.

Brasil registra 733.848 pessoas recuperadas do coronavírus

28 Jun2020

Por Jbelmont às 23h00

Foto: G1/SC

O Ministério da Saúde registrou neste domingo (28) o total de 733.848 pessoas curadas do coronavírus em todo o Brasil.

Foram registrados 17.943 pacientes curados a mais em relação ao boletim divulgado no sábado (27). O número é superior à quantidade de casos ativos no país (552.673), que são pacientes em acompanhamento médico.

Atualmente, o registro dos curados já representa mais da metade do total de casos acumulados (54,6%).

Deixe seu comentário

RN tem 24.301 casos confirmados de Covid-19 e 937 mortes causadas pela doença

28 Jun2020

Por Jbelmont às 16h19

Números são os mais recentes sobre o avanço da pandemia no estado e foram divulgados neste domingo (28) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

O Rio Grande do Norte tem 24.301 casos confirmados de Covid-19 e 937 pessoas mortas pela doença. Os números são os mais recentes sobre o avanço da pandemia no estado e foram divulgados neste domingo (28) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

Aos domingo, a Sesap não divulga o boletim epidemiológico detalhado sobre o novo coronavírus. A Secretaria repassa à imprensa somente os dados referentes a mortos, infectados, casos descartados e recuperados.

Neste sábado (27), a Secretaria de Saúde não repassou os números da pandemia e nem publicou o boletim. A Sesap não informou o motivo pelo qual não o fez.

De acordo com esses dados enviados neste domingo (28), as pessoas que contraíram o vírus e já se curaram da Covid-19 são 2.904 no estado potiguar. Com relação aos casos descartados, são 37.256.

Situação do coronavírus no RN
937 mortes
24.301 casos confirmados
31.928 suspeitos
37.256 descartados
2.904 recuperados

g1rn

Deixe seu comentário

RN ultrapassa 900 mortes por Covid-19, aponta boletim da Sesap

28 Jun2020

Por Jbelmont às 11h20

Estado contabiliza 909 óbitos e 24.253 casos confirmados da infecção.


ORio Grande do Norte ultrapassou a marca dos 900 mortos por Covid-19, segundo o boletim da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), divulgado neste sábado (27). São 909 óbitos no total.
Além disso, o estado contabiliza 24.253 casos confirmados, 31.928 casos suspeitos e 37.206 descartados. Em todo o estado, 2.904 pessoas se recuperaram da doença.

As taxas de isolamento social e de transmissibilidade da doença estão em 39,84% e 0,73% respectivamente. Os dados são da Sesap em parceria com Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal (LAIS/UFRN). No RN, 52 pacientes estão à espera de leitos críticos, 49 aguardam leitos clínicos e 18 esperam transporte sanitário.

Leitos

A taxa de ocupação de leitos destinados a tratar a Covid-19 no RN está distribuída da seguinte maneira:

Oeste: 100%
Grande Natal: 97,30%
Seridó: 79,31%

Deixe seu comentário

Crise na PGR implode relação de Augusto Aras com as forças-tarefas da Lava-Jato

28 Jun2020

Por Jbelmont às 11h06

A crise instalada na gestão do procurador-geral da República Augusto Aras após o embate de uma das suas principais auxiliares, a subprocuradora Lindora Araújo, com a força-tarefa da Lava-Jato em Curitiba implodiu a relação da Procuradoria-Geral da República (PGR) com todas as forças-tarefas da Lava-Jato, incluindo também as do Rio e de São Paulo.

Como revelado ontem pelo GLOBO, a crise teve início após o envio de um ofício pela força-tarefa de Curitiba à Corregedoria do Ministério Público Federal acusando Lindora de, durante uma ida a Curitiba, ter realizado uma manobra ilegal para copiar dados sigilosos da operação, sem formalizar um pedido de acesso. Com o desgaste, a ação de Lindora provocou, ainda na noite de sexta, um pedido de demissão coletiva dos procuradores do grupo de trabalho da Lava-Jato na PGR, que agora fica sem nenhum integrante.

Respeitados internamente, os procuradores do grupo da Lava-Jato na PGR eram o principal ponto de interlocução das forças-tarefas de Curitiba, Rio e São Paulo com a gestão Aras. Por isso, logo após o pedido de demissão coletiva, as forças-tarefas se posicionaram em apoio aos procuradores e emitiram uma nota pública. A nota também foi assinada pelos integrantes da Força-Tarefa Greenfield, de Brasília.

A nota classifica os procuradores que pediram demissão da PGR como “competentes, dedicados, experientes e amplamente comprometidos com a integridade, a causa pública e o combate à corrupção e enfrentamento da macrocriminalidade”. Segundo a nota, eles “cooperaram amplamente em importantes trabalhos conjuntos com as forças-tarefas Lava-Jato e Greenfield, razão pela qual os seus integrantes expressam seu profundo agradecimento e admiração”. Os quatro procuradores são citados nominalmente na nota: Hebert Reis Mesquita, Luana Vargas Macedo, Maria Clara Barros Noleto e Victor Riccely.

A avaliação interna das forças-tarefas é que se instalou uma crise de confiança envolvendo a subprocuradora-geral da República Lindora Araújo, que ocupa a função de coordenadora do grupo de trabalho da Lava-Jato na PGR e teria a atribuição de apoiar e auxiliar no trabalho dessas forças-tarefas. Com isso, a tendência é que o diálogo existente com Lindora, que já era pouco, seja reduzido a zero.

Essa desconfiança já vinha desde que veio a público a negociação, pela PGR, de um acordo de colaboração premiada com o advogado foragido Rodrigo Tacla Duran, que lançava suspeitas sobre um amigo do ex-ministro da Justiça Sergio Moro e sobre a atuação da Lava-Jato de Curitiba. Essas suspeitas já haviam sido investigadas e arquivadas pela própria PGR. Responsável por essa negociação, Lindora tocou o acordo sem a participação da força-tarefa da Lava-Jato de Curitiba, que tomou conhecimento da negociação pela imprensa. O caso foi revelado pelo GLOBO.

Como as investigações que correm em primeira instância não precisam de participação da PGR, a orientação nas forças-tarefas é seguir tocando o trabalho normalmente. Caso haja necessidade de diálogo com Brasília devido ao surgimento de políticos com foro privilegiado nas investigações, ainda não se sabe de que forma esse diálogo se daria.

A falta de confiança, entretanto, deve abalar o andamento das investigações. O bom relacionamento das forças-tarefas com as gestões anteriores da PGR permitiu a rápida evolução de diversos trabalhos em conjunto. No início da Lava-Jato, os primeiros acordos de delação premiada foram assinados com o aval e participação do então PGR Rodrigo Janot. Já sob a gestão de Raquel Dodge, embora o ritmo das investigações tenha diminuído, a Lava-Jato do Rio assinou diversos acordos de colaboração em conjunto com a PGR que permitiram o rápido andamento de inquéritos contra conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio (TCE-RJ) e que culminaram na prisão do então governador Luiz Fernando Pezão (MDB). No caso da gestão Aras, esses trabalhos agora devem passar a ocorrer de forma descoordenada e isoladamente.

O GLOBO

Deixe seu comentário

Quina de São João: cinco apostas dividem prêmio de R$ 152 milhões

27 Jun2020

Por Jbelmont às 23h15

Números sorteados foram: 07 - 17 - 29 - 55 - 78. Cada vencedor irá receber R$ 30,5 milhões. Quadra teve 1.830 apostas ganhadoras, com R$ 6.472,20 para cada.

 

Foram sorteados nesta sábado (27) os números da Quina de São João, com prêmio de R$ 152 milhões. Cinco ganhadores irão dividir o valor, com R$ 30.517.183,25 para cada um.

Veja as dezenas sorteadas: 07 - 17 - 29 - 55 - 78.

O sorteio do concurso especial de número 5.299 aconteceu no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo.

A quadra teve 1830 apostas ganhadoras, com R$ 6.472,20 para cada e 139.675 apostas fizeram o terno, ganhando R$ 127,51 cada uma.

O prêmio total foi de R$ 152.585.916,24 e não seria acumulado. Isso significa que se não houvesse ganhadores na faixa principal, com acerto de cinco números, o prêmio seria dividido entre os acertadores da 2ª faixa (4 números) e assim por diante.

O próximo sorteio normal da Quina acontece na terça-feira, dia 29 de junho, com prêmio estimado em R$ 700 mil.

Deixe seu comentário

Mega-Sena, concurso 2.274: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 23 milhões

27 Jun2020

Por Jbelmont às 22h42

Veja as dezenas sorteadas: 08 - 11 - 17 - 33 - 40 - 55. Quina teve 62 apostas ganhadoras; cada uma levou R$ 24.042,23.

 

A Quina teve 62 acertadores, e cada um levou R$ 24.042,23. Outras 2.996 pessoas ganharam na Quadra. O prêmio, nesse caso, é de R$ 710,76 .

A previsão de prêmio era de R$ 2,7 milhões. Agora, para o próximo sorteio, na quarta-feira (1), há estimativa de pagamento de R$ 23 milhões.

Deixe seu comentário

Coronavírus: Brasil registra 1.109 óbitos e 38.693 casos nas últimas 24h, total de mortes chega a 57.070 e infectados são 1.313.667

27 Jun2020

Por Jbelmont às 20h04

Foto: Ananda Migliano/O Fotógrafo/Estadão Conteúdo

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste sábado (27):

– Registro de 1.109 óbitos nas últimas 24h, totalizando 57.070 mortes;

– Foram 38.693 novos casos de coronavírus registrados e no total, 1.313.667 pessoas já foram infectadas.

– O número total de recuperados do coronavírus é 715.905, são mais 18.379 pacientes curados em relação ao boletim de ontem. Outros 540.692 pacientes estão em acompanhamento.

Deixe seu comentário

Médica de 88 anos vence a Covid após 50 dias na UTI e volta a fazer cirurgias em SP

27 Jun2020

Por Jbelmont às 17h03

Foto: arquivo pessoal

A médica Angelita Habr-Gama, de 88 anos, venceu a Covid e voltou a trabalhar no centro cirúrgico do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo.

Para ela, é um recomeço, depois que ficou em estado grave por 50 dias na UTI do mesmo hospital em que trabalha.

Angelita é uma das mais renomadas gastroenterologistas do país. Ela foi internada em meados de março com os pulmões comprometidos e dificuldades para respirar por vias naturais, por isso, a médica teve de ser intubada.

Apesar de não ter comorbidades, ela era considerada do grupo de risco por causa da idade.”Não achei que resistiria. Era um quadro muito grave”, disse a médica.

Ela teve alta no dia 10 de maio e só soube da situação horas após recobrar a consciência.

“É um vírus muito agressivo. Ele se propaga com muita facilidade e como ainda não se conhece muito sobre as características dele, é mais difícil tratar. Mas é preciso ser otimista. É grave, mas nem sempre é letal”, reflete a cirurgiã.

Recuperação

Angelita e o marido, o médico Joaquim José Gama, viajaram para a Europa e Jerusalém onde participaram de um Congresso Internacional de Medicina.

Quando chegaram deram uma festa para lançamento da biografia dela e foi aí apareceram os sintomas.

Um exame confirmou que a médica estava com a covid-19. O marido dela também foi infectado e apresentou sintomas leves.

No Oswaldo Cruz, do qual faz parte há 60 anos, a médica teve intenso apoio para a recuperação e considera que a assistência que teve foi fundamental para que pudesse ter uma boa recuperação.

“Angelita Gama é uma referência para todos nós. Vê-la curada, depois de uma intensa batalha contra o vírus, renova nossa confiança na Medicina, na Ciência, na luta para salvar vidas e traz imensa alegria a todo o corpo clínico e assistencial da instituição”, disse em nota o hospital.

Por causa do período de intubação, ela teve perda de peso e fraqueza muscular. Em casa, deu início a um acompanhamento para se recuperar totalmente da covid-19.

“Progressivamente, as coisas foram voltando ao normal. O meu paladar voltou, passei a me alimentar bem e fiz muitas sessões de fisioterapia respiratória”, conta.

Volta ao Centro Cirúrgico

Três dias depois de retornar aos atendimentos, Angelita voltou a conduzir procedimentos cirúrgicos.

Nos últimos 20 dias, estima ter feito 10 cirurgias. “Foi uma delícia voltar a trabalhar”, diz.

Primeira mulher a se tornar titular em cirurgia do Hospital das Clínicas, da Universidade de São Paulo, Angelita afirma que o seu desempenho atual é o mesmo que tinha antes da covid-19.

Nada de aposentadoria

Vencedora de mais de 50 prêmios ao longo da carreira, Angelita ingressou em Medicina na USP aos 19 anos e não pensa em se aposentar.

Para ela, a Covid-19 é apenas mais um episódio, em meio a tantos outros de sua vida.

“Não foi fácil vencer a Covid-19, mas depois que venci essa barreira, as coisas se tornaram ainda mais agradáveis. Eu quero continuar exercendo a minha profissão. Estou bem de saúde e intelectualmente. Assim, vou levando a vida”, concluiu.

Com informações do Estado de Minas

Deixe seu comentário

CORONAVÍRUS: Natal atendeu 11.614 pessoas no drive-thru; 2.269 testaram positivo

27 Jun2020

Por Jbelmont às 16h49

Foto: divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal (SMS/Natal) realizou 11.614 testagens rápidas para Covid-19 nas duas últimas semanas do drive-thru da Prefeitura do Natal. No total, 2.269 apresentaram algum resultado positivo. Destes, 924 foram identificados na primeira semana do drive (Arena das Dunas) e 1.345 na segunda fase (Nélio Dias). O drive foi destinado a usuários com mais 60 anos, público que representa 80% dos óbitos da doença na capital, e indivíduos que possuíam alguma comorbidade comprovada.

O teste indica se o organismo já teve infecção pelo novo coronavírus e aponta quem ainda está com a doença ativa, para que casos positivos recebam acompanhamento do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS/Natal), além de orientação para atendimento médico quando necessário.

A ação teve início em 16 de junho no Arena das Dunas, com a primeira etapa sendo realizada até dia 19, tendo 5.425 exames realizados nessa fase. De terça-feira (23) a sexta-feira (26) a segunda semana de teste rápido no drive aconteceu no estacionamento do Ginásio Nélio Dias, Zona Norte da capital. 6.189 pessoas foram atendidas nesse período.

“Estamos satisfeitos com o trabalho realizado no drive da Prefeitura do Natal. Estamos notificando os casos e orientando a população em relação ao tratamento, para que dessa forma a gente possa conter a transmissão da doença aqui na cidade. Agora também iniciamos esse trabalho estratégico nas unidades de saúde, com pacientes que apresentam sintomas leves, e também com os nossos servidores”, indica Rayanne Araújo, Secretária Adjunta de Atenção Integral à Saúde de Natal.

Deixe seu comentário

Mossoró tem 2.442 casos confirmados do novo coronavírus e registra 114 óbitos com confirmação da doença

26 Jun2020

Por Jbelmont às 22h41

Dados foram informados no último boletim epidemiológico (Imagem: Reprodução)


Boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira, 26, pela Secretaria da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP-RN) informa que Mossoró tem 2.442 casos confirmados de Covid-19 e registra 114 óbitos com confirmação da doença. Os dados foram informados também pela Prefeitura de Mossoró.

A cidade registra ainda 1.697 casos suspeitos e 2.253 casos descartados. 14 óbitos estão em investigação no município.

De acordo com a Prefeitura de Mossoró, 329 pessoas estão recuperadas.

Em todo o Estado são 23.731 confirmações de Covid-19 e foram registrados 889 óbitos com confirmação da doença.

Deixe seu comentário

Brasil tem 1.055 mortes por coronavírus em 24 horas, mostra consórcio de veículos de imprensa; são 56.109 no total

26 Jun2020

Por Jbelmont às 22h20

País tem ainda 1.280.054 casos confirmados de Covid-19.

O Brasil teve 1.055 mortes registradas em razão do novo coronavírus em 24 horas, mostra levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde. Com isso, são 56.109 óbitos pela Covid-19 até esta sexta-feira (26) no país. Veja os dados, consolidados às 20h:

56.109 mortes; eram 55.054 até as 20h de quinta (25), uma diferença de 1.055 óbitos
1.280.054 casos confirmados; eram 1.233.147 até a noite de quinta, ou seja, houve 46.907 novos casos
Antes do balanço final do dia, o consórcio divulgou outros dois boletins. No primeiro boletim, às 8h, o Brasil contava 55.102 mortos e 1.234.850 casos confirmados. No segundo boletim, às 13h, o país tinha 55.304 mortos e 1.244.419 casos da doença.

A região Nordeste registra 36% do total de mortes em 24 horas, quase o mesmo percentual da região Sudeste (40%).

VER MAIS AQUI

Deixe seu comentário

Fiocruz: antiviral para hepatite tem bom resultado contra a covid-19

26 Jun2020

Por Jbelmont às 12h39

Um estudo liderado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) com medicamentos que são usados para tratar hepatite C mostrou eficácia contra o novo coronavírus, que causa a covid-19.

A doença já infectou mais de 9,6 milhões de pessoas no mundo e matou quase 490 mil, segundo o painel global da universidade Johns Hopkins. No Brasil, os dados de ontem (25) do Ministério da Saúde contabilizam 1.228.114 casos e 54.971 óbitos.

Em experimentos in vitro com três linhagens de células, incluindo células pulmonares humanas, o antiviral daclastavir impediu a produção de partículas virais do novo coronavírus que causam a infecção. O medicamento foi de 1,1 a 4 vezes mais eficiente do que outros remédios que estão sendo usados nos estudos clínicos da covid-19, como a cloroquina, a combinação de lopinavir e ritonavir e a ribavirina, este último também usado no tratamento de hepatite.

O daclastavir superou também a eficiência do atazanavir, um antirretroviral utilizado no tratamento de HIV que foi testado anteriormente pelos cientistas da Fiocruz.

“As análises apontaram que o fármaco [daclastavir] interrompeu a síntese do material genético viral, o que levou ao bloqueio da replicação do vírus. Em células de defesa infectadas, o fármaco também reduziu a produção de substâncias inflamatórias, que estão associadas a quadros de hiperinflamação observados em casos graves de covid-19”, diz a Fiocruz.

Os testes mostraram que o sofosbuvir, outro remédio para hepatite, foi menos eficiente do que o daclastavir. Ele também inibiu a replicação viral em linhagens de células humanas pulmonares e hepáticas, mas não apresentou efeito em células Vero, derivadas de rim de macaco e muito utilizadas em estudos de virologia.

Pré-print

Os estudos foram publicados no site de pré-print bioRxiv. Ou seja, os resultados já estão disponíveis para consulta pela comunidade científica internacional, mas ainda requerem aprofundamento e revisão.

O trabalho foi liderado pelo pesquisador Thiago Moreno, do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz), em parceria com cientistas do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) e dos Laboratórios de Imunofarmacologia e de Pesquisa sobre o Timo do IOC. Também colaboraram o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), Universidade Iguaçu (Unig), Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (Idor), Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Inovação de Doenças de Populações Negligenciadas (INCT-IDPN) e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Neuroimunomodulação (INCT-NIM).

De acordo com Moreno, os parâmetros farmacológicos do daclastavir contra o novo coronavírus são compatíveis com os efeitos do medicamento em pacientes.

“O reposicionamento de medicamentos é reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a maneira mais rápida de identificar candidatos ao tratamento da covid-19. Considerando que os antivirais de ação direta contra o vírus da hepatite C estão entre os mais seguros, nossos resultados indicam que estes fármacos, em especial o daclastavir, são candidatos para a terapia, com potencial para ser imediatamente incorporados em ensaios clínicos”.

Os cientistas alertam para os riscos da automedicação e destacam que ainda são necessários testes com pacientes para avaliar a eficácia das terapias. “Todas as pessoas com casos suspeitos ou confirmados de covid-19 devem procurar atendimento médico para orientação da terapia adequada”, adverte a Fiocruz.

Agência Brasil

Deixe seu comentário

RN registra mais de mil casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, no total de 23.730, e mortes chegam a 889; óbitos confirmados em comparação com o último boletim são 31

26 Jun2020

Por Jbelmont às 12h37

Foto: Reprodução/Youtube

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte nesta sexta-feira(26). Os casos confirmados chegam a 23.730. No boletim dessa quinta eram 22.665. São 1065 casos a mais.

O total de vítimas da covid-19 no RN chega a 889 – (31) óbitos a mais desde o boletim anterior, sendo que 20 foram confirmados após exames laboratoriais dos últimos dias. Dessa forma, nas últimas 24 horas foram registradas onze vítimas fatais.

Os casos suspeitos são 31.745. Descartados somam 36.720. Recuperados são 2.035(sem dados informados nesta semana).

Deixe seu comentário

Lar para idosos registra 19 casos de Covid-19 no interior do RN

26 Jun2020

Por Jbelmont às 10h23

Testagem feita no município de Jucurutu identificou 14 idosos e 5 funcionários com coronavírus.

 



Lar de idosos em Jucurutu — Foto: Reprodução


Uma instituição de longa permanência para idosos na cidade de Jucurutu, região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou 19 diagnósticos positivos para o novo coronavírus, na quinta-feira (25). Ao todo, 14 idosos e cinco funcionários contraíram a Covid-19.

Segundo a secretaria de saúde do município, os idosos e os funcionários tiveram sintomas leves e estão em acompanhamento. O lar de idosos foi fechado para visitas em março, desde então apenas funcionários tinham acesso ao local. Todos os 18 idosos do abrigo passaram por teste depois que uma das cuidadoras, uma mulher de 46 anos, se contaminou.

O que temia a coordenação da instituição de longa permanência para idosos acabou acontecendo, o vírus rapidamente se espalhou pela casa. De acordo com a prefeitura de Jucurutu, os 14 idosos estão estáveis e isolados. Os outros quatro moradores que testaram negativo para a Covid-19 permanecem no abrigo porque não têm para onde ir.

"Esses idosos estão sendo acompanhados pela equipe de profissionais da saúde do município. Estamos enviando ao local EPIs para que possa haver uma maior proteção. Será feita também uma higienização no local e essas são as medidas que nós estamos tomando para que podemos sanar essa situação no menor espaço de tempo possível", afirmou o prefeito da cidade Valdir Medeiros.

De acordo com o último boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) divulgado na quarta-feira (25), Jucurutu tem 71 casos confirmados e duas mortes por coronavírus, além de 190 suspeitas da doença.

G1

Deixe seu comentário

Mossoró tem 2.311 casos confirmados de Covid-19 e registra 113 óbitos com confirmação da doença

26 Jun2020

Por Jbelmont às 10h12

Em uma semana houve aumento de 501 confirmações de Covid-19 na cidade (Imagem: Reprodução)
Mossoró tem 2.311 casos confirmados do novo coronavírus e registra 113 óbitos com confirmação da doença. Os números fazem parte do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP-RN), divulgado nesta quinta-feira, 25, e reafirmados em boletim da Prefeitura de Mossoró.

São 501 confirmações a mais do que o total de casos que havia há uma semana. Em 18 de junho eram 1.810 casos confirmados de covid-19 e a cidade havia registrado 97 óbitos.

Segundo dados do boletim epidemiológico atual, a cidade tem 1.668 casos suspeitos e 2.168 casos ignorados. 14 óbitos estão em investigação.

De acordo com o boletim da Prefeitura de Mossoró, 328 pessoas estão recuperadas da Covid-19.

Deixe seu comentário

Governo divulga calendário de pagamento da 3ª parcela do auxílio emergencial; veja as datas

26 Jun2020

Por Jbelmont às 08h07

O governo publicou no fim da noite desta quinta-feira o calendário do pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial de R$ 600. O cronograma começa a partir deste sábado e seguirá até setembro. O calendário da terceira parcela também vale apenas para quem ainda não recebeu as duas primeiras.

Serão dois calendários. Primeiro, o dinheiro será será depositada em poupança digital na Caixa Econômica Federal para todos. Esses recursos vão poder ser usados, inicialmente, apenas digitalmente (para pagamentos de contas, boletos e compras por meio de cartão de débito virtual).

A partir de 18 de julho, a Caixa começa a liberar saques e transferências a partir dessas contas. Para os trabalhadores que receberam a primeira parcela em outra conta, o dinheiro que ainda estiver na poupança digital será transferido automaticamente nas datas desse mesmo calendário.

A Caixa já está pagando a terceira parcela do auxílio para os beneficiários do Bolsa Família. Neste caso, as pessoas não precisam esperar para sacar os recursos. O pagamento começou no dia 17 de junho e termina no dia 30 de junho, de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Veja os calendários:

Calendário para depósito em poupança social

27 de junho: nascidos em janeiro e fevereiro
30 de junho: nascidos em março e abril
01 de julho: nascidos em maio e junho
02 de julho: nascidos em julho e agosto
03 de julho: nascidos em setembro e outubro
04 de julho: nascidos em novembro e dezembro
Calendário para saque e transferência da poupança social

18 de julho: nascidos em janeiro
25 de julho: nascidos em fevereiro
01 de agosto: nascidos em março
08 de agosto: nascidos em abril
15 de agosto: nascidos em maio
29 de agosto: nascidos em junho
01 de setembro: nascidos em julho
08 de setembro: nascidos em agosto
10 de setembro: nascidos em setembro
12 de setembro: nascidos em outubro
15 de setembro: nascidos em novembro
19 de setembro: nascidos em dezembro

Deixe seu comentário

Bolsonaro tem reprovação de 44% e aprovação de 32%, diz Datafolha

26 Jun2020

Por Jbelmont às 07h50

Pesquisa foi realizada em 23 e 24 de junho, com 2.016 brasileiros pelo celular em todas as regiões e estados do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.
Por G1

Pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal "Folha de S.Paulo" no final da noite desta quinta-feira (26) mostra os seguintes percentuais de aprovação e reprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido): 


Ótimo/bom: 32%
Regular: 23%
Ruim/péssimo: 44%
Não sabe/não respondeu: 1%

Pesquisa Datafolha divulgada pelo jornal "Folha de S.Paulo" no final da noite desta quinta-feira (26) mostra os seguintes percentuais de aprovação e reprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido):

Ótimo/bom: 32%
Regular: 23%
Ruim/péssimo: 44%
Não sabe/não respondeu: 1%

A pesquisa Datafolha foi realizada em 23 e 24 de junho, com 2.016 brasileiros adultos que possuem telefone celular em todas as regiões e estados do país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Na pesquisa anterior do Datafolha, feita em 25 e 26 de maio e divulgada no dia 28, os resultados foram:

Ótimo/bom: 33%
Regular: 22%
Ruim/péssimo: 43%
Não sabe/não respondeu: 2%
O levantamento do Datafolha do final de abril os resultados foram:

Ótimo/bom: 33%
Regular: 26%
Ruim/péssimo: 38%
Não sabe/não respondeu: 3%
O levantamento do Datafolha do início de abril, feito entre os dias 1º e 3, mostrava o seguinte cenário:

Ótimo/bom: 33%
Regular: 25%
Ruim/péssimo: 39%
Não sabe/não respondeu: 2%

 

VER MAIS CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

Covid-19: faltam remédios em UTIs de 21 estados e do DF

26 Jun2020

Por Jbelmont às 07h48

Levantamento do Conass, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde, concluiu que faltam medicamentos para pacientes internados em UTIs de 21 estados e no Distrito Federal, informa o Jornal Nacional.

O levantamento foi feito em hospitais que são referência para tratamento da Covid-19 e possuem leitos de terapia intensiva.

Segundo o Conass, estão em falta 22 medicamentos, incluindo sedativos, anestésicos e bloqueadores neuromusculares usados nos pacientes que precisam ser entubados. A situação mais crítica é em Mato Grosso, que já não tem 13 dos remédios da lista.

O conselho adverte que, por causa da Covid-19, em alguns casos o consumo de um mês está sendo igual ao de 2019 inteiro e vê risco de colapso.

O Ministério da Saúde diz que já adotou providências para regularizar o abastecimento e que os primeiros lotes com medicamentos chegarão aos hospitais nos próximos dias.

Deixe seu comentário

Rodrigo Maia afirma que ainda não há votos na Câmara para aprovar adiamento das eleições 25 de junho de 2020 às 20:03

26 Jun2020

Por Jbelmont às 00h36

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) voltou a defender o adiamento das eleições municipais deste ano, previstas para outubro, em razão da pandemia de Covid-19, mas afirmou que ainda não há votos na Câmara para aprovar a matéria.

O Senado aprovou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 18/20) que prevê que o pleito seja realizado nos dias 15 e 29 de novembro. Maia considera legítimo que os parlamentares defendam a manutenção da data das eleições, mas criticou os prefeitos que pressionam os deputados a não alterarem a data.

Segundo ele, prefeitos prefeitos querem recursos para combater a pandemia, mas não querem adiar as eleições em razão da crise sanitária. “É interessante a pressão de prefeitos por recursos porque a pandemia atinge os municípios com alto número de infectados, a economia caindo e ao mesmo tempo, uma pressão pelo não adiamento. Se não precisa adiar a eleição, é porque não tem mais crise nos municípios”, afirmou.

Maia diz estar dialogando com os líderes para avançar na proposta de adiamento das eleições. “A eleição não pode estar à frente de salvar vidas e proteger as famílias brasileiras”, defendeu.

Agência Câmara de Notícias

Deixe seu comentário

Coronavírus: 673.729 pessoas estão curadas em todo o Brasil

26 Jun2020

Por Jbelmont às 00h27

O Ministério da Saúde registrou nesta quarta-feira o total de 673.729 pessoas curadas do coronavírus em todo o Brasil, 23.821 delas nas últimas 24 horas.

O número é superior à quantidade de casos ativos no país (499.414), que são pacientes em acompanhamento médico.

Atualmente, o registro dos curados já representa mais da metade do total de casos acumulados (54,9%).

Com estes números, o Brasil ultrapassou os Estados Unidos e se tornou o país com maior número de pessoas recuperadas de covid-19 no mundo, informa a Universidade Johns Hopkins, que tem monitorado a pandemia do novo coronavírus em parceria com órgãos equivalentes ao Ministério da Saúde em todos os países. Os Estados Unidos somam 656.161 curados.

Deixe seu comentário

Bolsonaro afirma que vai pagar auxílio emergencial por mais 3 meses

25 Jun2020

Por Jbelmont às 23h58

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25) que o benefício do auxílio emergencial deve ser estendido por mais três meses e que os valores ainda não foram definidos. O anúncio foi feito durante a live nas redes sociais.

“Os números não estão definidos ainda, mas a gente vai prorrogar por mais três meses”, afirmou Bolsonaro em sua live semanal nas redes sociais, ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes.

Segundo ele, ainda não foram definidos os valores exatos, mas prevê que serão R$ 1.200 divididos em três parcelas decrescentes, de R$ 500, R$400 e R$300.

Já o ministro Paulo Guedes confirmou que a terceira parcela do auxílio emergencial deve começar a ser pago já neste sábado (27).

O presidente também afirmou ainda que espera que a economia volte a funcionar no país e apelou para que governadores e prefeitos abram suas cidades e retomem a normalidade para acelerar este processo.

R7

Deixe seu comentário

Estudamos perdoar empréstimo de pequenas empresas, diz Guedes

25 Jun2020

Por Jbelmont às 23h54

 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou em live ao lado do presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (25) que o governo estuda perdoar dívidas de empréstimos das linhas de crédito criadas para pequenas empresas em resposta a crise da pandemia da covid-19.

A ideia é que as pequenas empresas que conseguirem pagar as parcelas do empréstimo no ano que vem e honrarem os pagamentos dos impostos sem atrasos, possam ser beneficiadas com um bônus por serem bons pagadores e até mesmo com o perdão do restante da dívida.

“A empresa pagou imposto no ano seguinte, é um bom pagador, para que você vai chatear o cara, vamos dar perdão para o empréstimo dele e estamos estudando isso”, afirmou o ministro.

Guedes explicou ainda que o governo não quer ganhar dinheiro em cima das pequenas empresas que receberam algum apoio financeiro do Governo Federal., mas que as grandes empresas, devem receber ajuda financeiras mas terão que pagar a dívida no futuro.

R7

Deixe seu comentário

Brasil tem 1.180 mortes em 24 horas e ultrapassa 55 mil óbitos pela Covid-19, aponta consórcio de veículos de imprensa no boletim das 20h

25 Jun2020

Por Jbelmont às 23h48

Levantamento mostra também que país acumula 1.233.147 casos confirmados

RIO – O Brasil tem 55.054 mortes de Covid-19, e o número total de casos é de 1.233.147. Os dados são do boletim das 20h desta quinta-feira do consórcio de veículos de imprensa formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S. Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo, a partir das atualizações das secretarias estaduais de Saúde. Foram registradas 1.180 novas mortes e 40.673 novos casos desde o último boletim consolidado, publicado às 20h de ontem. Nessa atualização, todos os estados, exceto Amazonas, informaram os dados. O próximo levantamento será divulgado às 8h desta sexta-feira.

 

VER MAIS CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

AS NOTÍCIAS QUE MAIS REPERCUTIRAM NO DIA DE HOJE: CONFIRA

25 Jun2020

Por Jbelmont às 18h32

Senado aprovou a proposta de adiar as eleições municipais

Rosalba revela que teve coronavírus, mas que está curada

RN atinge pico da pandemia

Comércio e serviços: Onda de demissões sem indenizações é por falta de dinheiro mesmo!

RN tem 750 pessoas internadas no tratamento da Covid-19 e ocupação dos leitos passa de 90%

Deixe seu comentário

Senado aprovou a proposta de adiar as eleições municipais

25 Jun2020

Por Jbelmont às 17h39

Beto Rosado @BetoRosado no Twitter


Pessoal, o Senado aprovou a proposta de adiar as eleições municipais. Eu defendo que as eleições sejam unificadas em 2022. Vamos economizar cerca de R$ 8 bilhões e esses recursos devem ser investidos no que mais importa neste momento: salvar vidas!

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +