.

Série D: TV Brasil transmite nesta sexta-feira Campinense e América

27 Nov2020

Por Jbelmont às 10h28

Foto: Canindé Pereira/América FC/Direitos Reservados 


Nesta sexta-feira (27), Campinense (PB) e América (RN) se enfrentam pela 14ª (e última) rodada do grupo 3 da Série D do Campeonato Brasileiro. A partida, realizada a partir das 15h (horário de Brasília) no estádio Amigão, em Campina Grande, terá a transmissão ao vivo da TV Brasil.

Com a posição definida, cabe ao clube potiguar aguardar a definição do adversário na próxima etapa, o quarto colocado do grupo 4, posto disputado por três equipes, todas empatadas com 18 pontos: Coruripe, Central e Potiguar.

O Coruripe, atual quarto colocado, recebe o Vitória da Conquista, já o Potiguar visita o Freipaulistano (SE), enquanto o Central joga em casa com o Jacyobá em partidas que também acontecem nesta sexta a partir das 15h.

Cumprindo tabela

Enquanto isso, os donos da casa terão que lamber as feridas e tentar fechar a temporada da forma mais digna possível. Esse é o cenário construído após a derrota de 2 a 1 da Raposa para o Afogados (PE) e por uma combinação de resultados no último sábado (21). Agora, o Campinense ocupa a sexta posição, com 14 pontos em 13 jogos, e já está eliminado da competição.

Para o último compromisso da atual temporada, o treinador Luciano Silva terá bastante trabalho para montar um time. Durante a semana, a diretoria do Campinense confirmou o desligamento de cinco atletas: os meias Daniel Sobralense e Kiko Alagoano, os atacantes Jobson e Frontini e o zagueiro Anderson Schmoeller.

Em 2020, o Campinense foi vice-campeão estadual e conquistou a vaga na Copa do Brasil de 2021 e na edição da Série D do próximo ano.

Agência Brasil

Deixe seu comentário

Polícia Civil deflagra "Operação PC167 – 2020" e prende 97 pessoas no Rio Grande do Norte

27 Nov2020

Por Jbelmont às 08h02

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagrou, nesta quinta-feira 26 de novembro de 2020, a “Operação 167 - 2020”, com o objetivo de cumprir mandados de prisão: preventiva, temporária e condenatória, em desfavor de suspeitos de praticarem crimes de homicídios, tráfico de drogas, roubos, furtos, porte ilegal de arma de fogo, entre outros.

Ao todo, 97 pessoas foram presas até o momento em todo o estado do Rio Grande do Norte. O título da operação faz menção aos 167 municípios potiguares e mobilizou unidades da capital e do interior. Das 97 prisões, 42 foram decorrentes da prática de crimes de roubo; 22 por tráfico de drogas; 13 por homicídios e quatro por crimes cometidos no contexto de violência doméstica. Foram presas cinco pessoas em flagrante delito.

Natal e Grande Natal

Na capital e Grande Natal, efetuaram prisões as seguintes unidades policiais: Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC), Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP), Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV), Delegacia Especializada em Acidentes de Veículos (DEAV), as 15 Delegacias Distritais de Natal, além das duas Delegacias Distritais de Parnamirim e as Delegacias Municipais de Macaíba e São José de Mipibu.

A Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Natal realizou sete prisões, sendo seis pelo crime de tráfico de drogas e uma por adulteração de chassis. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi responsável por cinco prisões, sendo duas delas definitivas e três preventivas, pela prática de crimes de homicídio. A 2ª Delegacia Distrital de Natal efetuou 11 prisões na capital potiguar, referentes à prática dos crimes de furto, roubo, tráfico de drogas, associação para o tráfico e receptação. A 6ª Delegacia Distrital cumpriu quatro mandados de prisão preventiva, relativos a crimes de furto, roubo e decorrentes de violência doméstica. Já as delegacias distritais de Parnamirim foram responsáveis por nove prisões pelo cometimento dos crimes de homicídio, tráfico de drogas e roubo.

Interior do estado

No interior, as prisões foram realizadas pelas seguintes unidades policiais: Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) e Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró; Delegacias Municipais de: Acari, Baraúna, Caicó, Goianinha, Jucurutu, Parelhas, São Paulo do Potengi, Tangará e Touros, além das 1ª, 6ª, 9ª e 10ª Delegacias Regionais de Polícia (DRP).

A Delegacia Municipal de Jucurutu foi responsável pela prisão de três pessoas pelo crime de tráfico de drogas, enquanto que a 6ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Nova Cruz apreendeu dois adolescentes e prendeu uma pessoa, pela prática de tráfico de drogas.

Os presos foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181

.

ASSECOM/PCRN

ASSECOM/PCRN

Deixe seu comentário

Herança de Maradona pode ser disputada por até 11 filhos; cinco reconhecidos, outros seis buscam na Justiça a paternidade

26 Nov2020

Por Jbelmont às 22h54

Foto: Reprodução do Facebook

Enquanto o povo argentino ainda chora a morte do ídolo, de quem espera guardar somente a saudade e as boas recordações deixadas nos gramados, o entorno mais próximo de Diego Maradona se prepara para tratar do legado mais palpável do craque. Advogado de Don Diego, Matías Morla tem agora a missão de discutir com a família a partilha da herança do eterno camisa 10 da seleção argentina.

Maradona tem cinco filhos reconhecidos, com quatro mulheres. Com a primeira esposa, Claudia Villafañe, ele teve Dalma e Gianinna; em 2013, nasceu Diego Fernando, filho de Verónica Ojeda; no ano seguinte, assumiu oficialmente mais uma filha, Jana, que teve em 1996 com a italiana Valeria Sabalain; e em 2016, em outro reconhecimento judicial, filiou a Diego Sinagra Maradona, também fruto de um relacionamento que teve na Itália, com Cristina Sinagra.

No entanto, tramitam na Justiça seis processos de paternidade envolvendo Maradona: os cubanos Javielito, Lu, Johanna e Harold, e os argentinos Santiago Lara e Magalí Gil, todos com idade entre 19 e 24 anos. Além das mães de seus filhos, Maradona também teve um relacionamento com a jornalista Rocío Oliva, de quem se separou em 2019, após seis anos juntos

Segundo reportagem do jornal argentino “Clarín”, o patrimônio do campeão mundial de 1986 incluía, pelo menos, cinco fazendas na grande Buenos Aires, diversos carros de luxo, incluindo uma caminhonete anfíbia, e muitas joias, entre elas um anel de brilhantes avaliado em 300 mil euros (R$ 1,9 milhão), presente que ele recebeu na Bielorrússia e costumava usar no banco de reservas, quando dirigia o Gimnasia y Esgrima.

A avaliação total da fortuna de Maradona, no entanto, é um mistério. Um estudo do portal “Celebrity Net Worth”, especializado na economia de famosos de diversas áreas, citado pela reportagem do “Clarín”, indica um patrimônio total de 500 milhões de dólares (R$ 2,6 bilhões), a partir dos vencimentos gerados ao longo da carreira e dos patrocínios milionários firmados após deixar os gramados. Há, no entanto, divergência sobre os valores, que poderiam ser de, no máximo, 100 milhões de dólares (R$ 531 milhões).

Globo Esporte

Deixe seu comentário

PREFEITURA DE MOSSORÓ APRESENTA “ÁRVORE DE NATAL FLUTUANTE”

26 Nov2020

Por Jbelmont às 22h30

NOVO ELEMENTO DA DECORAÇÃO NATALINA ESTÁ INSTALADO ENTRE PONTES

Uma árvore de Natal flutuante.
Faz parte do projeto Mossoró Cidade de Luz.

Deixe seu comentário

Brasil registra 698 mortes por Covid em 24 horas e soma 171,4 mil

26 Nov2020

Por Jbelmont às 20h48

País tem 171.497 óbitos e 6.204.570 diagnósticos pela Covid-19, segundo consórcio de veículos de imprensa. Média móvel de casos está em 31,6 mil por dia, maior marca desde setembro.

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta quinta-feira (26).

O país registrou 698 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 171.497 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 479. A variação foi de +19% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nas mortes por Covid.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 6.204.570 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 37.672 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 31.640 novos diagnósticos por dia, novamente a maior marca desde 16 de setembro. Isso representa uma variação de +24% em relação aos casos registrados em duas semanas; também indica tendência de alta nos diagnósticos.

Dez estados apresentaram alta na média móvel de mortes: RS, SC, ES, MG, RJ, SP, AC, AM, CE e SE.

Desde a última quinta-feira (19), tem sido necessário relembrar o problema ocorrido no sistema nacional de registros de mortes e casos de Covid-19 do Ministério da Saúde, que teve início no dia 6 de novembro. Diversos estados relataram dificuldades de acesso ao e-SUS e divulgaram dados incompletos ou até mesmo ficaram sem atualizações diárias durante alguns dias. Foi o caso de SP, estado mais afetado pela pandemia em números absolutos, que não teve mortes registradas em 6 dos 8 dias a partir daquela data.

A ausência de atualizações e os números incompletos seguem refletindo na comparação para análise de tendência de alta, estabilidade ou queda nos óbitos por Covid, nos estados prejudicados e no Brasil. A partir de sexta-feira (27), esse impacto já não será mais tão significativo.

Também vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. No Acre, por exemplo, a média móvel mudou de 1 para 2 em duas semanas, resultando em variação de alta de +20%. Já no Ceará, que tem a maior tendência de alta entre os estados (+119%), a média variou de 6 para 13 em duas semanas. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Brasil, 26 de novembro
Total de mortes: 171.497
Registro de mortes em 24 horas: 698
Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 479 (variação em 14 dias: +19%)
Total de casos confirmados: 6.204.570
Registro de casos confirmados em 24 horas: 37.672
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 31.640 por dia (variação em 14 dias: +24%)
(Antes do balanço das 20h, o consórcio divulgou dois boletins parciais, às 8h, com 170.804 mortes e 6.166.947 casos; e às 13h, com 170.832 mortes e 6.170.827 casos confirmados.)

Estados
Subindo (10 estados): RS, SC, ES, MG, RJ, SP, AC, AM, CE e SE
Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (7 estados): MS, PA, RO, BA, MA, PB e PE
Em queda (9 estados + o DF): PR, DF, GO, MT, AP, RR, TO, AL, PI e RN
Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia)

 

G1

Deixe seu comentário

14° salário para beneficiários do INSS pode ser pago no Natal de 2020 em caso de aprovação

26 Nov2020

Por Jbelmont às 17h48

O 14° salário para beneficiários do INSS pode ser pago no Natal de 2020 em caso de aprovação. Está em tramitação no Senado Federal o Projeto de Lei (PL) nº 3.657/20, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS), que tem como proposta implementar o beneficiO do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O objetivo é ajudar financeiramente o grupo considerado vulnerável durante a crise da Covid-19.

A pandemia está fazendo um enorme estrago na economia e na vida das pessoas menos favorecidas,” declarou o parlamentar em entrevista à Agência Senado. Outro ponto citado por Paim a respeito da medida trata dos possíveis benefícios que ela trará para a economia brasileira, caso seja aprovada.

Deixe seu comentário

IBGE: Expectativa de vida no RN é a maior do Norte e Nordeste

26 Nov2020

Por Jbelmont às 17h35

Foto: Reprodução



A a Tábua Completa de Mortalidade de 2019, que foi divulgada nesta quinta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), destaca que a expectativa de vida no Rio Grande do Norte é a maior entre todos os estados das regiões Norte e Nordeste. De acordo com o órgão, a expectativa de vida do potiguar ao nascer aumentou de 76,2 anos em 2018 para 76,4 anos em 2019. No ano anterior, o estado já possuía a maior média das regiões. O número, no entanto, ainda fica abaixo da média nacional, que é de 76,6 anos.

A pesquisa indica ainda que a diferença de expectativa de vida entre homens e mulheres no estado é a sexta maior entre as 27 unidades da federação. Essa diferença é de 8 anos. No Rio Grande do Norte, a expectativa de vida da mulher ao nascer é de 80,4 anos, enquanto a dos homens é 72,4 anos.

Essa disparidade é menos apenas do que no Pará (8,1 anos), Sergipe (8,5 anos), Piauí (8,6 anos), Bahia (9,2 anos) e Alagoas (9,5 anos).

Ainda de acordo com a Tábua de Mortalidade, aos 60 anos de idade, a expectativa de vida da mulher potiguar atingiu 24,5 anos adicionais. Já a do homem, 20,4 anos.

Um outro ponto também chama a atenção no levantamento, ao destacar que o Rio Grande do Norte também tem a maior probabilidade de uma pessoa de 60 anos de idade completar 80 anos entre os estados do Norte e Nordeste. Segundo a perspectiva da pesquisa, de cada 1 mil pessoas que chegavam aos 60 anos de idade em 2019, 619 atingiriam os 80 anos.

No registro por gênero, 691 a cada 1 mil mulheres de 60 anos atingiriam os 80 anos de idade. Entre os homens, são 535 – o que dá 156 óbitos a mais que na população feminina.

Com acréscimo de informações do G1

Deixe seu comentário

Autópsia aponta que Maradona sofreu infarto enquanto dormia, diz jornal

26 Nov2020

Por Jbelmont às 13h52

Foto: Eric Gaill/Reuters

Diego Armando Maradona sofreu um infarto enquanto dormia, segundo resultado preliminar da autópsia revelado pelo jornal argentino “La Nación” nesta quinta-feira (26).

O “La Nación” afirma que o ídolo argentino morreu por uma insuficiência cardíaca aguda, congestiva e crônica, que gerou um edema agudo no pulmão, segundo o documento.

O advogado de Maradona, Matías Morla, afirmou que a ambulância demorou mais de meia hora para chegar à casa do craque argentino e disse que vai pedir uma investigação sobre a morte.

“É inexplicável que, por 12 horas, meu amigo não tenha recebido atenção ou controle da equipe dedicada a esses fins”, escreveu Morla em uma carta divulgada nesta quinta.

Maradona morreu aos 60 anos em sua casa na região do Tigre, nos arredores de Buenos Aires.

No início do mês, o ex-jogador de futebol havia passado por uma cirurgia no cérebro, e recebeu alta oito dias depois, após drenar uma pequena hemorragia cerebral.

Na ocasião, o médico Leopoldo Luque afirmou na ocasião que a cirurgia era considerada simples, mas havia preocupação pela condição de saúde do ex-jogador.

G1

Deixe seu comentário

RN registra 703 novos casos de covid-19; nenhum óbito nas últimas 24 horas

26 Nov2020

Por Jbelmont às 13h48

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira (26). Foram mais 703 casos confirmados, totalizando 88.767. Nessa quarta-feira(25) eram 88.064 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 2.666 no total. Nenhuma morte nas últimas 24 horas e uma(01) após confirmação de exames laboratoriais de dias anteriores. Em investigação estão 409 óbitos.

Casos suspeitos somam 41.610 e descartados 214.605. Recuperados são 47.431.

Deixe seu comentário

Seridó: Governo Bolsonaro lança licitação para levar água a 280 mil potiguares

26 Nov2020

Por Jbelmont às 09h15

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), vai contratar empresa para elaborar o projeto executivo e de estudos complementares para a execução do Sistema Seridó, no Rio Grande do Norte. A abertura da licitação é o primeiro passo para a execução das obras do sistema, que vai abastecer cerca de 280 mil pessoas em 24 municípios potiguares. 


Com presença do ministro Rogério Marinho, o lançamento do edital será nesta quinta-feira (26), com transmissão ao vivo pelo YouTube do MDR [https://youtu.be/zA2PO0Uurgo]. A estimativa é de que o Governo Federal invista cerca de R$ 280,6 milhões para a construção de mais de 330 quilômetros de canais adutores, estações de bombeamento, de tratamento e de pontos de captação de água. 

O Projeto Seridó será executado em duas etapas e contém 10 trechos. O Sistema Seridó Norte captará a água no Reservatório Armando Ribeiro Gonçalves, em Jucurutu (RN). Já o Sistema Seridó Sul levará as águas do Rio São Francisco a partir do Reservatório Oiticica. O Governo do Estado do Rio Grande do Norte cedeu os estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira e ambiental e o projeto básico dos sistemas adutores. 

Ações no Rio Grande do Norte

Na transmissão ao vivo, além de dar início ao processo licitatório, o ministro também vai apresentar um balanço das ações realizadas pelo MDR este ano no Rio Grande do Norte nas áreas de habitação, segurança hídrica, saneamento, desenvolvimento regional e urbano, mobilidade urbana e defesa civil.

Fonte: Portal Grande Ponto

Deixe seu comentário

PF cumpre mandados no RN e na Bahia em operação de combate a roubos de agências dos Correios, bancos e carros-fortes

26 Nov2020

Por Jbelmont às 09h04

Mandados são cumpridos em Parnamirim e Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte, e em Simões Filho, na Bahia.


A Polícia Federal cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão no RN e na Bahia em uma operação de combate a roubos de agências dos Correios, bancos e carros-fortes. Na ação, a PF contou com apoio da Polícia Civil e Polícia Militar.

Os mandados são cumpridos em Parnamirim e Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte, e em Simões Filho, na Bahia. Ao todo são 2 mandados de prisão preventiva e 8 mandados de busca e apreensão expedidos pela 15ª Vara Federal de Ceará-Mirim.

De acordo com a Polícia Federal, as investigações tiveram início em abril deste ano quando um dos integrantes do grupo criminoso foi preso em Camaçari, na Bahia. Naquela oportunidade, foram apreendidos 6 fuzis, 49 carregadores e 1.200 munições que estavam em um veículo dirigido pelo acusado.

Os presos na operação desta quinta (26) responderão pelos delitos de organização criminosa, roubo qualificado e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

 

G1 RN

Deixe seu comentário

Brasil registra mais de 5,5 milhões de pacientes recuperados do coronavírus

25 Nov2020

Por Jbelmont às 21h29

Foto: Rogério Sousa

O Brasil registrou nesta quarta-feira (25), mais 36.829 pacientes recuperados do coronavírus, totalizando 5.512.847 pessoas curadas da doença.

O número de pessoas curadas já representa 89,4% do total de casos acumulados.

A quantidade de pessoas curadas no Brasil é onze vezes superior ao número de casos ativos (482.990), que são os pacientes em acompanhamento médico.

Deixe seu comentário

Brasil registra 620 mortos por Covid em 24 horas; média móvel de casos passa de 31 mil por dia

25 Nov2020

Por Jbelmont às 21h26

País tem 170.799 óbitos e 6.166.898 diagnósticos pela Covid-19, segundo consórcio de veículos de imprensa.

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta quarta-feira (25).

O país registrou 620 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 170.799 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 472. A variação foi de +29% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nas mortes por Covid.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 6.166.898 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 45.449 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 31.356 novos diagnósticos por dia, a maior marca desde 16 de setembro. Isso representa uma variação de +30% em relação aos casos registrados em duas semanas; também indica tendência de alta nos diagnósticos.

Doze estados apresentaram alta na média móvel de mortes: RS, SC, ES, MG, RJ, SP, GO, AC, AM, RR, CE e SE.

Desde a última quinta-feira (19), tem sido necessário relembrar o problema ocorrido no sistema nacional de registros de mortes e casos de Covid-19 do Ministério da Saúde, que teve início no dia 6 de novembro. Diversos estados relataram dificuldades de acesso ao e-SUS e divulgaram dados incompletos ou até mesmo ficaram sem atualizações diárias durante alguns dias. Foi o caso de SP, estado mais afetado pela pandemia em números absolutos, que não teve mortes registradas em 6 dos 8 dias a partir daquela data.

A ausência de atualizações e os números incompletos seguem refletindo na comparação para análise de tendência de alta, estabilidade ou queda nos óbitos por Covid, nos estados prejudicados e no Brasil. A partir de sexta-feira (27), esse impacto já não será mais tão significativo.


Também vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Tanto no Acre quanto em Roraima, por exemplo, as médias móveis mudaram de 1 para 2 em duas semanas, resultando em variação de alta de +20%. Já em Goiás, que tem a maior tendência de alta entre os estados (+154%), a média variou de 10 para 24 em duas semanas. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Brasil, 25 de novembro
Total de mortes: 170.799
Registro de mortes em 24 horas: 620
Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 472 (variação em 14 dias: +29%)
Total de casos confirmados: 6.166.898
Registro de casos confirmados em 24 horas: 45.449
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 31.356 por dia (variação em 14 dias: +30%)
(Antes do balanço das 20h, o consórcio divulgou dois boletins parciais, às 8h, com 170.194 mortes e 6.122.527 casos; e às 13h, com 170.199 mortes e 6.127.819 casos confirmados.)

Estados
Subindo (12 estados): RS, SC, ES, MG, RJ, SP, GO, AC, AM, RR, CE e SE
Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (7 estados + DF): DF, MS, PA, RO, BA, MA, PB e PE
Em queda (7 estados): PR, MT, AP, TO, AL, PI e RN
Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia).

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.321: aposta de Maceió acerta as seis dezenas e leva mais de R$ 3 milhões

25 Nov2020

Por Jbelmont às 21h16

Veja as dezenas sorteadas: 14 - 25 - 28 - 41 - 43- 46. A Quina teve 40 apostas vencedoras e cada uma leva mais de R$ 41 mil.

 



Uma aposta de Maceió (AL) acertou as seis dezenas do concurso 2.321 da Mega-Sena e vai levar R$ 3.036.906,71. O sorteio foi realizado na noite desta quarta-feira (25) no Espaço Loterias Caixa, no terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

Veja as dezenas sorteadas: 14 - 25 - 28 - 41 - 43- 46

A Quinta teve 40 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 41.215,16
A Quadra teve 2.494 apostas ganhadoras e cada uma leva R$ 944,32.
Para o próximo sorteio, que será realizado no sábado (28), o prêmio previsto é de R$ 3 milhões.

Deixe seu comentário

Jovem entra em coma após ser espancado por homens em festa de comemoração de vitória em São Miguel

25 Nov2020

Por Jbelmont às 19h44

Familiares dizem que o vendedor foi agredido por engano 


O vendedor Francisco Douglas, de 23 anos, que foi espancado por cerca de 10 homens no município de Sâo Miguel, entrou em coma após ser internado em estado grave na UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró. O caso aconteceu durante a festa de comemoração de vitória após o resultado das eleições, no último dia 15 de novembro.

Segundo familiares da vítima, o jovem foi espancado por engano durante uma confusão no meio da multidão que se reunia próximo à prefeitura da cidade. A família relatou que uma mulher havia se queixado de alguém ter passado a mão na bunda dela e Douglas negou que tivesse sido ele. Ao tentar se explicar para o marido da moça, ele e os amigos avançaram e espancaram o vendedor.

Douglas foi levado em estado grave para o Hospital Regional de Pau dos Ferros e depois foi transferido na última quinta 19, para a UTI do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, onde está em coma.

A Polícia Civil já está com as imagens do monitoramento do local das agressões para tentar identificar os autores da agressão. A delegacia de São Miguel também já iniciou o inquérito para apurar o caso.

AgoraRN

Deixe seu comentário

‘Você foi o maior de todos’, diz presidente da Argentina após morte de Maradona

25 Nov2020

Por Jbelmont às 18h37

Alberto Fernández
@alferdez
Nos llevaste a lo más alto del mundo. Nos hiciste inmensamente felices. Fuiste el más grande de todos.

Gracias por haber existido, Diego. Te vamos a extrañar toda la vida.
 
 
O governo do presidente Alberto Fernández decretou luto nacional de três dias a partir desta quarta-feira após a morte da lenda do futebol argentino Diego Maradona, aos 60 anos, após uma parada cardíaca, informou a Presidência.

“Por ocasião da morte de Diego Armando Maradona, o Presidente da Nação vai decretar três dias de luto nacional a partir de hoje”, disse em nota.

A morte de Maradona gerou comoção na política, com membros do governo, ex-funcionários e líderes de diferentes partidos rendendo homenagens ao ex-jogador de futebol nas redes.

Fernández se referiu ao craque argentino no Twitter como “o maior de todos”. “Você nos levou ao topo do mundo. Você nos fez imensamente felizes. Você foi o maior de todos”, afirmou. “Obrigado por ter existido, Diego. Sentiremos sua falta para o resto da vida.”

Enquanto o ex-presidente Mauricio Macri disse que hoje é “um dia muito triste para todos os fãs de futebol do mundo, especialmente os argentinos. As enormes alegrias que Diego nos deu serão indeléveis”, tuitou.

A vice-presidente, Cristina Kirchner, também se manifestou. “Muita tristeza… Muita. Perdemos um grande [jogador]”, publicou no Twitter. “Adeus Diego, nós te amamos muito. Grande abraço aos seus parentes e entes queridos.”

Mucha tristeza... Mucha. Se fue un grande. Hasta siempre Diego, te queremos mucho. Enorme abrazo a sus familiares y seres queridos.
 
Deixe seu comentário

Homem no interior do RN com quase 300 quilos aguarda transferência para UTI em colchão no chão de hospital

25 Nov2020

Por Jbelmont às 18h12

Foto: Cedida

Reportagem do portal G1-RN destaca que um homem de 43 anos, que pesa cerca de 300 quilos, está internado no Hospital Regional de João Câmara, município a 74 km de Natal, e precisa de um leito de UTI para estabilizar o quadro de saúde. Devido à condição de obesidade mórbida, Carlos Alberto Félix da Silva teve que ficar em um colchão no chão da unidade hospitalar, já que não existia maca adequada para suportar o peso. A família espera por uma transferência de urgência para um hospital na capital potiguar. Veja todos os detalhes AQUI no G1-RN.

Deixe seu comentário

RN registra 1.090 novos casos de coronavírus; nenhuma morte nas últimas 24 horas

25 Nov2020

Por Jbelmont às 12h57

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quarta-feira (25). Foram mais 1.090 casos confirmados, totalizando 88.064. Nessa terça-feira(24) eram 86.974 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 2.665 no total. Nenhuma morte nas últimas 24 horas e uma(01) após confirmação de exames laboratoriais de dias anteriores. Em investigação estão 407 óbitos.

Casos suspeitos somam 41.246 e descartados 212.946. Recuperados são 47.431.

Fonte: Sesap

Deixe seu comentário

Inscrições para concurso da Polícia Civil do RN começam nesta sexta-feira 27

25 Nov2020

Por Jbelmont às 09h15

Inscrições podem ser feitas até 21 de dezembro. São oferecidas 301 vagas.
Por G1 RN

Quadro da Polícia Civil no RN não é renovado há 12 anos — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi


O edital do concurso público da Polícia Civil foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta (25). São oferecidas 301 vagas, todas de nível superior. As inscrições podem ser feitas pela internet a partir de sexta-feira (27) até o dia 21 de dezembro.

A taxa de inscrição custa R$ 150 para o cargo de delegado e R$ 120 para os cargos de agente e escrivão. AS provas estão previstas para 7 de março de 2021.

São 47 vagas para delegado, 230 para agente de polícia e 24 para escrivão. Os salários são R$ 16.670,59 para delegados e R$ 4.731,90 para agente e escrivão.

O último concurso da Polícia Civil foi em 2008, e o anterior, 15 anos antes. Ou seja, em quase três décadas, só houve dois concursos público para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

Na semana passada, a Polícia Militar finalizou um curso com a formação de mais de mil soldados e anunciou uma nova turma para 2021. O último concurso havia acontecido em 2005.

Anunciado em janeiro deste ano, o concurso público da Polícia Civil previa o começo do curso de formação em agosto - para que os profissionais já fossem contratados no início de 2021. No entanto, por conta da pandemia do coronavírus, segundo o governo, o processo estava parado praticamente desde abril.

Segundo a Associação dos Delegados de Polícia Civil (Adepol), o RN deveria ter um efetivo de 5.150 servidores na área, mas atualmente conta com 1.325 vagas ocupadas - apenas 26% do ideal.

Deixe seu comentário

Operação da PF investiga desvio de dinheiro para perfuração de poços na Paraíba e RN

25 Nov2020

Por Jbelmont às 09h03

Pelo menos 15 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em João Pessoa e Araruna, na Paraíba, e em Parnamirim, no Rio Grande do Norte.



Em João Pessoa, um dos mandados de busca e apreensão é cumprido em um condomínio de luxo — Foto: Antônio Vieira/TV Cabo Branco


Pelo menos 15 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em uma operação da Polícia Federal realizada na manhã desta quarta-feira (25) em João Pessoa e Araruna, na Paraíba, e em Parnamirim, no Rio Grande do Norte. De acordo com a PF, a Operação “Poço Sem Fundo”, investiga desvio de dinheiro destinado à perfuração de poços e instalação de sistemas simplificados de abastecimento de água na Paraíba.

Em João Pessoa, policiais federais e auditores da Controladoria-Geral da União cumpriram um dos mandados de busca e apreensão em um condomínio de luxo no bairro do Altiplano. Também estão sendo cumpridos mandados no prédio do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) na capital. Pelo menos 70 policiais e sete auditores participam da ação.



Segundo as investigações da Polícia Federal, o direcionamento de contratos firmados entre as empresas investigadas, o DNOCS, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a Prefeitura de Araruna, por meio de procedimentos de licitação, envolviam o montante de cerca de R$ 54 milhões.

As irregularidades investigadas apontam para desvio de recursos destinados à implantação de sistemas de abastecimento d’água para a população carente do interior paraibano, castigada sobremaneira pelos longos períodos de estiagem.

O órgão explica que apura também a prática de superfaturamento dos contratos, atos de corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro por meio do uso de contas bancárias de empresas interpostas para dissimulação de movimentações financeiras. Quatro servidores públicos federais foram afastados das funções e tiveram os bens bloqueados, segundo a PF.

G1 RN E PB

Deixe seu comentário

Prefeitura anuncia nomes que vão compor equipe de transição

24 Nov2020

Por Jbelmont às 22h32

A Prefeitura de Mossoró anuncia a formação da equipe de transição, com o objetivo de dar transparência e facilitar o fluxo de informações para a próxima gestão que assume a chefia do Executivo Municipal.

Estão definidos os seguintes nomes: Anselmo Carvalho, consultor do Município; Pedro Almeida, secretário de Administração; Jacqueline Amaral, chefe de Gabinete; Aldo Fernandes, secretário de Planejamento; Fátima Marques, controladora do Município e Karina Ferreira, procuradora geral do Município.

A publicação da lista com os nomes da atual gestão estará disponível no Jornal Oficial de Mossoró, edição de amanhã, 25.

Deixe seu comentário

Brasil passa marca de 170 mil mortos por Covid; média móvel indica mais de 30 mil casos registrados por dia

24 Nov2020

Por Jbelmont às 20h26

País tem 170.179 óbitos e 6.121.449 diagnósticos pela Covid-19, segundo consórcio de veículos de imprensa.

O consórcio de veículos de imprensa divulgou novo levantamento da situação da pandemia de coronavírus no Brasil a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h desta terça-feira (24).

O país registrou 638 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 170.179 óbitos desde o começo da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 491. A variação foi de +54% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de alta nas mortes por Covid.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 6.121.449 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 33.445 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 30.350 novos diagnósticos por dia, a maior marca desde 20 de setembro. Isso representa uma variação de +34% em relação aos casos registrados em duas semanas, e também indica tendência de alta.

A taxa de transmissão (Rt) do novo coronavírus (Sars-CoV-2) para esta semana no Brasil é a maior desde maio, apontam dados do Imperial College de Londres, no Reino Unido.

Dez estados apresentaram alta na média móvel de mortes: RS, SC, ES, MG, RJ, SP, GO, MS, AM e CE.

Desde a última quinta-feira (19), tem sido necessário relembrar o problema ocorrido no sistema nacional de registros de mortes e casos de Covid-19 do Ministério da Saúde, que teve início no dia 6 de novembro. Diversos estados relataram dificuldades de acesso ao e-SUS e divulgaram dados incompletos ou até mesmo ficaram sem atualizações diárias durante alguns dias. Foi o caso de SP, estado mais afetado pela pandemia em números absolutos, que não teve mortes registradas em 6 dos 8 dias a partir daquela data.

A ausência de atualizações e os números incompletos seguem afetando a comparação para análise de tendência de alta, estabilidade ou queda nos óbitos por Covid, nos estados prejudicados e no Brasil. A partir de sexta-feira (27), esse impacto já não será mais tão significativo.Também vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.


Também vale ressaltar que há estados em que o baixo número médio de óbitos pode levar a grandes variações percentuais. Os dados de médias móveis são, em geral, em números decimais e arredondados para facilitar a apresentação dos dados.

Brasil, 24 de novembro
Total de mortes: 170.179
Registro de mortes em 24 horas: 638
Média de novas mortes nos últimos 7 dias: 491 (variação em 14 dias: +54%)
Total de casos confirmados: 6.121.449
Registro de casos confirmados em 24 horas: 33.445
Média de novos casos nos últimos 7 dias: 30.350 por dia (variação em 14 dias: +34%)
(Antes do balanço das 20h, o consórcio divulgou dois boletins parciais, às 8h, com 169.541 mortes e 6.088.031 casos; e às 13h, com 169.569 mortes e 6.090.197 casos confirmados.)

Estados
Subindo (10 estados): RS, SC, ES, MG, RJ, SP, GO, MS, AM e CE
Em estabilidade, ou seja, o número de mortes não caiu nem subiu significativamente (10 estados + DF): DF, MT, PA, RO, BA, MA, PB, PE, PI, RN e SE
Em queda (6 estados): PR, AC, AP, RR, TO e AL
Essa comparação leva em conta a média de mortes nos últimos 7 dias até a publicação deste balanço em relação à média registrada duas semanas atrás (entenda os critérios usados pelo G1 para analisar as tendências da pandemia).

Deixe seu comentário

FUTEBOL Morre aos 69 anos o jornalista Fernando Vannucci

24 Nov2020

Por Jbelmont às 20h16

Profissional teve passagem pela Globo e cobriu seis Copas do Mundo

Morreu nesta terça-feira em São Paulo, aos 69 anos, o jornalista Fernando Vannucci. Locutor, apresentador e comentarista esportivo, Vannucci deixa quatro filhos. A causa da morte foi infarto. Velório e sepultamento devem ocorrer no Rio de Janeiro (assista acima homenagens a Fernando Vannucci).

O jornalista passou mal pela manhã, socorrido pela empregada e levado ao Pronto Socorro Central de Barueri, na Grande São Paulo. No entanto, não resistiu.

Vannucci já havia sofrido um infarto em 2019 e colocado um marca-passo. Desde então, tinha a saúde comprometida.

Nascido em Uberaba, no Triângulo Mineiro, Fernando Vannucci trabalhou na Globo Minas entre 1973 e 1977. Em seguida, passou a trabalhar no Rio de Janeiro, apresentando diversos programas, como Globo Esporte, RJTV, Esporte Espetacular, Jornal Nacional, Jornal Hoje e Fantástico.

G1

Deixe seu comentário

Taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil é a maior desde maio, aponta Imperial College

24 Nov2020

Por Jbelmont às 15h30

Índice que mede o ritmo de contágio (Rt) passou de 1,10, em 16 de novembro, para 1,30 no balanço divulgado nesta terça-feira (24).

A taxa de transmissão (Rt) do novo coronavírus (Sars-CoV-2) para esta semana no Brasil é a maior desde maio, apontam dados do Imperial College de Londres, no Reino Unido. A atualização da estimativa foi divulgada nesta terça-feira (24) e se refere à semana que começou na segunda (23).

O relatório mostra que o índice está em 1,30. Isso significa que cada 100 pessoas contaminadas transmitem o vírus para outras 130 pessoas. Pela margem de erro das estatísticas, essa taxa pode ser maior (Rt de até 1,45) ou menor (Rt de 0,86). Nesses cenários, cada 100 pessoas com o vírus infectariam outras 145 ou 86, respectivamente.

CONTINUAR LENDO AQUI

Deixe seu comentário

Fátima abre Mossoró Oil & Gas Expo e V Fórum Onshore Potiguar

24 Nov2020

Por Jbelmont às 14h45

Fátima diz garantir ambiente de negócios para cadeia do petróleo no RN (Foto: : Elisa Elsie)

A cadeia de petróleo e gás representa um dos principais braços econômicos do Rio Grande do Norte. Para discutir o momento do setor no estado e o futuro dos investimentos, a governadora Fátima Bezerra esteve nesta segunda-feira (23) no Mossoró Oil & Gas Expo e V Fórum Onshore Potiguar, o maior evento do país na área, organizado pela RedePetro RN e pelo Sebrae-RN.

Durante seu discurso, que fechou a solenidade de abertura do evento, a governadora destacou os planos de desinvestimentos da Petrobras no RN, que incluem até a refinaria Clara Camarão, em Guamaré. Por determinação da governadora foi criado um grupo de trabalho envolvendo o Governo do Estado e a Petrobras para discutir a situação da venda de ativos da empresa no estado.

“Mais do que nunca um Fórum como esse é uma excelente oportunidade para a gente aprofundar o debate entre a Petrobras, o Governo do Estado e a iniciativa privada. Entendo que o modelo mais adequado era o modelo híbrido. Mas, nesse cenário de mudança, enquanto essas novas empresas não se instalarem, a Petrobrás tem que manter os níveis de produção para garantir empregos, arrecadação de ICMS e royalties”, afirmou Fátima, perante um público seleto de especialistas do setor de petróleo e gás.

A chefe do Executivo aproveitou ainda para reforçar o clima de parceria entre o poder público estadual e a iniciativa privada, especialmente com relação às novas empresas que se instalaram recentemente no RN após comprarem os campos maduros terrestres de exploração de petróleo. “Não estamos medindo esforços para que tenhamos um ambiente favorável aos negócios aqui no RN. Temos os investimentos em curso da PetroReconcavo, da Empresa Potiguar e da Associação Brasileira dos Produtores Independentes. Estamos sendo proativos e parceiros na celeridade e eficiência do licenciamento ambiental para que os investimentos dessas empresas já se iniciassem aqui em Mossoró, como foram iniciados”, destacou ela.

O RN continua sendo o maior produtor de petróleo em terra do Brasil e o sexto na produção nacional. Com os novos investimentos nos campos maduros, existe a perspectiva de aumento de produção de petróleo que hoje está em 35 mil barris/dia.

PRODUÇÃO DE GÁS

Outra questão discutida no evento em Mossoró diz respeito à produção de gás no Estado. Desde o ano passado, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e a Potigás tratam com a Petrobrás da liberação do acesso das empresas privadas à Unidade de Processamento de Gás Natural (UPGN) de Guamaré. Há estimativas de que a medida pode diminuir o preço do gás natural em até 30%.

Para Fátima Bezerra, é vital que as empresas tenham acesso à UPGN, ampliando a produção e reduzindo o preço para os mais de 28 mil clientes da Potigás. “Estamos cobrando da Petrobras que isso seja resolvido o quanto antes. Fomos ao Rio de Janeiro, tivemos uma boa reunião com a Petrobras e também com a ANP. Esperamos que essa situação seja resolvida o quanto antes”, comentou a governadora.

O Mossoró Oil & Gas Expo e V Fórum Onshore Potiguar seguem até o dia 26, com discussões e reuniões por videoconferência que devem reunir cerca de três mil participantes e 60 empresas fazendo negócios.

Estiveram presentes na solenidade o senador Jean-Paul Prates (presença virtual), a deputada estadual Isolda Dantas, o Diretor-Geral da ANP, Raphael Moura (presença virtual), o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Jaime Calado, o secretário Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis, José Mauro, a reitora da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), Ludimilla Oliveira, o secretário de desenvolvimento econômico de Mossoró, Lahyre Rosado Neto, a diretora-presidente da Potigás, Larissa Dantas, o presidente da RedePetro RN, Gutemberg Dias, o superintendente do Sebrae-RN, Zeca Melo, o vice-presidente da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Petróleo e Gás (ABPIP), Marcelo Magalhães, a presidente da Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP), Karine Fragoso, o vice-presidente da Federação das Indústrias do RN (Fiern), Vilmar Pereira, e a diretora da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Heloísa Borges. 

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +