PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO MOSSORÓ CIDADE JUNINA 2019

12 Jun2019

Por Jbelmont às 13h54

Programação do São João 2019 de Mossoró 


- Pingo da Mei Dia 8: Saia Rodada e Renno
- Dia 13: Wesley Safadão e atração regional
- Dia 14: Dorgival Dantas, Lagosta Bronzeada e Waldonys
- Dia 15: Mastruz com Leite, Toca do Vale.
- Dia 21: Brasas do Forró, Israel Novaes
- Dia 22: Fagner, Junior Vianna
- Dia 23: Alceu Valença + atração regional
- Dia 27: Cavaleiros do Forró, Gabriel Diniz
- Dia 28: Bonde do Brasil, Naiara Azevedo
- Boca da Noite: Elba Ramalho, Municipal Santos, Tuca Fernandes

Deixe seu comentário

Hermano anuncia que vai deixar o MDB

12 Jun2019

Por Jbelmont às 13h38

Em entrevista à jornalista Anna Ruth Dantas na 94 FM e repercutida pela edição impressa desta Tribuna do Norte, o deputado estadual Hermano Morais confirmou que pedirá desfiliação do MDB, partido ao qual está filiado desde 29 de setembro de 2005.

“Meu sentimento é de buscar um novo rumo partidário, estou solicitando ao partido a minha liberação, para que assim possa fazer uma nova opção”, disse Hermano.

Deixe seu comentário

Hospital Wilson Rosado ameaça suspender serviços do SUS

12 Jun2019

Por Jbelmont às 10h03

 

O Hospital Wilson Rosado, em Mossoró, informou que vai suspender o atendimento da UTI pediátrica e as cirurgias eletivas que ocorrem por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) no local. O motivo da suspensão é, segundo o próprio hospital, uma dívida de R$ 15 milhões, devido à falta de repasse do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM).

Desse valor total, 60% é referente ao débito do Governo do Estado e os 40% seriam o débito do Município. Ainda de acordo com o Hospital Wilson Rosado, a dívida da PMM ocorre porque há dois anos, o Município não paga a complementação dos serviços. O HWR afirma que há 60 dias o Governo do Estado pagou o “tcep” (cooperação entre Estado e Município, em que o Estado complementa com 60%), mas até ontem (11) o repasse não foi feito pelo Município.

O comunicado feito pelo hospital informa que os atendimentos da UTI pediátrica devem ser suspensos ainda nesta semana, caso não seja feito nenhum repasse por parte do Estado e do Município. Informou ainda que a previsão é de que as cirurgias ortopédicas e cardíacas também sejam suspensas, mas na próxima semana. Apenas as cirurgias oncológicas serão mantidas, até segunda ordem, uma vez que o hospital entende os problemas gerados com a suspensão desse serviço.

“Em razão das nossas dificuldades, da exaustão financeira do HWR, resolvemos tomar algumas providências: 1) suspensão do atendimento da UTI pediátrica, ainda nesta semana; 2) suspensão das cirurgias cardíacas na próxima semana, após comunicar aos profissionais; 3) suspensão das cirurgias ortopédicas na próxima semana; 4) as cirurgias oncológicas serão mantidas até segunda ordem, pois entendemos que sua suspensão gera danais irreparáveis”, informava a nota emitida pelo Hospital Wilson Rosado.

A reportagem do JORNAL DE FATO entrou em contato com as Secretarias Municipal e Estadual de Saúde para averiguar soluções para esse problema. Até o fechamento desta edição, apenas a Secretaria Municipal de Saúde respondeu a reportagem, informando que tem conhecimento sobre um débito com o HWR, mas que não conseguia ter os números exatos neste primeiro momento. A Secretaria de Saúde disse ainda que não foi comunicada sobre a decisão do hospital de suspender os serviços, que são essenciais para o funcionamento do SUS.

“A Secretaria não foi comunicada sobre a decisão de Hospital Wilson Rosado sobre a suspensão dos serviços. Existe realmente um débito, mas não tenho como afirmar sobre o valor exato, porque dependo de números, que foram solicitados, mas ainda não chegaram. Vale lembrar que a maior parte da dívida é do Governo do Estado”, informou a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde.

PAM do Bom Jardim deverá realizar cerca de 800 exames por mês

Após um trabalho intenso da Secretaria de Saúde na busca por sempre ofertar bons serviços na rede municipal, mesmo com dificuldades de todas as ordens, os exames de raios-X voltam a acontecer no Centro Clínico Professor Vingt-un Rosado (Pam do Bom Jardim). A partir desta semana, as Unidades Básicas de Saúde já estão podendo agendar os exames radiográficos.

Enquanto o equipamento de raios-X estava em manutenção, a população não estava sendo prejudicada porque o Município contratou o Instituto de Mama para auxiliar na realização desses exames. A secretária de Saúde, Saudade Azevedo, visitou o equipamento de raios-X do PAM para conferir o serviço e ouvir a opinião dos técnicos, que afirmaram estar satisfeitos com o trabalho. Saudade reforçou que vinha trabalhando desde que chegou a Mossoró para melhorar esse serviço.

“Colocar o equipamento de raios-X do PAM para funcionar foi um grande desafio. Mas eu gosto de desafios. Eu queria ter resolvido essa situação há muito tempo, mas não foi tão fácil. Quem está fora, pode pensar que sim, mas quem vive o SUS, sabe dos desafios”, afirmou Saudade.

Desde a última semana do mês de maio que o equipamento de raios-X estava consertado, mas por uma questão de zelo e responsabilidade com o mossoroense, a Secretaria de Saúde preferiu deixar esses dias de teste para ter certeza que o aparelho está apto a funcionar. Agora, por mês, vai ser possível realizar uma média de 800 exames radiográficos.

Para que o equipamento de raios-X pudesse funcionar de fato, a Secretaria de Saúde teve de trocar toda a rede elétrica do PAM do Bom Jardim, uma vez que a anterior não suportava o pique de atendimento e acabava por danificar o aparelho. Também colocou um ar-condicionado novo na sala do equipamento. De acordo com o Setor de Manutenção, a nova rede tem mais condições técnicas para assegurar uma constância e qualidade no fornecimento de energia elétrica.

DeFato VIA Rede NEWS 360

Deixe seu comentário

Bandidos explodem caixa do Banco do Brasil no Alecrim Natal

12 Jun2019

Por Jbelmont às 08h28

Crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (12). Alvo foi a agência do Banco do Brasil do Alecrim, no cruzamento das avenidas Jaguarari com a Presidente Bandeira.

 

Agência alvo dos bandidos fica no cruzamento das avenidas Jaguarari com a Presidente Bandeira — Foto: Klênyo Galvão/Inter TV Cabugi 



Bandidos explodiram um caixa eletrônico dentro da agência do Banco do Brasil que fica no bairro Alecrim, na Zona Leste de Natal. Segundo a Polícia Militar, a explosão aconteceu por volta das 3h30.

A agência alvo dos bandidos fica no cruzamento das avenidas Jaguarari com a Presidente Bandeira.

A PM disse que, apesar dos estragos, os criminosos não conseguiram levar o dinheiro.

Deixe seu comentário

80º Homicidio em Mossoró 2019: Pintor é morto a tiros em via pública no Bairro Belo Horizonte

12 Jun2019

Por Jbelmont às 08h18

Mossoró na região Oeste Potiguar registra mais um Homicídio, o 80° do ano de 2019. O crime aconteceu no início da manhã desta quarta-feira 12 de junho, na Rua Padre Freire, nas proximidades da UPA no bairro Belo Horizonte.

Um homem aparentemente jovem conhecido como Fernando morador do bairroVista, foi executado a tiros em via pública.

A vítima trafegava de bicicleta em direção ao trabalho quando foi alvejada com tiros na cabeça e morreu no local.

PM isola o local

Veja  também

Cearense é presa pela Polícia Federal tentando aplicar fraude contra o INSS em Mossoró RN




A Polícia Federal prendeu em flagrante nesta terça-feira, 11 de junho, em Mossoró, Região Oeste Potiguar, uma mulher, cearense, de 68 anos, acusada de requerer benefício assistencial junto ao INSS agência local utilizando documentação falsa.

Durante o seu interrogatório, a suspeita, que não teve o nome divulgado, declarou não ter residência fixa e que os documentos que estavam em seu poder quando foi presa haviam sido repassados por “um desconhecido”.

Autuada pelo cometimento dos crimes de tentativa de estelionato e uso de documento falso, ela foi encaminhada ao Complexo Penal Estadual Agrícola Dr. Mário Negócio, onde se encontra à disposição da Justiça.

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte

 

Do Fim da Linha

Deixe seu comentário

Governadores apresentam condições para apoiar reforma da Previdência

11 Jun2019

Por Jbelmont às 21h23

Os 25 chefes de governos estaduais que participaram da 5ª Reunião do Fórum de Governadores condicionaram o apoio à reforma da Previdência à exclusão, no texto final da matéria, dos pontos relativos à previdência rural, ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), à desconstituicionalização e à criação de um regime de capitalização do benefício.

Alguns governadores disseram que o apoio dependerá ainda da inclusão de pontos relativos à redução, de 60 para 55 anos, da idade mínima para a aposentadoria de professoras e da eliminação de alguns privilégios dados a policiais militares.

Na avaliação do governador de São Paulo, João Doria, a reunião foi positiva. Ele disse que houve “gestos de boa vontade e entendimento” por parte do relator da reforma da Previdência na Câmara, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

“O relator se mostrou sensível aos pontos apresentados pelos governadores, que se manifestarão favoravelmente [à reforma] caso esses pontos sejam analisados e incorporados pelo relator no texto final”, disse Doria, referindo-se às propostas apresentadas no sentido de excluir pontos do texto relativos à previdência rural, ao BPC, à capitalização e à desconstitucionalização. Por essa proposta, parte da legislação na área passaria a se dar por meio de leis complementares, que podem ser aprovadas por quórum menor e tramitação facilitada no Congresso, quando comparadas a uma proposta de emenda à Constituição (PEC).

Doria reforçou que a manutenção de estados e municípios na reforma é ponto de consenso entre os governadores. “Não houve nenhuma manifestação contrária à inclusão [desses entes federativos], mas não basta dizer ser favorável se não transformarmos isso em votos nas bancadas”, disse o governador paulista ao informar que será proposto em seu partido, o PSDB, o fechamento de questão a favor da aprovação da reforma.

“Teve também a inclusão de dois outros pontos relacionados às polícias militares e ao magistério, com destaque ao tema da idade das mulheres professoras [que estão na ativa]”. Segundo Doria, “houve também sensibilidade do relator para analisar esses temas”.

De acordo com o governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha, a ideia é ter transição para as professoras que já têm alguns requisitos da aposentaria formulados, reduzindo de 60 para 55 anos a idade mínima delas, “que são a maioria que está nas salas de aulas”.

Com relação à aposentadoria de policiais militares, Ibaneis disse que a proposta dos governadores é a de “eliminar privilégios”. “Hoje temos policiais militares se aposentando com 45 anos, o que torna [a Previdência] inviável, porque pagamos muito mais a aposentados e pensionistas do que para quem está na ativa.”

O governador do DF disse que, mesmo que haja uma transição, a ideia é aumentar a idade para a aposentadoria de policiais militares, agentes penitenciários e do Corpo de Bombeiros. Durante a reunião, alguns governadores sugeriram uma espécie de “válvula de escape”, para o caso daqueles que não queiram adotar as regras relativas a essas três categorias. “Dessa forma, seria possível ao governador do estado encaminhar, à assembleia legislativa, um projeto pedindo a retirada da proposta.”

“Essas questões são importantes para todos os estados, porque se não tiver o benefício continuado nós teremos pobres em todo local o país. Quem vai cuidar dessas pessoas são estados e municípios. Não adianta fazer uma reforma que não tenha efeito na previdência dos estados”, acrescentou, ao reforçar a proposta de incluir estados e municípios na redação final da proposta.

Os governadores vão aguardar a reunião de bancadas, a proposta do relator e o encaminhamento para confirmar que as sugestões por eles apresentadas serão consolidadas pelo relator da matéria.

Oposição

O governador do Piauí, Wellington Dias, também avaliou positivamente a reunião e antecipou que acredita no apoio de parlamentares de seu partido, caso todos os pontos defendidos pelos governadores sejam acatados pelo relator. “Meu partido e outros partidos têm uma posição de que o Brasil precisa encontrar uma regra que dê equilíbrio à Previdência. Temos de trabalhar tendo consciência de que não estamos começando do zero.”

Para o governador, o encontro de hoje foi diferente de outros porque teve avanços. “Hoje conseguimos retirar o bode da sala”, afirmou. “Tivemos pela primeira vez posição firme de o relator retirar a parte relativa a BPC, trabalhadores rurais e, pela primeira vez, a possibilidade de retirar a parte relacionada à redação que ficou sobre capitalização, que coloca o benefício a critério do que seria a regra de mercado e passa ter uma regra que já é da cultura brasileira, que é a da partilha, onde é feita a aplicação, mas com o objetivo de atingir um benefício definido”, completou.

Ele defendeu ainda outras medidas para aumentar as fontes de arrecadação. “Diante disso [nós, do meu partido] propomos que, além da contribuição do lado laboral, tem de ter outras fontes de receita, a partir da cobrança de sonegadores. E temos necessidade de [que] receitas novas, como as de gás e petróleo, sirvam para cobrir o déficit da Previdência. Os próprios estados têm pedido autorização de receitas que já são nossas, como Imposto de Renda de Pessoa Fisica, para ser utilizada para cobrir esse déficit. Aí sim é possível alcançar o [montante de] R$ 1 trilhão que está prometido como parâmetro para essa reforma.”

Dos 27 governadores, 25 estavam presentes na reunião, que contou com a participação do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ); do presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, Marcelo Ramos (PL-AM); do relator do projeto, Samuel Moreira (PSDB-SP); e do secretario especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, Rogério Marinho.

Os únicos estados que não foram representados por seus governadores foram o Amazonas e o Maranhão. O próximo encontro de governadores foi marcado para o dia 6 de agosto.

Agência Brasil

Deixe seu comentário

NA EDIÇÃO DO "PINGO DA MEI DIA" 2019. COMANDO DA PM DE MOSSORÓ COMEMORA. "FOI TUDO MUITO TRANQUILO".

11 Jun2019

Por Jbelmont às 19h38


O Major Maximiliano Luiz, postou um agradecimento, à todos que fazem a Segurança Pública do Rio Grande do Norte. Segundo dados do Comandante do 2º BPM (Batalhão de Polícia Militar de Mossoró), e Polícia Civil, a edição de 2019 do "Pingo de Mei Dia", foi mais uma vez tranquila.

Com público estimado em mais de 90 mil pessoas, um planejamento de segurança bem elaborado, resultou no sucesso absoluto. Aos que ao invés de estarem brincando o Pingo, estavam mantendo a ordem com maestria. Parabéns! Major Maximiliano Luiz. Leia na íntegra>

"Graças ao apoio de todos os órgãos de segurança, e do show de organização por parte da PMRN, tivemos mais um "Pingo da Mei Dia" sem ocorrências de grandes destaques. Apesar do público estimado em aproximadamente 90 mil pessoas.

Agradecer a Governadora do Estado, professora Fátima, a Prefeita de Mossoró, Dra. Rosalba Ciarlini, ao Cmt Geral da PMRN, Cel Alarico, ao Cmt do CPI, Cel Elyause Moreira, ao Cmt do CPR1, Cel Alvibá Gomes Ferreira, e a todos os oficiais e praças que trabalharam incansavelmente no dia do evento, pelo apoio na execução do planejamento da PMRN através do 2º BPM". 


Deixe seu comentário

Comissão aprova crédito de R$ 248 bi ao governo após acordo: Pagamentos a idosos e pessoas com deficiência estão garantidos:

11 Jun2019

Por Jbelmont às 17h01

Após acordo entre os partidos, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional aprovou nesta terça-feira (11) um projeto de lei que autoriza um crédito extra de R$ 248,9 bilhões ao Executivo federal, a ser obtido com a emissão de títulos do Tesouro Nacional.

Pelo projeto, o governo Jair Bolsonaro poderá contrair dívidas para pagar despesas correntes, como salários e benefícios sociais, sem descumprir a chamada "regra de ouro".

Esse mecanismo constitucional veda o Executivo de se endividar com a emissão de títulos para custear contas do dia a dia. A única exceção é se houver a autorização do Congresso Nacional. Caso contrário, o presidente da República pode ser enquadrado no crime de responsabilidade fiscal, que pode embasar um pedido de impeachment.

A votação na comissão só foi viabilizada depois de o governo ceder a algumas demandas de diferentes partidos, incluindo de oposição, que, em contrapartida, concordaram em não obstruir os trabalhos do colegiado.

Foram cerca de duas horas de negociação a portas fechadas em uma sala ao lado do plenário da comissão.

Nesse meio tempo, o relator do projeto de lei, Hildo Rocha (MDB-MA), e a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), chegaram a deixar o local para se reunirem com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, no Palácio do Planalto para apresentar os pleitos dos parlamentares.

Segundo Hasselmann, o governo se comprometeu a:

liberar para a educação R$ 1 bilhão dos recursos que hoje estão contingenciados;
destinar R$ 1 bilhão para o programa habitacional Minha Casa, Minha Vida;
enviar R$ 550 milhões para as obras de transposição do Rio São Francisco;
liberar 330 milhões para bolsas de estudo do CNPQ.
A aprovação do parecer de Hildo Rocha, porém, não foi unânime. PT e PCdoB manifestaram apoio a um voto em separado apresentado pelo senador Angelo Coronel (PSD-BA), que propunha a autorização de um valor menor do que o governo havia pedido: R$ 146,7 bilhões, em vez dos R$ 248,9 bilhões.

Agora, a expectativa é de que o projeto de lei seja analisado ainda na tarde desta terça em uma sessão conjunta do Congresso Nacional.

Antes, porém, os parlamentares precisarão terminar de analisar no plenário os vetos presidenciais que trancam a pauta do plenário para só então votarem o projeto de crédito.

No sábado (8), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que terá de suspender, a partir do dia 25 de junho, o pagamento de benefícios a idosos e pessoas com deficiência caso o Congresso não aprove o projeto que libera crédito extra.

Bolsonaro fez a afirmação em uma rede social e acrescentou que, se a proposta não for aprovada pelos parlamentares, outros programas podem ficar sem recursos nos próximos meses.

Ele citou o Bolsa Família, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e o Plano Safra. "Acredito na costumeira responsabilidade e patriotismo dos deputados e senadores na aprovação urgente da matéria", afirmou Bolsonaro. G1

Deixe seu comentário

“Não são esses hackers que irão derrubar Moro”; colunista do Estadão enumera exemplos dos que julgam ou criticam

11 Jun2019

Por Jbelmont às 12h37

“Cá para nós, nem chega a ser surpresa o trabalho e o esforço conjunto de Moro, procuradores, delegados e agentes da Receita Federal para chegar a um resultado espetacular: a maior e mais bem-sucedida operação de combate à corrupção de que se tem notícia”, diz Eliane Cantanhêde.

“E as idas de ministros do Supremo a palácios presidenciais, cervejadas de advogados com procurador-geral da República, visitas ‘de improviso’ de advogados de Lula ao ministro da Justiça? Sem falar na intensa troca de mensagens de todos com todos (…).

Não são esses hackers e as mensagens que saíram até agora que irão derrubar Sergio Moro. Muito menos do pedestal na opinião pública.

Como bem disse Fernando Henrique Cardoso ontem, houve ‘comentários impróprios’, mas o resto é ‘tempestade em copo d’água’”.

O Antagonista com Estadão

Deixe seu comentário

TCE-RN determina ressarcimento ao erário de R$ 1,3 milhão no município de Serra de São Bento

11 Jun2019

Por Jbelmont às 12h07

Foto: TCE-RN 


A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou que o ex-prefeito de Serra de São Bento, Francisco Erasmo de Morais, devolva ao erário R$ 1,3 milhão em virtude de irregularidades na prestação de contas do Município relativas ao ano de 2010. Fiscalização realizada pela Diretoria de Administração Municipal identificou falhas na prestação de contas de licitações, contratos, obras de engenharia, educação e saúde.

Segundo os termos do voto do conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes, acatado pelos demais membros da Primeira Câmara, não foram justificados gastos de R$ 1,1 milhão provenientes do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica, além de R$ 214 mil em combustíveis e manutenção de veículos sem a identificação dos beneficiados. A DAM identificou também irregularidades na contratação de assessoria contábil e jurídica, despesas sem licitação, entre outras irregularidades.

“Com efeito, mais do que a confiabilidade dos elementos que compõem as contas em si, a doutrina e a jurisprudência exigem a prova da correta aplicação dos recursos públicos, prova essa que fica absolutamente comprometida ante a omissão do gestor em prestá-las”, apontou o conselheiro no voto.

Em relação aos recursos do Fundeb, foi demonstrado que, no ano de 2010, o município de Serra de São Bento não investiu o percentual obrigatório dos recursos para pagamento de professores. “Sucede que essa conduta, de não respeitar o limite mínimo de 60% na destinação de recursos para o pagamento da remuneração dos profissionais de magistério, evidencia que houve desvio de finalidade, vez que não se respeitou o objetivo específico previsto na Constituição Federal e na lei ordinária regulamentadora do Fundeb”, relata o conselheiro.

Além disso, o ex-prefeito foi condenado a pagar multas que correspondem a cerca de R$ 53,9 mil, com valores a serem corrigidos. O TCE emitiu também parecer prévio pela inclusão de Francisco Erasmo de Morais em lista a ser encaminhada à Justiça Eleitoral e enviou representação para que o Ministério Público Estadual investigue possível prática de improbidade administrativa.

TCE-RN

Deixe seu comentário

Xand Avião, Zezé di Camargo e Luciano e Simone e Simaria são atrações desta semana no São João de Natal

11 Jun2019

Por Jbelmont às 11h44

César Menotti e Fabiano, Genival Lacerda, Roberto do Acordeon e Zé Hilton do Acordeon também fazem shows gratuitos na capital. Programação vai de quarta (12) a domingo (16) na Arena das Dunas.

Xand Avião é atração do São João nesta quarta-feira (12) — Foto: Elias Dantas/Ag. Haack 



A partir desta quarta-feira (12), Natal entra na rota de artistas nacionais que se apresentam no São João da capital potiguar. Os shows acontecem até o domingo (16), de forma gratuita, na estrutura montada na área externa da Arena das Dunas, na zona Sul da capital. Na Zona Norte, acontece o tradicional Festival de Quadrilhas.

No palco principal da área externa da Arena das Dunas, as atrações programadas pela Prefeitura de Natal têm início nesta quarta (12), com shows de Zé Hilton do Acordeon, Genival Lacerda e Xand Avião.

Zezé Di Camargo e Luciano — Foto: Mayara Corrêa/G1

Zezé Di Camargo e Luciano — Foto: Mayara Corrêa/G1

No dia 13 (quinta), as atrações são Rodolfo Lopes, Pedro e Erick e Zezé de Camargo e Luciano.

Na sexta-feira (14), sobem ao palco os sertanejos César Menotti e Fabiano, além de Alexandre Moreira e Banda, Forró Meirão e Luizinho Calixto.

Já no dia seguinte (sábado, 15) quem sobe ao palco é a dupla Simone e Simaria, além de Roberto do Acordeon e Joquinha Gonzaga. Já o Cavaleiros do Forró, Banda Saia Rodada e Banda Rojão embalam os forrozeiros no domingo dia 16.

Simone e Simaria — Foto: Ariel Martini/Divulgação

Festival Gastronômico
O Festival Junino de Natal também começa nesta quarta-feira (12) e vai até o dia 24. Já a Mostra Cultural de Natal começa na segunda (17), na próxima semana. Com forró e comidas típicas, o Festival de Quadrilhas Juninas no pavilhão da Arena começa na terça-feira (18).

A programação do Coreto do Festival Gastronômico de Natal será uma ode ao forró clássico pé de serra. Na terça-feira (17) se apresentam trios de forró. Na quarta (18), bandas Fuxico de Feira e o festival “Faz Mais Elino – 2º Concurso de Marchinhas Juninas”. A noite encerra com a homenagem a Elino Julião na voz de Galvão Filho e show de Carlos Zens.

No dia 19, a atrações do coreto são Forró Na Manha, Luizinho Nobre. No dia (20), Messias Paraguai sobe ao palco e terá como convidado o cantor Carlos Alexandre Jr. A noite ainda terá Cebola Ralada.

Na sexta-feira (21), se apresentam o Quarteto Linha no Forró e Gisele Alves. No sábado (22), tem Leão Neto e Jaina Elne. Por fim, no domingo, é a vez do São João das Crianças, a partir das 17h, com shows de Nara Costa e Forró Estribado. Na segunda-feira, véspera de São João, tem Trio Trancelim e cantora Mônica Jucá em forró das antigas.

Quadrilhas
O XXXI Festival de Quadrilhas Juninas de Natal e o festival de música Forraço aportam da quinta-feira (13) ao domingo (16) na Área externa do Ginásio Nélio Dias, zona Norte da capital. Além das apresentações das grandes quadrilhas, o espaço receberá atrações musicais que valorizam a música nordestina de raiz, como a Orquestra Sanfônica do Museu do Vaqueiro e o forrozeiro Kanelinha (14). Além de Banda Detroit (17) e Papel Gomes e Crys Holanda (18).

São João de Natal 2019
Arena das Dunas

Quarta-feira (12)

Zé Hilton do Acordeon - AL
Genival Lacerda
Xand Avião
Quinta-feira (13)

Forró Meirão
Pedro e Erick
Zezé di Camargo e Luciano
Sexta-feira (14)

Alexandre Moreira e Banda
Luizinho Calixto
César Menotti e Fabiano
Sábado (15)

Roberto do Acordeon
Joquinha Gonzaga
Simone e Simaria
Domingo (16)

Banda Rojão
Saia Rodada
Cavaleiros do Forró

 

G1

Deixe seu comentário

STF deve julgar pedido de liberdade do ex-presidente Lula nesta terça-feira

11 Jun2019

Por Jbelmont às 08h05

Processo estava em julgamento em abril no plenário virtual, mas foi interrompido por um pedido de vista do ministro Gilmar Mendes


BRASÍLIA – Foi incluído na pauta de julgamentos desta terça-feira da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal ( STF ) um pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva . O processo estava em julgamento em abril no plenário virtual, um mecanismo em que os ministros postam os votos em um sistema eletrônico, sem a necessidade do encontro físico. O ministro Gilmar Mendes pediu vista, para transferir o caso para o julgamento no plenário físico da Segunda Turma.

Nesta segunda-feira, o processo foi incluído na pauta de julgamentos de terça-feira pelo relator da Lava-Jato no STF, ministro Edson Fachin.

No recurso, a defesa de Lula contesta uma decisão do ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). No ano passado, Fischer rejeitou um pedido de absolvição de Lula no processo do triplex do Guarujá, que motivou a prisão do ex-presidente. Segundo os advogados, Fischer não deveria ter julgado o caso sozinho, e sim levado a discussão para a Quinta Turma do STJ, que conduz a Lava-Jato.G1

Deixe seu comentário

Polícia Civil registra mais de 100 boletins de ocorrência na abertura do São João de Mossoró

11 Jun2019

Por Jbelmont às 07h50

 

Maioria das ocorrências foi de furto de celulares. Quatro pessoas foram presas suspeitas de assaltos em série. PM considerou festa tranquila e trabalho de segurança bem feito.

Mais de 100 boletins de ocorrência foram registrados pela Polícia Civil durante e após o Pingo da Meio Dia, festa ocorrida no sábado (8) e que anualmente marca a abertura oficial do São João de Mossoró, um dos mais tradicionais do Rio Grande do Norte. Para a Polícia Militar, diante do público estimado de aproximadamente 100 mil pessoas, o trabalho de segurança foi considerado tranquilo e bem feito.

A Polícia Rodoviária Federal divulgou que prendeu quatro suspeitos de assaltos, crimes que teriam sido cometidos durante o festejo. Os quatro foram detidos na noite do sábado, e estavam em um HB20. O grupo foi abordado após tentar escapar de uma blitz realizada na BR-304. A PRF seguiu o veículo e flagrou o momento em que os suspeitos arremessaram vários aparelhos celulares pela janela do carro.

Após o HB20 ser interceptado, os ocupantes e o carro foram revistados, sendo encontrados vários outros celulares, além de outros objetos que os policiais acreditam terem sido furtados ou roubado, como relógios de luxo, carteiras, 600 reais em dinheiro e uma pequena quantidade de maconha.

Intensa movimentação
Os quatro presos foram levados para a Delegacia de Plantão de Mossoró, onde foi intensa a movimentação. Em razão da festa, cerca de 46 boletins de furtos foram registrados no sábado.

Já na Delegacia Móvel da Polícia Civil, que funcionou em um ônibus estacionado na Avenida Rio Branco, somente durante o Pingo da Meio Dia foram registrados 65 BOs, todos também relacionados a furtos de celulares e outros pertences.

G1

Deixe seu comentário

Governo do Estado desiste de fechar o Hospital Ruy Pereira

10 Jun2019

Por Jbelmont às 22h09

O Governo do Estado recuou da ideia inicial de fechar o Hospital Ruy Pereira, após uma série de protestos vindos de vários setores da sociedade.

Segue a íntegra do release encaminhado pela Assessoria de Comunicação do Governo do RN:

O Governo do Estado reuniu nesta segunda-feira, 10, o secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia, o secretário adjunto de Saúde, Petrônio Spinelli, e técnicos da pasta, e tomou a decisão de manter as atividades do Hospital Ruy Pereira. Ficou definido que será renovado o contrato de aluguel pelo período que for necessário e serão realizados novos laudos de avaliação das condições estruturais para o funcionamento no prédio onde está instalada a unidade de saúde.

Também ficou definido que as medidas a serem tomadas serão discutidas previamente com a sociedade e com órgãos de fiscalização e controle. O objetivo do Governo do Estado é, além de manter as atividades do Hospital Ruy Pereira, melhorar e ampliar os serviços prestados com ganho de qualidade e quantidade.

TN

Deixe seu comentário

Legislativo e Judiciário do RN tiveram sobras de R$ 407 milhões em 2018

10 Jun2019

Por Jbelmont às 09h10

Sobra de recursos de R$ 281,8 milhões nas contas do Judiciário potiguar seria suficiente para cobrir a falta de R$ 208,6 milhões em recursos não vinculados verificada no fim de 2018 

 

Ao final de 2018, o Judiciário potiguar tinha sobras de mais de R$ 280 milhões
Redação

Imunes às tesouradas nos gastos quando há frustração na arrecadação, os poderes Legislativo, Judiciário, Ministério Público e Defensoria do Rio Grande do Norte tinham, no fim do ano passado, uma sobra de R$ 407,2 milhões em recursos livres, que poderiam ser usados para bancar outras despesas.

Enquanto isso, o Executivo potiguar continua com dificuldades em colocar os salários de servidores em dia. Na contramão do Legislativo e do Judiciário, o Governo do Rio Grande do Norte ficou com um caixa negativo, ao final de 2018, de R$ 208,6 milhões.

A sobra de recursos de R$ 281,8 milhões nas contas do Judiciário potiguar seria suficiente para cobrir a falta de R$ 208,6 milhões em recursos não vinculados verificada no fim de 2018. A situação é tão discrepante que o Judiciário chegou a “negociar” com o Executivo um adiamento nos repasses, desde que os valores sejam repostos no futuro – ou seja, foi realizada uma operação de financiamento entre Poderes, segundo o Tesouro Nacional.

O levantamento foi realizado pelo Estadão/Broadcast, que também levou em conta os outros estados em situação parecida, com dados fornecidos pelos próprios órgãos ao Tesouro Nacional.

Hoje, os governadores assumem sozinhos o ajuste nas contas e são obrigados a repassar integralmente aos demais Poderes a parcela mensal de recursos prevista no orçamento, chamada de “duodécimo”, mesmo que a projeção de despesas já não seja mais factível diante da queda nas receitas.

A situação agrava as dificuldades dos Executivos estaduais, que são responsáveis por gastos prioritários como saúde, educação e segurança, mas precisam fazer um contingenciamento maior que o realmente necessário para garantir a transferência aos demais Poderes. Enquanto isso, Legislativo, Judiciário, MP e Defensoria ficam blindados do aperto e com recursos disponíveis para conceder reajustes e outros benefícios, como auxílio-moradia.

A Advocacia-Geral da União (AGU) chamou a atenção para o problema em memorial enviado a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). No documento, obtido pelo Estado, a AGU defende o uso de um dispositivo da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que permite aos chefes dos Executivos bloquear recursos dos demais Poderes, caso eles não adotem essa providência em situações de frustração de receitas.

O compartilhamento já ocorre na União porque a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) federal tem uma norma que estende os efeitos do contingenciamento aos demais Poderes. Mas nem todos os Estados têm força política para incluir isso em suas LDOs, com aval das assembleias. Legislativo e Judiciário, por exemplo, até podem devolver o dinheiro ao Tesouro estadual por iniciativa própria, mas isso não ocorre na prática.

Por isso, a AGU quer que o STF permita aos Executivos usar o instrumento da lei que torna possível o bloqueio de recursos em caso de omissão dos demais Poderes ante a necessidade de conter despesas. A corte deve julgar a validade desse e de outros dispositivos da LRF em 26 de junho

Agora RN.

 

Deixe seu comentário

Quatro elementos do estado do Ceará são presos acusados de uma serie de assaltos em Mossoró

10 Jun2019

Por Jbelmont às 08h43

Os quatro suspeitos de cometerem assaltos em série durante o evento junino, Pingo da Mei Dia em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte, foram presos, na noite deste sábado 8 de junho de 2019, na BR-304, saída do bairro Abolição I em Mossoró RN.

João Batista Pereira Ferreira Júnior, Claudevitor da Silva Oliveira, André Weverton Pereira de Lima, Leandro Cardoso de Batista que ocupavam um carro tipo HB20 de cor branca com placas, OSP-6758, de Fortaleza Ceará, não obedeceram a ordem de parada dada pelos policiais rodoviios federais, durante fiscalização e tentaram fugir da barreira policial.

Houve acompanhamento tático aos suspeitos e durante a fuga eles arremessaram vários aparelhos celulares pela janela do veículo, mas acabaram sendo abordados. Após busca no interior do veículo foram encontrados relógios de luxo, carteiras, 21 aparelhos celulares, R$ 607,00, pequena quantidade de uma substância com características de maconha.

O quarteto foi levado para a Delegacia de Plantão de Mossoró, onde foi autuado em flagrante por crime de furto (art. 155) e associação criminosa (art. 288). Os quatro flagranteados foram encaminhados à Cadeia Pública de Mossoró, onde estão a disposição da justiça.

Dos quatro flagranteados na Delegacia de Plantão de Mossoró RN, dois já respondem a processo na justiça do Ceará. André Weverton, que responde por crime de receptação em Fortaleza e Leandro Cardoso, processado por tráfico de drogas, também em Fortaleza.

Os celulares apreendidos serão encaminhados nesta segunda feira (10), para a Delegacia de Furtos e Roubos, e lá serão devolvidos às vítimas, que compareceram na Delegacia de Plantão e reconheceram seus pertences.

Do FIM DA LINHA

Deixe seu comentário

Operação do MP prende advogado em Natal

10 Jun2019

Por Jbelmont às 08h37

Operação Infiltrados, deflagrada nesta segunda-feira, investiga grupo de pessoas que negociou decisão no âmbito do Tribunal de Justiça potigua

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) prendeu um advogado na capital potiguar nesta segunda-feira (10). A operação Infiltrados investiga um grupo de pessoas que teria negociado uma decisão no âmbito do Tribunal de Justiça potiguar.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em quatro locais de Natal e Parnamirim, além de um mandado de prisão preventiva de um advogado. A ação foi realizada em conjunto com as Polícias Militar e Civil, através do Núcleo Especial de Investigação Criminal (Neic).

Segundo a investigação do MPRN, um advogado com vínculo de parentesco com autoridades do Judiciário e um servidor da Assembleia Legislativa - que já foi servidor do Tribunal de Justiça - prometeram a um advogado ligado a uma organização criminosa o resultado de um processo que seria relatado pelo desembargador Glauber Rego.

Em virtude de a decisão prometida não ter se concretizado, o advogado passou a extorquir os agenciadores da decisão, exigindo a devolução do dinheiro, prometendo risco à vida deles e ameaçando revelar o ocorrido e outros fatos supostamente ilícitos atribuídos a autoridades do Tribunal de Justiça.

A assessoria do Tribunal de Justiça informou que ainda não recebeu nada sobre a operação, mas que o TJRN vai apurar com todo o rigor.



Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN); sede da procuradoria-geral do RN — Foto: MPRN/Divulgação

Deixe seu comentário

Bolsonaro diz que terá de suspender benefícios se Congresso não aprovar crédito ao governo

09 Jun2019

Por Jbelmont às 04h36

Presidente afirmou que suspensão de pagamentos a idosos e pessoas com deficiência pode ocorrer já neste mês. Congresso deve analisar liberação de R$ 248,9 bilhões na próxima semana.

Por G1 — Brasília

O presidente Jair Bolsonaro durante evento no Palácio do Planalto — Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil


O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (8) que terá de suspender, a partir do dia 25 de junho, o pagamento de benefícios a idosos e pessoas com deficiência caso o Congresso não aprove o projeto que libera crédito extra de R$ 248,9 bilhões ao governo.

Bolsonaro fez a afirmação em uma rede social e acrescentou que, se a proposta não for aprovada pelos parlamentares, outros programas podem ficar sem recursos nos próximos meses. Ele citou o Bolsa Família, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e o Plano Safra.

O presidente, contudo, disse acreditar que o Congresso aprovará o projeto. Uma sessão conjunta, com deputados e senadores, está convocada para a próxima terça-feira (11). Os parlamentares precisam analisar cinco vetos presidenciais antes da votação da proposta que libera crédito.

"Acredito na costumeira responsabilidade e patriotismo dos deputados e senadores na aprovação urgente da matéria", afirmou Bolsonaro.

Em uma breve entrevista a jornalistas neste sábado, o presidente comentou o assunto. Em frente ao Palácio da Alvorada, ao ser questionado sobre a proposta, Bolsonaro disse: "Tem que aprovar [o crédito extra]. Não por mim, pelos que necessitam".

A medida é prioritária para o governo federal porque tem o objetivo de evitar o descumprimento da chamada “regra de ouro”, mecanismo que impede que o Executivo contraia dívidas para pagar despesas correntes, como salários e benefícios sociais.

Antes de poder ser analisada pelo pelo plenário do Congresso, a proposta precisa ser analisada pela Comissão Mista de Orçamento (CMO). Na semana passada, os integrantes do colegiado tentaram votar o projeto, mas não houve acordo.

PGR
Além da liberação de crédito, Bolsonaro foi questionado por jornalistas sobre se a atual procuradora-geral da República, Raquel Dodge, é um bom nome para permanecer à frente do Ministério Público Federal. O mandato dela se encerra em setembro.

Bolsonaro afirmou que "todos são bons nomes" e que está "aguardando" a lista tríplice da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Dez procuradores se candidataram, mas Raquel Dodge não está entre os candidatos.

O presidente da República não é obrigado a escolher um dos nomes da lista da ANPR.

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.158: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 80 milhões

08 Jun2019

Por Jbelmont às 23h57

Veja as dezenas sorteadas: 09 - 27 - 35 - 45 - 46 - 59. A quina teve 109 apostas ganhadoras; cada uma levou R$ 42.724,12.

Aposta única da Mega-Sena custa R$ 3,50 e apostas podem ser feitas até às 19h — Foto: Marcelo Brandt/G1 


A Caixa realizou neste sábado (8) o concurso 2.158 da Mega-Sena. Ninguém acertou as seis dezenas e o próximo prêmio, que será sorteado no dia 12 de junho, terá valor acumulado em torno de R$ 80 milhões.

As dezenas sorteadas foram: 09 - 27 - 35 - 45 - 46 - 59.

A quina teve 109 apostas ganhadoras, com uma cada uma levando R$ 42.724,12. A quadra teve 8.855 acertos, pagando R$ 751,29 para cada uma delas.

Deixe seu comentário

Pingo da Mei Dia abrindo o Mossoró Cidade Junina superou a expectativa de público foi um sucesso

08 Jun2019

Por Jbelmont às 22h36

A prefeita Rosalba Ciarlini abriu neste sábado a temporada junina no município de Mossoró. O Pingo da Mei Dia foi um sucesso de público e de organização. Tudo transcorreu sem nenhuma anormalidade diante de uma multidão que deve ter superado a casa das cem mil pessoas no corredor da folia.

Veja as Fotos:


Fotos do Blogdoskarlack 

Deputado Beto Rosado, Mateus Belmont e Taise Marielle.


Berlania Belmont

Com o casal dono do pedaço @camaroteafroditeof no Pingo da Mei Dia, Lavoisier e Elisângela.


Claudia Belmont está com Ivanilson Martins da Silva 

Do Instagram do vereador João Gentil

Deixe seu comentário

Família de Agnaldo Timóteo consegue leito em SP e cantor é transferido da BA, diz hospital

08 Jun2019

Por Jbelmont às 13h30

Embarque ocorreu por volta das 7h20; devido aos riscos do transporte, o cantor foi entubado e colocado em respiração por aparelhos.

O cantor Agnaldo Timóteo foi transferido de Salvador para São Paulo na manhã deste sábado (8). De acordo com o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), os familiares do cantor conseguiram reservar leito em UTI no Hospital das Clínicas.

Ainda segundo o hospital, devido aos riscos do transporte, ele foi entubado e colocado em respiração por aparelhos. Agnaldo Timóteo estava internado em Salvador após sofrer um AVC.

Ao G1, na sexta-feira (7), o filho do cantor, Márcio Timóteo, já havia dito que tinha surgido uma vaga no Hospital das Clínicas, em São Paulo, e que ele poderia ser transferido já a partir deste sábado.

Agnaldo Timóteo estava internado na Bahia desde o dia 21 de maio — Foto: Divulgação

 

Deixe seu comentário

É DE SE APAIXONAR COM O MELHOR CAMAROTE DO PINGO

08 Jun2019

Por Jbelmont às 10h04

CORRA! JÁ ESTÃO SE ESGOTANDO OS CONVITES

Deixe seu comentário

Agricultor é retira de casa e morto em via publica na zona rural de Mossor

08 Jun2019

Por Jbelmont às 08h42

O crime aconteceu nos primeiros minutos da madrugada de hoje, 08 de junho, no Assentamento Recanto da Esperança, na região de Alagoinha, zona rural de Mossoró e teve como vítima o agricultor, João Bosco Valentim Junior de 20 anos de idade.

Segundo registro da delegacia de polícia civil, a vítima estava dormindo, quando foi retirado de casa por alguns elementos encapuzados e morto com tiro de espingarda na região do abdômen e outro tiro na cabeça de uma arma de menor calibre.

Ainda não há informações sobre a motivação para o crime. Ninguém foi identificado ou preso.

Depois dos procedimentos realizados no local de crime pela equipe de plantão no Itep, o corpo de João Bosco Valentim Junior foi removido para exames na sede da Unidade Regional do órgão em Mossoró.

O CAMERA

 

Deixe seu comentário

JUSTIÇA MANDA MEC SUSPENDER CORTES EM UNIVERSIDADES FEDERAIS

08 Jun2019

Por Jbelmont às 07h59

A Justiça mandou o Ministério da Educação suspender os cortes em universidades federais. A pasta tem 24 horas para cumprir a ordem judicial, sob pena de multa diária de R$ 100 mil.

A decisão é da juíza Renata Almeida, da 7ª Vara Federal, na Bahia, e acolhe a pedido do deputado Jorge Solla, do PT da Bahia, e da Aliança pela Liberdade, chapa que comanda o Diretório Central dos Estudantes da UnB. A juíza cita "diversas ações populares e ações civis públicas" com a mesma solicitação.


Não se está aqui a defender a irresponsabilidade da gestão orçamentária, uma vez que é dever do administrador público dar cumprimento às metas fiscais estabelecidas em lei, mas apenas assegurando que os limites de empenho, especialmente em áreas sensíveis e fundamentais segundo a própria Constituição Federal, tenham por base critérios amparados em estudos que garantam a efetividade das normas constitucionais", escreveu a magistrada.

Ela também criticou os ataques do ministro da Educação, Abraham Weintraub, às universidades federais, acusando-as de balbúrdia.

"Não há necessidade de maiores digressões para concluir que as justificativas apresentadas não se afiguram legítimas para fins de bloqueio das verbas originariamente destinadas à UNB, UFF e UFBA, três das maiores e melhores Universidades do país, notoriamente bem conceituadas, não apenas no ensino de graduação, mas também na extensão e na produção de pesquisas científicas. As instituições de ensino em questão sempre foram reconhecidas pelo trabalho de excelência acadêmico e científico ali produzido, jamais pela promoção de “bagunça” em suas dependências", seguiu a juíza.

Deixe seu comentário

NEYMAR: Pesquisa aponta que 62,8% dos brasileiros acreditam na inocência do jogador; apenas 14% acham culpado

07 Jun2019

Por Jbelmont às 17h52

Seis em cada dez brasileiros acreditam na inocência de Neymar. Foto: Reprodução/Record TV 


Pesquisa de opinião feita pelo Instituto Paraná Pesquisas mostra que 62,8% dos brasileiros acreditam que Neymar é inocente da acusação de estupro. Outros 23,2% não sabem ou não responderam e 14% dos entrevistados acreditam que o jogador é culpado.

O levantamento foi feito em uma amostra de 2.071 entrevistados por telefone em 180 municípios das 27 unidades da federação entre os dias 4 e 6 de junho. O grau de confiança é de 95% e a margem de erro é de dois pontos percentuais para os resultados gerais.

R7

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +