do Estado, Getúlio Marques, sobre a retomada das aulas presenciais nas escolas públicas e particulares do estado é “apenas uma previsão”. Getúlio anunciou para o próximo dia 5 de outubro a data para retomada das aulas no Estado.

“Olá, pessoal. A data de referência para possível retorno de aulas presenciais (em 5 de outubro) é apenas uma previsão. O retorno das aulas presenciais na rede pública depende de cumprimentos de protocolos que serão divulgados pelo comitê científico e de saúde local”, disse a governadora.

Ela informou ainda que o Governo do Estado publicará um decreto na próxima semana regulamentando a orientação dos comitês, que deve sair em breve.

Fátima Bezerra adiantou que a prioridade de retorno será para alunos de séries finais (9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio) e limitada 30% dos alunos totais de um estabelecimento escolar.

“O secretário da Educação, Getúlio Marques anunciou hoje uma data de referência para o retorno das aulas presenciais nas redes pública e particular - 5 de outubro - duas semanas a mais do que está descrito no decreto atual (que previa uma possibilidade do retorno das atividades escolares de forma presencial para 18 de setembro)”, escreveu a petista.

Ela acrescentou que “a retomada depende do cumprimento, por parte dos estabelecimentos escolares, de protocolos sanitários definidos pelas secretarias de Saúde e Educação, com base na recomendação do comitê científico local”.

Fonte: Portal Grande Ponto

Deixe seu comentário

Prejuízos da Petrobras no RN não podem ser acentuados e irreversíveis, diz Garibaldi

03 Set2020

Por Jbelmont às 12h36

Ex-senador, ex-presidente do Congresso Nacional, ex-ministro e ex-governador do Rio Grande do Norte, Garibaldi Alves Filho (MDB) avalia que é preciso a união das lideranças empresariais, da bancada federal, dos parlamentares estaduais e de representantes das entidades da sociedade civil para buscar da Petrobras garantias de que, durante a mudança por que passa a estatal no Estado, “os prejuízos do RN não sejam acentuados e irreversíveis”.

A avaliação da maior liderança do MDB no RN está publicada em artigo na imprensa local, em que, do alto de sua larga experiência política, Garibaldi avalia que a saída da Petrobras do RN tem implicações econômicas e sociais para o Estado e que, por isso, seria necessário haver uma espécie de transição que permitisse ao RN se preparar com um tempo maior de adaptação à nova realidade do mercado de petróleo e gás.

Citando entrevista do ex-diretor da Petrobras Guilherme Estrela, e fazendo menção a depoimentos de figuras proeminentes da política nacional, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o ex-ministro e economista Delfim Neto, o potiguar lembra que mercado e Estado podem e devem atuar de forma conjunta no enfrentamento dos desafios do desenvolvimento econômico e social do país. O problema só ocorre, segundo ele, quando a Petrobras corta seus vínculos, enquanto estatal, e passa a considerar mais o mercado financeiro, “provocando uma perda inestimável em termos de infraestrutura produtiva na grande inserção social e cultural que tem nos estados onde está instalada”, como o RN.

Para o ex-senador, “a presença da companha não se resume a uma empresa que está produzindo para ter lucro. É uma empresa estatal que interage com o desenvolvimento da sociedade de várias formas”.

Campos maduros
Quanto à preocupação com os campos maduros, situação específica do Rio Grande do Norte, o ex-ministro recorda trecho de entrevista de Estrela em que o ex-diretor da estatal alude à necessidade de se adotar medidas com antecedência de pelo menos cinco anos, para a preparação da descontinuidade dessas áreas produtoras.

“Hoje o abandono desses campos se faz de uma forma muito rápida, como acontece no nosso estado”, salienta Garibaldi, para quem, “isso tem implicações econômicas e sociais para o Rio Grande do Norte”. Para ele, “haveria de se esperar uma transição que permitisse ao Estado se preparar com um tempo maior de adaptação à nova realidade do mercado de petróleo e gás”.

Por fim, o ex-ministro reitera que sem a predisposição dos dirigentes atuais da estatal para garantirem essa transição mais prolongada, é preciso a união do Estado em busca de garantia que minimize os prejuízos, de modo que não sejam acentuados e irreversíveis

AGORA RN

Deixe seu comentário

COVID-19: RN registra 246 pacientes internados, sendo 97 em leitos críticos; taxa de ocupação é de 41%

03 Set2020

Por Jbelmont às 12h29

A Secretaria de Estado e Saúde Pública- Sesap atualizou os dados do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (03). Na ocasião, foi informada a taxa de ocupação de leitos críticos está em 41 % no Estado.

No geral, entre leitos públicos e privados são 246 pacientes internados, sendo 97 em leitos críticos e 149 em leitos clínicos.

Veja alguns dados por região:

34,4% Mossoró

39% Região metropolitana de Natal

57% Seridó

70% Alto Oeste (Pau dos Ferros)

100% João Câmara

Deixe seu comentário

RN contabiliza 62.855 casos de coronavírus, e registra 2.278 mortes; 03 óbitos nas últimas 24 horas

03 Set2020

Por Jbelmont às 12h26

Foto: Reprodução

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira, 03. Os casos confirmados somam 62.855. No dia anterior eram 62.432.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 2.278 no total, dos quais 03 deles ocorridos de fato nas últimas 24 horas. Outros 217 óbitos estão em investigação e 495 descartados.

Os casos suspeitos são 26.611 e os descartados somam 119.150. Recuperados somam 37.767.

Deixe seu comentário

RN deve ter aumento de produtividade de petróleo com saída da Petrobras e entrada de empresas independentes

03 Set2020

Por Jbelmont às 09h07

O mercado de petróleo no Rio Grande do Norte tem a perspectiva de aumento de produtividade com a entrada de empresas independentes para explorar e produzir os campos onshore. Na última semana, a Petrobras anunciou a venda de cessão dos direitos de exploração, desenvolvimento e produção de óleo e gás natural do conjunto de 26 concessões de campos de produção terrestres e de águas rasas, com instalações integradas, localizadas na Bacia Potiguar.

O Rio Grande do Norte tem a maior produção onshore do Brasil. A produção terrestre que já chegou a atingir 117 mil barris/dia, nos últimos anos, declinou para 25 mil barris/dia. O setor já respondeu por 45% do PIB industrial, vem em queda desde 2010, com efeito direto na economia com a queda de produção e, consequentemente, de receita do Estado.

A indústria do petróleo norte-rio-grandense lidera o movimento de reestruturação do onshore no país, com a transferência da exploração de campos maduros para a iniciativa privada. No ano passado, frente à decisão de desinvestimento da Petrobras e venda de ativos, a FIERN buscou a articulação com empresários e rede de fornecedores locais, entidades representativas, órgãos reguladores e o Ministério de Minas e Energia para tratar a reestruturação do setor no estado, que responde por 40% do PIB industrial do RN.

Márcio Félix, vice-presidente executivo da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP), acredita que o Rio Grande do Norte saiu na frente e caminha a passos largos na retomada das operações de exploração e produção de petróleo terrestre, servindo de exemplo para outros estados.

Para ele, a venda dos ativos de campos terrestres e em águas rasas representa o fim de um período de presença da estatal no onshore brasileiro e o início de uma nova fase do setor com a participação da indústria privada e diversidade de novos agentes operando na exploração e produção desses campos, com potencial de melhores resultados.

“Haverá um aumento de produção de também de produtividade, com mais resultados alcançados com menos recursos. Os ativos existentes serão melhor cuidados, as empresas privadas farão investimentos e vão buscar o melhor retorno, além disso o efeito local é bem mais rápido na economia, o dinheiro irá circular localmente, se a produção aumenta, o royalties é maior. É um novo ciclo que se abre, com mais oportunidades para o Estado, de atrair novas empresas e investidores locais, que estarão com a sua estrutura mais próximas da sociedade”, observa Márcio Félix.

Para continuar lendo, é só clicar aqui: 


AQUI

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.295: ninguém acerta, e prêmio vai a R$ 95 milhões

02 Set2020

Por Jbelmont às 21h11

Veja das dezenas sorteadas: 06 13 26 28 35 41 Quina teve 162 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 33.025,53.


Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.295 da Mega-Sena, realizado às 20h desta quarta-feira (2) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O prêmio acumulou.

Veja as dezenas sorteadas: 06 13 26 28 35 41

A quina teve 162 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ R$ 33.025,53.
A quadra teve 9.693 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 788,51.
O próximo sorteio será neste sábado (5). O prêmio é estimado em R$ 95 milhões.

Deixe seu comentário

Brasil passa de 4 milhões de casos confirmados de Covid-19 e se aproxima de 124 mil mortes

02 Set2020

Por Jbelmont às 20h48

País soma 123.899 mortes pela Covid-19 e 4.001.422 infectados pelo novo coronavírus.

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta quarta-feira (2).

O país registrou 1.218 mortes pela Covid-19 confirmadas nas últimas 24 horas, chegando ao total de 123.899 óbitos.

Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 878 óbitos, uma variação de -10% em relação aos dados registrados em 14 dias.

Em casos confirmados, já são 4.001.422 brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia, 48.632 desses confirmados no último dia.

A média móvel de casos foi de 39.917 por dia, uma variação de +1% em relação aos casos registrados em 14 dias. O número de infectados dobrou em menos de 50 dias. Em 16 de julho, eram 2.014.738 casos confirmados.

MÉDIA MÓVEL: veja como estão os casos e mortes no seu estado
PANDEMIA NAS CIDADES: consulte casos e mortes em cada município do Brasil
No total, 4 estados apresentaram alta de mortes: AM, AP, RO e TO.

Em relação a terça (31), RR, CE e PE estavam em queda e, hoje, estão em estabilidade. AM estava em queda e, agora, está com a média de mortes subindo.

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas, responsável pelo balanço no estado, afirma que apenas 4 das 158 mortes contabilizadas nesta quarta-feira ocorreram nas últimas 24 horas.

O restante se deve a óbitos de meses anteriores que foram reclassificados pela Secretaria Municipal de Saúde de Manaus como óbitos por Covid-19.

Brasil, 2 de setembro
Total de mortes: 123.899
Registro de mortes em 24 horas: 1.218

Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 878 por dia (variação em 14 dias: -10%)
Total de casos confirmados: 4.001.422
Registro de casos confirmados em 24 horas: 48.632

Média de novos casos nos últimos 7 dias: 39.917 por dia (variação em 14 dias: +1%)

(Antes do balanço das 20h, o consórcio divulgou dois boletins parciais, às 8h, com 122.703 mortes e 3.953.563 casos; e às 13h, com 122.941 mortes e 3.961.502 casos confirmados.)

Estados

Subindo: AM, AP, RO e TO.

Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente:

PR, RS, RJ, SP, GO, MS, MT, PA, RR, CE, MA, PE e PI.

Em queda: SC, ES, MG, DF, AC, AL, BA, PB, RN e SE.

Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia).

Deixe seu comentário

120°121 Homicídios em Mossoró 2020: Casal é perseguido e morto no Bairro Santo Antônio

02 Set2020

Por Jbelmont às 16h28

O duplo homicídio  aconteceu por volta das 13h50min na Travessa Chico Tunico nas proximidades do Dia a Dia Atacarejo no Bairro Santo Antonio em Mossoró  no Oeste Potiguar.

Um homem identificado como Michael Douglas da Costa Sales 24 anos e sua mulher conhecida como Jessica Gurgel, foram mortos a tiros dentro de um carro Chevrolet Prisma  branco placas de Apodi RN. Segundo a perícia criminal o homem que seria o alvo principal foi alvejado com seis tiros enquanto que a mulher  foi atingida com um único disparo na cabeça. 

Segundo a PM o casal foi perseguido e depois de baleado o motorista perdeu o controle do volante e bateu no portão do de um terreno. Informações  ainda não  confirmadas pela polícia, são  de que Douglas era suspeito de envolvimento  na morte do pai de um vereador em Apodi.

Mossoró  chega aos 121 assassinatos em 2020. A investigação  ficará  a cargo da Delegacia de Homicidios. Após os trabalhos de perícia os corpos foram recolhidos e encaminhados para exames no IML do ITEP.



Do FIMDA LINHA

Deixe seu comentário

Polícia prende médico em Mossoró e homem em Natal suspeitos de esquema de venda de vagas em vestibular em curso de medicina no interior de SP

02 Set2020

Por Jbelmont às 16h19

Investigações são comandadas pela Polícia Civil em Assis — Foto: Adolfo Lima / TV TEM

O portal G1 destaca que um médico foi preso em Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte, na manhã desta quarta-feira (2), por suspeita de participação em um esquema de venda de vagas em cursos de medicina. A prisão faz parte da segunda fase da Operação Asclépio, deflagrada pela Polícia Civil de Assis (SP), em 5 Estados. Um homem também foi preso na capital potiguar.



O médico  Adolfo Araújo Bezerra de 27 anos de idade preso em Mossoró e atua como clínico geral. Ele foi preso enquanto atendia pacientes no Hospital da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC). De acordo com a Polícia Civil, o médico é suspeito de estelionato, associação criminosa e falsificação de documentos públicos.

O médico foi encaminhado a Cadeia Pública de Mossoró, onde aguardará o término da prisão temporária que é de 5 dias, podendo ser prorrogada por mais 5.

A outra prisão no Rio Grande do Norte aconteceu em Natal, no bairro do Tirol. O homem é apontado pela Polícia Civil como um dos responsáveis por arquitetar o esquema de disponibilização de terceiros para prestar a prova no lugar dos candidatos reais.

Ao todo, a Polícia Civil cumpre 22 mandados de busca e 12 de prisão temporária em São Paulo, Ceará, Paraíba, Minas Gerais e Rio Grande do Norte.

Veja detalhes da reportagem aqui.

Deixe seu comentário

Banco Central lança nota de R$ 200, com imagem de lobo-guará; cédula já está em circulação

02 Set2020

Por Jbelmont às 16h12

Frente e verso, e ordem. Fotos: Raphael Ribeiro/BC

O Banco Central lançou na tarde desta quarta-feira (2) a nova nota de R$ 200. Após o lançamento, a nota, com imagem de um lobo-guará, entra em circulação ainda nesta quarta.

Essa será a sétima cédula da família de notas do real. O Banco Central encomendou à Casa da Moeda a produção, até dezembro, de 450 milhões de cédulas do novo valor.

A nota de R$ 200 é a primeira cédula de um novo valor da família do real em 18 anos. A última, a de R$ 20, tinha sido lançada em 2002.

Um ano antes, em 2001, surgiu a nota de R$ 2. Nesse intervalo, houve a “aposentadoria” da nota de R$ 1, em 2005.

Em comum, os lançamentos de cédulas têm um mesmo objetivo: diminuir as transações com dinheiro vivo, economizando com impressão de papel-moeda.

Outro motivo apontado é a necessidade de fazer frente ao pagamento do auxílio emergencial – estimado em mais de R$ 160 bilhões considerando as cinco parcelas aprovadas.

Boa parte dos beneficiários, sobretudo os de menor renda, preferiu sacar o benefício em espécie. Segundo números da Caixa Econômica Federal, mais de 20 milhões de saques foram feitos até esta quarta-feira.

Em Brasília, pessoas fizeram fila na porta da agência do Banco do Brasil que liberou as notas logo após o lançamento anunciado pelo BC.

Pandemia

O presidente do BC, Roberto Campos Neto, afirmou que o lançamento da nova cédula é uma resposta do Banco Central a mudanças provocadas pela atual pandemia de Covid-19.

“O momento singular que estamos vivendo trouxe os mais diversos desafios, e um deles foi um aumento expressivo na demanda da sociedade brasileira por dinheiro em espécie”, declarou.

Segundo ele, o aumento da demanda verificado desde o início da pandemia não foi exclusividade do Brasil.

“Em momentos de incerteza, é natural que as pessoas busquem a garantia de uma reserva em dinheiro. Os programas de transferência de renda implementados para enfrentar os efeitos negativos da crise e a extensão do programa de auxílio emergencial também contribuem para essa maior demanda por dinheiro em espécie em nosso país”, acrescentou.

De acordo com o presidente do BC, o pré-projeto para a nota de R$ 200 existia desde 2010.

“Este momento, com essas necessidades, se mostrou oportuno para o lançamento de uma cédula de maior valor, cujo pré-projeto já existia desde o lançamento da segunda família de cédulas, em 2010”, declarou.

Itens de segurança

Na cédula de R$ 200, segundo o BC, optou-se pela manutenção de elementos de segurança já existentes nas cédulas da segunda família do real:

o número que muda de cor, que muda do azul para o verde, com uma faixa brilhante parecendo rolar para cima e para baixo, ao se movimentar a nota;

a marca-d’água, que apresenta o valor da nota e a imagem do animal;

o número escondido, que aparece quando a nota é colocada na posição horizontal, na altura dos olhos;

o alto-relevo, em diversas áreas na frente e no verso da nota.

Lobo-guará

O animal escolhido para a nova nota, o lobo-guará, foi o terceiro colocado em uma pesquisa feita pelo Banco Central em 2000.

A instituição perguntou à população quais espécimes da fauna gostariam de ver representados no dinheiro brasileiro.

O primeiro lugar foi a tartaruga marinha, usada na cédula de R$ 2. O segundo, o mico leão dourado, incorporado na cédula de R$ 20.

Com G1

Deixe seu comentário

RN contabiliza 62.430 casos de coronavírus e mortes somam 2.272, sendo 03 nas últimas 24 horas

02 Set2020

Por Jbelmont às 13h15

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quarta-feira, 02. Os casos confirmados somam 62.430. No dia anterior eram 61.991. 


Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 2.272 no total, dos quais 03 deles ocorridos de fato nas últimas 24 horas. Outros 217 óbitos estão em investigação e 495 descartados.

Os casos suspeitos são 26.338 e os descartados somam 117.688. Recuperados somam 37.767.

 

MOSSORÓ PNEUS DARLAN SEMPRE O MENOR PREÇO PRÁ VOCÊ

Deixe seu comentário

RN registra 247 pacientes internados, sendo 97 em leitos críticos; taxa de ocupação é de 40,6%

02 Set2020

Por Jbelmont às 13h14

A Secretaria de Estado e Saúde Pública- Sesap atualizou os dados do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta quarta-feira (02). Na ocasião, foi informada a taxa de ocupação de leitos críticos está em 40,6 % no Estado.

No geral, entre leitos públicos e privados são 247 pacientes internados, sendo 97 em leitos críticos e 150 em leitos clínicos.

Deixe seu comentário

COVID-19: Sesap aponta 121 municípios em “risco” ou “zona de perigo”, e secretário alerta que “a pandemia não acabou”

02 Set2020

Por Jbelmont às 13h12

O acompanhamento da pandemia do novo coronavírus no Rio Grande do Norte, feito pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), aponta que 121 municípios estão em “risco” ou “zona de perigo”. Ou seja, 72% das cidades potiguares estão com a R(t) acima de 1,03.

“As medidas de prevenção contra a Covid-19 não podem ser deixadas de lado. A pandemia não acabou, todos nós devemos continuar a utilizar a máscara, higienizar as mãos corretamente e manter o distanciamento físico. Essas medidas são essenciais no combate à doença”, reforçou o secretário de Estado da Saúde Pública, Cipriano Maia.

Os números, que são apurados pelo do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) pela plataforma Coronavírus RN, apresentam ainda uma taxa geral do estado de 1,05, sendo que três regiões continuam com a transmissibilidade acima de 1, são elas Mato Grande (1,04), Oeste (1,13) e Alto Oeste (1,29).

De acordo com os dados emitidos pela Sesap, os casos confirmados somam 62.430, são 26.338 casos suspeitos e 117.688 descartados. Em relação à ocorrência de óbitos decorrentes da Covid-19, já foram registrados 2.272 (3 nas últimas 24h), há 217 em investigação e outros 495 foram descartados.

“É preciso continuarmos atentos à incidência dos casos no Estado e para que curva não sofra alteração continuamos o trabalho conjunto e conclamamos a toda a população para que continue adotando as ações de proteção”, reforçou Cipriano Maia.

Nesta quarta-feira (2), taxa de ocupação dos leitos de UTI na rede pública é de 40,6%. Estão internadas nas redes privada e pública, entre casos suspeitos e confirmados, 247 pessoas, sendo 97 em leitos críticos e 150 em clínicos. Nas regiões do Agreste e Potengi/Trairi todos os leitos para tratamento da Covid-19 estão disponíveis. Na Região Metropolitana de Natal, a ocupação é de 49%, no Mato Grande de 100%, no Oeste é de 34%, no Alto Oeste é 90% e no Seridó, 60%. Dois pacientes aguardam regulação para leitos críticos e seis aguardam transporte para serem removidos a uma unidade de referência.

Deixe seu comentário

Soutinho após 62 anos a frente do SIESAL passa o comando da entidade para Airton Torres e Herbert Júnior

02 Set2020

Por Jbelmont às 01h03

Soutinho e Edite Souto

O Sindicato das Industrias de Extração do Sal do Estado do Rio Grande do Norte,
fundado pelo empresário Francisco Ferreira Souto Filho, em 1958 mudou de comando na tarde desta terça feira dia 01 de setembro de 2020.

O ato aconteceu em Mossoró,quando Airton Torres e Hebert Junior foram eleitos presidente e vice presidente da entidade salineira. O mandato será de 02-09-2020 a 2023.

Soutinho deixa a presidência da SIESAL, mas por reconhecimento pelos relevantes serviços prestados a esta entidante, foi proclamado pelos seus companheiros sindicalistas como presidente de honra da SIESAL.

 

Francisco Ferreira Souto Filho, completou em 7 de agosto 95 anos e Edite Souto 84.

Deixe seu comentário

Brasil registra 3.159.096 pessoas curadas da Covid-19

02 Set2020

Por Jbelmont às 00h28

Foto: Thiago Dutra/AMN

O Brasil registrou nesta terça-feira (1º) mais 61.362 pacientes recuperados do coronavírus, totalizando 3.159.096 pessoas curadas da doença.

O registro de pessoas curadas já representa 80% do total de casos acumulados.

A quantidade de pessoas curadas no Brasil já é quatro vezes superior à quantidade de casos ativos (669.239), que são os pacientes em acompanhamento médico.

No mundo, estima-se que pelo menos 13 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram.

Deixe seu comentário

Ex prefeita Claudia Regina pode concorrer como candidata nesta eleição de novembro segundo o TSE

01 Set2020

Por Jbelmont às 23h24

Por cinco votos a dois o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) entendeu que os políticos inelegíveis até outubro poderão disputar as eleições deste ano. O entendimento é de que eles foram favorecidos pelo adiamento das eleições.

A decisão favorece a ex-prefeita Cláudia Regina (DEM) que teve 11 das 13 cassações mantidas pelo TSE e estaria inelegível até 7 de outubro.

O ministro Alexandre de Morais classificou a situação como um golpe de sorte para políticos como Cláudia. “Eu diria que sorte é sorte. No caso aqui, de alguns possíveis candidatos que seriam inelegíveis, não dependeu deles a ocorrência da alteração da data da eleição”, analisou.

Além de Moraes, votaram a favoráveis a liberação dos outrora inelegíveis Mauro Campbell, Tarcísio Vieira, Sérgio Banhos e o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso.

Votaram contra os ministros Edson Fachin e Luís Felipe Salomão.

O posicionamento responde a consulta do deputado federal Célio Studart (PV-CE). Ele perguntou se os candidatos inelegíveis por fatos decorrentes ao pleito de 2012 estaria impedidos de disputar a eleição mesmo com o adiamento para 15 de novembro.

A pré-candidata a prefeita de Mossoró, confirma presença na live desta quinta feira às 20 horas com Jbelmont.com.br no Instagram e reprise no facebook e youtube.

 

Extrato do Blog do Barreto

Deixe seu comentário

Com 1.166 mortes por Covid-19 em 24h, Brasil passa de 122 mil

01 Set2020

Por Jbelmont às 21h42

País soma 122.681 mortes e 3.952.790 casos pelo novo coronavírus. Média móvel foi de 859 mortes por dia na última semana, a mais baixa desde o final de maio.

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta terça-feira (1º).

O país registrou 1.166 mortes pela Covid-19 confirmadas nas últimas 24 horas, chegando ao total de 122.681 óbitos. Com isso, a média móvel de novas mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 859 óbitos, uma variação de -13% em relação aos dados registrados em 14 dias. Essa foi a média mais baixa desde o dia 20 de maio, quando a média móvel foi de 804 novas mortes confirmadas por dia e superou a de segunda-feira (31), que foi de 866 mortes.

Em casos confirmados, já são 3.952.790 brasileiros com o novo coronavírus desde o começo da pandemia, 41.889 desses confirmados no último dia. A média móvel de casos foi de 39.802 por dia, uma variação de -4% em relação aos casos registrados em 14 dias.

MÉDIA MÓVEL: veja como estão os casos e mortes no seu estado
PANDEMIA NAS CIDADES: consulte casos e mortes em cada município do Brasil


No total, 3 estados apresentaram alta de mortes: AP, RO e TO.

Em relação a segunda (31), o RJ deixou de estar com a média de mortes subindo e, agora, está em estabilidade. PR estava em queda e, hoje, está em estabilidade e BA estava em estabilidade e, hoje, está caindo.

Brasil, 1º de setembro
Total de mortes: 122.681
Registro de mortes em 24 horas: 1.166
Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 859 por dia (variação em 14 dias: -13%)
Total de casos confirmados: 3.952.790
Registro de casos confirmados em 24 horas: 41.889
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 39.802 por dia (variação em 14 dias: -4%)
(Antes do balanço das 20h, o consórcio divulgou dois boletins parciais, às 8h, com 121.560 mortes e 3.911.463 casos; e às 13h, com 121.727 mortes e 3.919.452 casos confirmados.)

Estados
Subindo: AP, RO e TO.

Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente: PR, RS, RJ, SP, GO, MS, MT, PA, MA e PI.

Em queda: SC, ES, MG, DF, AC, AM, RR, AL, BA, CE, PB, PE, RN e SE.

Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia).

Deixe seu comentário

Eleitores de Mossoró votarão este ano para eleger 23 vereadores

01 Set2020

Por Jbelmont às 21h16

Crédito da foto: ArquivoPalácio Rodolfo Fernandes ganhará mais dois gabinetes de vereador


A Câmara Municipal de Mossoró aprovou nesta terça-feira (1o), em primeiro turno, ampliação de 21 para 23 vagas na Casa. O plenário, de forma unânime, foi favorável emenda à Lei Orgânica do Município (01/2020), que adequa a composição do Legislativo à nova faixa populacional de Mossoró.

O município, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atingiu 300.618 habitantes. Com isso, conquistou o direito a 23 vagas na Câmara, conforme o artigo 29 da Constituição Federal. As 21 vagas eram baseadas na população até 2019: 297.378 habitantes.

A Carta Magna de 1988 estabelece 21 vagas para municípios entre 160 mil e 300 mil habitantes e 23 cadeiras nas cidades de mais de 300 mil até 450 habitantes – atual perfil de Mossoró. O IBGE divulgou oficialmente a nova estimativa populacional de Mossoró, quinta-feira (27).

Procedimento

A segunda votação da emenda à Lei Orgânica está prevista para próximo dia 14. Entre os primeiro e segundo turnos de votação, há necessidade de dez dias de interstício. Concluída até o prazo final para as convenções partidárias (dia 16), a mudança valerá para a eleição de 2020.

Ou seja, no pleito de 15 de novembro, o eleitor mossoroense elegerá 23 parlamentares, que assumirão o mandato na Câmara em 1º de janeiro de 2021. Após a segunda votação, a emenda será imediatamente enviada para publicação no Jornal Oficial de Mossoró (JOM).

DeFato

Deixe seu comentário

CORONAVÍRUS: Taxa de ocupação de leitos está em 39% no RN nesta terça-feira

01 Set2020

Por Jbelmont às 15h32

A Secretaria de Estado e Saúde Pública- Sesap atualizou os dados do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta terça-feira (01). Na ocasião, foi informada a taxa de ocupação de leitos críticos está em 39% no Estado.

No geral, entre leitos públicos e privados são 259 pacientes internados, sendo 104 em leitos críticos e 155 em leitos clínicos.

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +