'Se a gente sair andando todo mundo de uma vez, vai faltar pro rico, pro pobre', diz ministro da Saúde

28 Mar2020

Por Jbelmont às 18h50

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta,atualiza dados em coletiva de imprensa sobre à infecção pelo novo coronavírus no Brasil — Foto: Marcello Casal/ Agência Brasil

 

Em entrevista que confirmou 114 mortes e 3.904 casos no país neste sábado (28), Mandetta reforçou necessidade de isolamento social em declarações que vão contra as de Jair Bolsonaro.
Por G1

O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reforçou neste sábado (28) a necessidade de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus no Brasil. "Se a gente sair andando todo mundo de uma vez vai faltar pro rico, pro pobre", ele disse.

A declaração foi feita durante entrevista para divulgar os novos dados do coronavírus no Brasil. São 114 mortes e 3.904 casos confirmados no país. A taxa de letalidade é 2,8% e São Paulo concentra 1.406 casos.

O balanço deste sábado acrescentou 22 mortes e 487 casos confirmados ao total. Este é o segundo maior aumento diário de casos no Brasil até agora. Na sexta-feira, foram 503 novas confirmações.

Necessidade de isolamento
Mandetta ressaltou a orientação de "a gente ficar em casa, parado", até que o poder público "consiga colocar os equipamentos na mão dos profissionais que precisam".

"Porque se a gente sair andando todo mundo de uma vez vai faltar pro rico, pro pobre, para o dono da empresa, para o dono do botequim, para o dono de todo mundo", disse Mandetta.

CONTINUAR LENDO CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

RN tem 45 casos confirmados de coronavírus em seis cidades

28 Mar2020

Por Jbelmont às 12h43

Dados foram atualizados pela Secretaria Estadual de Saúde neste sábado (28). Estado tem 1.130 casos suspeitos e 323 foram descartados.
Por G1 RN

Com 17 novos casos confirmados neste sábado (28) pela Secretaria Estadual de Saúde, o Rio Grande do Norte passa a ter 45 pessoas com o novo coronavírus - Covid-19. De acordo com o boletim epidemiológico, ainda há 1.130 casos suspeitos e foram 323 descartados no estado. O número de óbitos em investigação caiu de quatro para três.

Até esta sexta-feira (27), 28 pacientes tinham testado positivo para a doença e havia 1.130 notificações com suspeita para a doença, além de 282 casos descartados.

De acordo com a pasta, os pacientes confirmados estão distribuídos em seis cidades do estado, sendo a maioria na capital potiguar. Natal tem 22 pacientes, seguida por Mossoró (14), Parnamirim (6), Macaíba (1), Monte Alegre (1) e Passa e Fica (1).

Nesta sexta-feira (27), a Secretaria de Saúde confirmou investigação de quatro óbitos sob suspeita, sendo três em Assu, no Oeste potiguar, e um em Parnamirim. Porém um dos casos, em Assu, teve a hipóstese de morte por coronavírus descartada pela pasta.

Deixe seu comentário

Governador do RIO vai prorrogar isolamento

28 Mar2020

Por Jbelmont às 11h02

Wilson Witzel deve editar um decreto na segunda-feira prorrogando as medidas de isolamento social por mais 15 dias.

O secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, disse para O Globo:

“A única possibilidade é o isolamento social. De cada cem pessoas que entram no CTI, metade morre. Então, quanto mais tempo conseguirmos segurar o isolamento social, menor será o impacto dessa crise sobre nós, menor será o número de mortes.”

Deixe seu comentário

Secretaria Municipal de Saúde confirma mais oito casos do novo coronavírus em Mossoró

28 Mar2020

Por Jbelmont às 10h55

A Secretaria de Saúde de Mossoró recebeu, na noite desta sexta-feira (27), a confirmação de mais oito casos do novo coronavírus na cidade. Cinco pacientes estão em isolamento domiciliar, encontram-se bem, alguns já não apresentam mais sintomas. Dois em internamento hospitalar, mas estão estáveis. Uma paciente internada em UTI, ainda inspira cuidados, mas está estável.

Pacientes em isolamento domiciliar: três mulheres de 31, 35 e 40 anos. Dois homens de 37 e 65 anos; Pacientes em internamento hospitalar: uma mulher de 47 anos e um homem de 61 anos; Uma mulher internada em UTI de 50 anos.

Em números atualizados, Mossoró conta agora com 13 casos do novo coronavírus. Em breve os números de suspeitos, descartados e confirmados serão atualizados no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP).

A Secretaria de Saúde de Mossoró também está investigando um óbito que ocorreu no dia (25) de uma mulher, de 67 anos, com comorbidade. Amostras foram recolhidas e encaminhadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do Rio Grande do Norte Dr. Almino Fernandes (LACEN/RN) para descartar ou não a suspeita do coronavírus. Assim que os resultados estiverem prontos a SESAP deve divulgar em seu boletim epidemiológico.

Deixe seu comentário

Casos da Covid-19 no mundo dobram em uma semana e ultrapassam 600 mil

28 Mar2020

Por Jbelmont às 10h39

Imagem: reprodução 


Mais de 600.000 casos de coronavírus foram registrados oficialmente no mundo desde o início da pandemia, em dezembro, de acordo com o levantamento realizado pela Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

Até o momento foram diagnosticados 614.884 casos e 28.687 mortes em 177 países e territórios. O número de pessoas curadas é 135.671.

A partir do dia que o primeiro caso da doença foi registrado, em dezembro, foram necessários 67 dias para que o número de pessoas infectadas no mundo alcançasse 100 mil. Para que os casos chegassem a 200 mil, foram necessários apenas 11 dias.

Apenas quatro dias mais tarde, a cifra bateu 300 mil. Na terça-feira, apenas três dias depois, os números bateram 400 mil. Impulsionada majoritariamente pelos Estados Unidos, a estatística havia superado os 500 mil na quinta-feira, há dois dias.

O número de contágios é especialmente elevado nos Estados Unidos (104.837 casos, 1.711 mortes), Itália (86.498 casos, 9.134 mortes) e China (81.996 casos, 3.299 mortes).

Os casos diagnosticados refletem apenas uma parte dos contágios reais, pois muitos países fazem exames apenas em pacientes em estado grave e que precisam de internação.

O Globo

Deixe seu comentário

Espanha tem 832 mortes por Covid-19 em 24 horas; número é o mais alto registrado em um único dia no país

28 Mar2020

Por Jbelmont às 10h15

A Espanha registrou 832 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, informou neste sábado (28) o Ministério da Saúde espanhol. É o número mais alto registrado em um único dia desde que o novo coronavírus chegou ao país.


O país é o segundo com o maior número de mortes pela doença no mundo, 5.690, ficando atrás apenas da Itália. Com 8.189 novas infecções entre a sexta-feira (27) e este sábado, a Espanha ultrapassou a marca dos 72 mil casos, colocando-a em quarto lugar com o maior número de registros. À frente estão Estados Unidos, Itália e China.

Deixe seu comentário

Coronavírus: Escolas públicas e privadas do RN pedem aulas suspensas por mais 30 dias

28 Mar2020

Por Jbelmont às 10h04

Solicitação foi realizada após reunião entre secretários de educação e entidades do setor, nesta sexta-feira (27). Medida depende de decisão e decreto da governadora.
Por G1 RN

Aulas estão suspensas no RN desde o dia 18 de março. — Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi


Escolas públicas e privadas do Rio Grande do Norte solicitaram a prorrogação da quarentena determinada pelo governo, com suspensão das aulas por mais 30 dias. O motivo é a pandemia do novo coronavírus - Covid-19 - que tinha 28 casos confirmados e mais de 1,1 mil suspeitos no estado, até esta sexta-feira (27). Cerca de 1 milhão de estudantes estão sem ir à escola desde o dia 18 de março.

O assunto foi tema de uma reunião entre a Secretaria Estadual de Educação, o Conselho Estadual de Educação, a União dos Dirigentes Municipais de Ensino, Secretaria Municipal de Educação de Natal e o Sindicato das Escolas Particulares do RN, realizada nesta sexta-feira (27).

Em nota, a Secretaria Estadual de Educação confirmou a deliberação, mas ressaltou que a decisão sobre a prorrogação ou não da quarentena será definida pela governadora Fátima Bezerra (PT). Se confirmada, um novo decreto deverá ser publicado.

Inicialmente, o estado decretou suspensão das aulas por 15 dias, até o dia 2 de abril. Caso haja um novo decreto, seguindo o pedido, a suspensão poderá seguir até 3 de maio. Porém os gestores também sugeriram que reuniões semanais deveriam avaliar a situação a fim de que as aulas fossem retomadas antes do prazo, caso fosse considerado possível.

"Esse pedido justifica-se pela finalização do prazo de 15 dias (...) e em razão do momento de crise sanitária, que ainda exige medidas de isolamento social, de prevenção e de proteção da população do Estado, em especial dos profissionais da educação, estudantes e suas famílias, que representam milhões de pessoas, cujas medidas de isolamento social são fundamentais para evitar a evolução da pandemia causada pelo COVID-19", afirmaram as entidades.

De acordo com o governo, o estado conta com cerca de 1 milhão de alunos, praticamente um terço da população potiguar. São aproximadamente 220 mil da rede estadual, 600 mil da municipal e cerca de 170 mil na rede privada. No caso da escolas particulares, parte delas continua dando aulas através de meios eletrônicos.

Deixe seu comentário

Coronavíros no RN e nos estados vizinhos

27 Mar2020

Por Jbelmont às 22h51

 

Por G1 RN
27/03/2020 12h22 Atualizado há 8 horas

Sobe para 28 número de casos confirmados de coronavírus no RN
Balanço da Sesap foi divulgado na tarde desta sexta-feira (27).

Com mais nove novos casos da Covid-19 confirmados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) na tarde desta sexta-feira (27), o Rio Grande do Norte passou a ter 28 pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Ao todo, o estado tem 1.176 casos suspeitos distribuídos em 94 municípios. Entre eles estão quatro pacientes que morreram e cujos óbitos estão em investigação. Ao todo, 282 casos foram descartados.
-------------

Por G1 CE
27/03/2020 18h51 Atualizado há uma hora

Ceará registra 282 casos de novo coronavírus

A Secretaria da Saúde do Ceará registra 282 casos de novo coronavírus no estado, segundo o informe epidemiológico divulgado pela pasta nesta sexta-feira (27). O número de mortes pela Covid-19 permanece em três.
-------------

Por G1 PB
Familiares de pacientes com coronavírus na PB ficam isolados, mas não fazem testes

A Paraíba tem dez casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta sexta-feira (27). Porém, testes não estão sendo realizado em familiares e pessoas próximas a esses pacientes diagnosticados com a Covid-19. Aos familiares, recomenda-se isolamento domiciliar, de acordo com a SES. Ao paciente, a recomendação é a mesma, podendo ficar num cômodo isolado.

Três dos pacientes com diagnostico confirmado de coronavírus estão recuperados e apenas um segue em internação. Os outros seis estão bem e seguem acompanhados pelas vigilâncias municipais.
-------------

G1 PE
27/03/2020 16h36 Atualizado há 2 horas

Pernambuco tem 4 mortos e 57 casos confirmados do novo coronavírus

Em um dia, foram confirmados mais nove casos da Covid-19, um deles em Noronha. Houve, também, mais uma cura clínica, nesta sexta (27), totalizando sete recuperações.

Pernambuco divulgou, nesta sexta-feira (27), mais uma morte pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), totalizando quatro óbitos, desde o início dos registros, em 12 de março. A vítima é um homem de 82 anos, morador do Vasco da Gama, na Zona Norte do Recife. No mesmo dia, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, houve mais nove confirmações, totalizando 57 casos

Deixe seu comentário

Juiz suspende medida que considerava igreja e lotérica 'essenciais'

27 Mar2020

Por Jbelmont às 20h25

Bolsonaro é abençoado em setembro por Edir Macedo, fundador da Igreja Universal, no templo de Salomão | Reprodução

 

Juiz suspende medida que considerava igreja e lotérica 'essenciais'

A 1ª Vara Federal de Duque de Caxias (RJ) suspendeu a aplicação do decreto de Bolsonaro que incluiu igrejas e casas lotéricas como serviços essenciais e que, portanto, poderiam funcionar normalmente durante a quarentena. "O acesso a igrejas, templos religiosos e lotéricas estimula a aglomeração e circulação de pessoas", escreveu o juiz federal na decisão, que vale para todo o país.


No documento, o juiz Márcio Santoro Rocha afirma que é "nítido que o decreto coloca em risco a eficácia das medidas de isolamento e achatamento da curva de casos da covid-19, que são fatos notórios e amplamente noticiados pela imprensa, que vem, registre-se, desempenhando com maestria e isenção seu direito de informar".
O juiz ponderou ainda que "tais medidas são fundamentais para que o Sistema de Saúde — público e privado — não entre em colapso, com imprevisível extensão das consequências trágicas a que isso pode levar".


Ele ressaltou que não está "a impedir o exercício da atividade religiosa", que continua podendo ser livremente "desempenhada em casa, com os recursos da internet", mas que "o direito à religião, como qualquer outro, não tem caráter absoluto, podendo ser limitado em razão de outros direitos".
A decisão foi em resposta a uma ação civil pública, com pedido de liminar, movida pelo procurador Julio José Araujo Junior, do Ministério Público Federal no Rio.


Além do Rio, o MPF no Distrito Federal também havia entrado hoje com uma ação civil pública com o mesmo objetivo. Ainda não houve decisão.


LEIA MAIS CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

Itália tem quase mil mortes causadas pela Covid-19, o recorde diário

27 Mar2020

Por Jbelmont às 17h43

As autoridades italianas afirmaram que o número diário de mortes na quinta-feira foi de 919; o total chegou a 9.134
Por G1

 

Na Itália, caixões são levados ao interior de uma igreja — Foto: Claudio Furlan/LaPresse via AP

O número de mortes na Itália por causa do Covid-19, a doença causada pelo coronavírus aumentou em 919, disse a agência de proteção civil nesta sexta-feira (27). Até agora, 9.143 pessoas morreram por conta da epidemia no país.

É o recorde para um único dia. Antes, havia sido o 21 de março, quando 793 pessoas haviam morrido. No entanto, 50 delas são referentes à mortes de quinta-feira, na região do Piemonte, que foram contabilizadas nesta sexta-feira.

Nos últimos dias, os números foram os seguintes:

23 de março: 602
24 de março: 743
25 de março: 683
26 de março: 712
27 de março: 919

Ainda não chegou o pico
As infecções de coronavírus na Itália não atingiram seu pico, disse Silvio Brusaferro, chefe do Instituto Superior de Saúde do país nesta sexta-feira (27).

CONTINUAR LENDO CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

Papa reza só e concede indulgência plenária por pandemia de coronavírus

27 Mar2020

Por Jbelmont às 17h26

Atitude inédita permite que mais de 1,3 bilhão de católicos obtenham a indulgência plenária, ou seja, o perdão de seus pecados, em meio a medidas de confinamento que afetam mais de 3 bilhões de pessoas.

 

Papa faz missa na Praça São Pedro vazia nesta sexta (27) — Foto: Guglielmo Mangiapane/Reuters 


O Papa Francisco rezou nesta sexta-feira (27) sozinho diante da imensa praça de São Pedro vazia e deu a bênção e a indulgência plenária ao mundo pela pandemia de coronavírus que o assola. Não há registro de gesto semelhante na história do Vaticano.

Foi um ritual inédito, durante o qual ele deu a bênção "Urbi et Orbi" (à cidade e ao mundo) a todos os fiéis.

A bênção permite que mais de 1,3 bilhão de católicos obtenham a indulgência plenária, ou seja, o perdão de seus pecados, em um momento tão difícil, com medidas de confinamento que afetam mais de 3 bilhões de pessoas.

A bênção extraordinária Urbi et Orbi é a mesma que os pontífices costumam transmitir apenas em 25 de dezembro e no domingo de Páscoa, datas em que se lembra o nascimento e a morte de Jesus.

A imagem do chefe da Igreja católica orando sozinho diante da imensa esplanada pelo fim da guerra contra um inimigo invisível é quase cinematográfica.

VER MAIS CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

São Paulo tem 68 mortos por coronavírus, média de um a cada 2 horas e 20 minutos, e 1.223 casos confirmados

27 Mar2020

Por Jbelmont às 17h12

Subiu para 68 o número de mortes pelo novo coronavírus no estado de São Paulo nesta sexta-feira (27), média de uma a cada duas horas e 20 minutos, segundo o secretário da Saúde de São Paulo, José Henrique Germann. O estado possui ainda 1.223 casos confirmados, aumento de 14% em relação ao dia anterior.

LER MAIS  AQUI

Deixe seu comentário

Brasil tem 92 mortes e 3.417 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde

27 Mar2020

Por Jbelmont às 16h41

O Ministério da Saúde divulgou o mais recente balanço dos casos da Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2. Os principais números são:

92 mortes
3.417 casos confirmados

No balanço anterior, que marcou o primeiro mês da circulação do novo coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil, os números apontavam 77 mortes e 2.915 casos confirmados. Em relação às mortes, o aumento foi de 19%, e de 17% em relação aos casos do dia anterior.

Deixe seu comentário

Com 2.000 casos em 6 dias, país soma 3.027 doentes com Covid-19

27 Mar2020

Por Jbelmont às 13h57

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 10h53 de sexta-feira (27), 3.027 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil com 77 mortos, 58 deles em São Paulo, de acordo com a secretaria de Saúde do estado.

O estado de Minas Gerais divulgou nesta manhã que alcançou 189 casos no estado. Paraíba atualizou o número de casos para nove na manhã de sexta-feira. Já Porto Alegre teve sua segunda morte provocada pela doença, mas ela ainda não foi contabilizada pelo governo local.

O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). No entanto, os outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias ( de 21 a 27 de março).

O Ministério da Saúde atualizou seus números na tarde de quinta-feira (26), informando que o Brasil registra 2.915 casos confirmados do novo coronavírus e que já foram registradas 77 mortes – os dados ainda não foram atualizados por todas as secretarias de saúde estaduais.

Com informações do G1

Deixe seu comentário

Sobe de 19 para 28 o número de casos confirmados de coronavírus no RN

27 Mar2020

Por Jbelmont às 13h27

Informação foi divulgada pelo secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia, em coletiva ao lado da governadora Fátima Bezerra

 

 

Subiu de 19 para 28 o número de casos de coronavírus no Rio Grande do Norte, de acordo com o secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia. O titular da pasta confirmou o acréscimo no número, em coletiva junto da governadora Fátima Bezerra.


Dos nove infectados, colocados recentemente na estatística, três são de Mossoró, como a Secretaria Municipal de Saúde do município já havia informado, e seis são de Natal. Com isto, Natal passa a ter 19 pessoas diagnosticadas com o vírus, enquanto Mossoró passa a ter cinco e Parnamirim segue com quatro.

De acordo com Cipriano Maia, ainda tem mais 11 testes positivos em análise e quatro óbitos em investigação. Todos os testes analisados foram feitos na Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

AgoraRN

Deixe seu comentário

Mossoró tem cinco casos confirmados do novo coronavírus

27 Mar2020

Por Jbelmont às 11h34

Hospital Regional Tarcísio Maia não tem casos confirmados


A Secretaria de Saúde de Mossoró confirma mais três casos do novo coronavírus na cidade. Atualmente Mossoró passa a contar com cinco casos confirmados do Covid-19. Ontem, 26, o boletim epidemiológico havia confirmado um caso em Mossoró.

A Secretaria de Estado de Saúde Pública, SESAP, deve anunciar até o fim do dia o quantitativo geral do Rio Grande do Norte de casos suspeitos e confirmados.


NEGATIVO

Boletim divulgado pela direção do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) mostra que seis pacientes internados na unidade hospitalar suspeitos de terem contraído a Covid-19 testaram negativo.

De acordo com o documento, nove pessoas que procuraram o HRTM apresentaram os sintomas do novo coronavírus. Duas delas estão internadas e uma recebeu alta. Não há nenhum caso grave e também não teve nenhum caso confirmado no Tarcísio Maia.

DeFato

Deixe seu comentário

Últimas notícias de coronavírus de 27 de março

27 Mar2020

Por Jbelmont às 11h18

África do Sul dá início nesta sexta-feira (27) a um bloqueio de 21 dias aos seus 57 milhões de habitantes. Número volta a subir e Espanha bate recorde diário de mortes.

O número de mortes na Espanha por complicações relacionadas à Covid-19 voltou a subir nesta sexta-feira (27). Nas últimas 24 horas, foram registrados 769 falecimentos (o recorde havia sido entre terça e quarta, com 738 mortes). Na última quinta, o registro era de 655.

Ao todo, são 4.858 mortes, deixando o país apenas atrás da Itália nesse quesito. São 64.059 contaminados, de acordo com o Ministério da Saúde. Destes, 4.165 estão na UTI e outros 9.357 já se recuperaram. O conselho de ministros se reúne ainda nesta sexta para discutir a ampliação do estado de emergência ao menos até o dia 11 de abril.

Continuar lendo CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

Coronavírus: Câmara aprova projeto que prevê R$ 600 por mês para trabalhador informal

26 Mar2020

Por Jbelmont às 21h55

Texto vai ao Senado e prevê repasse por 3 meses. Autônomo deverá cumprir requisitos como ter mais de 18 anos e não receber benefício previdenciário ou assistencial.

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (26) um projeto que prevê o pagamento de R$ 600 a trabalhadores informais por três meses em razão da pandemia do coronavírus. A mulher que for mãe e chefe de família poderá receber R$ 1,2 mil. A proposta inicial do governo era de R$ 200 para os trabalhadores informais.

Com a aprovação, o texto seguirá para votação no Senado. Ainda não há data definida para a análise pelos senadores. O pagamento do auxílio emergencial é limitado a duas pessoas da mesma família.

Segundo estimativa preliminar da Instituição Fiscal Independente (IFI), ligada ao Senado, o impacto fiscal com o auxílio para a União será de R$ 43 bilhões por três meses. O cálculo não considera ainda as mães chefes de família que poderão receber o auxílio em dobro.

Pela proposta, poderá receber o montante o autônomo que não receber benefícios previdenciários, seguro desemprego nem participar de programas de transferência de renda do governo federal, com exceção do Bolsa Família.

Desde a semana passada, a Câmara e o Senado tem aprovado projetos relacionados ao combate do coronavírus e dos efeitos provocados pela crise.

Em razão das medidas de prevenção contra o coronavírus, a sessão desta quinta foi parcialmente virtual, com a presença de apenas alguns deputados no plenário. Os demais acompanhavam por videoconferência.   

Entenda o projeto

CLIQUE AQUI

Deixe seu comentário

EUA passam China e Itália e se tornam país com maior nº de casos

26 Mar2020

Por Jbelmont às 19h00

País já tem mais de 80 mil casos, indicam sites de monitoramento em tempo real

 



Começou a temida explosão da Covid-19 nos Estados Unidos. Os números oficiais da Organização Mundial de Saúde (OMS) ainda não saíram, mas nesta tarde sites de monitoramento em tempo real da Covid-19 mostram que os Estados Unidos são hoje o país mais afetado pela pandemia, passando a Itália e a China. CLIQUE AQUI E VEJA

Deixe seu comentário

Brasil tem 77 mortes e 2.915 casos confirmados de novo coronavírus, diz Ministério da Saúde

26 Mar2020

Por Jbelmont às 17h59

Ministério da Saúde diz que, até as 17h30, país tinha 194 pacientes internados em UTIs e outros 205 em enfermarias.

O primeiro mês da circulação do coronavírus Sars-Cov-2 no Brasil deixou 77 mortes e 2.915 casos confirmados. Os dados são do balanço do Ministério da Saúde, que compilam os dados repassados pelas secretarias estaduais até as 17h30 desta quinta-feira (26).

O balanço aponta ainda que país tem 194 pacientes internados em UTIs e outros 205 em enfermarias.

Em relação ao dia anterior, quando o balanço apontava 57 mortes, houve um aumento de 35%. Em relação aos casos, que somavam 2.433 casos na quarta, a alta foi de 19%. Dos casos, 1.665 estão no Sudeste. No Brasil, a taxa de letalidade é de 2,7%.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo dos Reis, afirmou que a pasta não vai dar projeção de qual a estimativa de casos para o próximo mês, mas afirmou que não trabalha com a perspectivas de redução dos casos em abril.

 

O Ministério da Saúde chegou a divulgar que o total de mortes era de 78, mas o número foi corrigido pelo governo porque a tabela considerava uma morte a mais no Distrito Federal.

100 mil casos em 2 dias no mundo
A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta quinta-feira (26) que, nos últimos dois dias, o mundo registrou mais 100 mil novos casos de coronavírus. Ao todo, já são mais de meio milhão de pessoas infectadas.

Na segunda-feira (23), a OMS apresentou um balanço dos casos a cada marca de 100 mil para alertar como a pandemia está se acelerando nesta semana: os primeiros 100 mil casos de Covid-19 foram registrados em 67 dias - mas foram necessários apenas mais 11 dias para dobrar e atingir 200 mil casos e outros quatro dias para chegar a 300 mil casos. Agora, a pandemia levou dois dias para somar mais 100 mil novos casos ao balanço.

""A pandemia da Covid-19 está se acelerando a uma taxa exponencial", publicou nas redes sociais o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus. "Sem ação agressiva em todos os países, milhões poderão morrer", completou.

Deixe seu comentário

Casos suspeitos de coronavírus são registrados em mais de 90 cidades do RN

26 Mar2020

Por Jbelmont às 16h34

O portal G1-RN destaca nesta quinta-feira(26) que são 1.125 casos suspeitos de coronavírus no Rio Grande do Norte, sendo 26 de pacientes residentes em outras regiões do país. Até o momento, foram 153 descartados. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde nesta manhã, o estado registra neste momento 19 casos pacientes confirmados.

Segundo a reportagem, há casos suspeitos em 91 municípios – portanto, mais da metade das cidades do RN. Natal possui quase metade dos casos suspeitos: 532. Mossoró tem 151 pacientes com suspeita e Parnamirim, 83. Veja a lista de cidades e o número atual de casos suspeitos. CLIQUE AQUI.

Deixe seu comentário

Com mais cinco casos confirmados, 4 de Natal e um de Mossoró, sobe para 19 o número de infectados por coronavírus no RN

26 Mar2020

Por Jbelmont às 10h58

Dados foram atualizados em boletim divulgado na manhã desta quinta-feira (26) pela Secretaria de Saúde (Sesap)

Subiu de 14 para 19 o número de casos confirmados do novo coronavírus no Rio Grande do Norte. A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira (26) pela Secretaria de Saúde.

Dos cinco novos pacientes confirmados, um reside em Mossoró, do sexo feminino e 25 anos; e as outras quatro pessoas são de Natal (duas do sexo masculino, uma de 72 e outra de 36 anos; e duas do sexo feminino, uma de 42 e a outra de 32 anos).

De acordo com o boletim epidemiológico, o número de casos suspeitos subiu de 839 para 1.125, sendo 26 casos de pessoas residentes em outras regiões do país. Até o momento, foram 153 casos descartados.

No RN pula de 839 para 1.125 suspeitos .

Deixe seu comentário

“Ou Bolsonaro renuncia, ou fazem impeachment dele”, diz Lula

26 Mar2020

Por Jbelmont às 10h27

Petista afirmou que o presidente não tem 'estatura psicológica' para governar o Brasil

 

'Bolsonaro não está preparado para tocar esse País', disse Lula em live ao lado de Haddad

 


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse durante conversa com o Fernando Haddad, nesta quarta-feira (25), que o presidente Jair Bolsonaro não tem "estatura psicológica" para governar o Brasil e, portanto, deve renunciar ou "se faz o impeachment".
"Haddad, acho que nós estamos numa situação complicada, porque acho que o Bolsonaro não tem estatura psicológica para continuar governando o Brasil. Ou este cidadão renuncia ou se faz o impeachment dele, alguma coisa, porque não é possível que alguém seja tão irresponsável de brincar com a vida de milhões de pessoas como ele está brincando", disse o ex-presidente.

Lula criticou duramente o pronunciamento de Bolsonaro no qual o presidente defendeu a flexibilização das medidas de controle ao coronavírus adotadas pelos Estados e voltou a comparar a doença a uma "gripezinha".

Citando episódios de seus oito anos de governo para ilustrar sua fala, Lula disse que o papel de um presidente em momentos de crise é unir o País, ouvir os melhores especialistas em cada área e tomar decisões com base em fatos científicos.

Ao falar em renúncia ou impeachment de Bolsonaro, Lula faz um avanço em relação à posição que defendia desde a eleição do atual presidente, sempre contrária ao discurso de setores do próprio PT que pedem a derrubada do governo.

Há menos de duas semanas, o grupo de Lula na direção do PT barrou tentativa de correntes minoritárias de aprovar o "Fora Bolsonaro" como bandeira do partido. Até antes do pronunciamento do presidente na TV, líderes petistas avaliavam que a defesa do impeachment de Bolsonaro poderia ser interpretada como oportunismo político.

Em suas redes sociais, Lula divulgou a íntegra da conversa com Haddad, mas não deu destaque para a fala sobre o impeachment.

"O Bolsonaro não está preparado para tocar esse país. Um presidente não é obrigado a saber de tudo, mas quando você não sabe, você consulta a sociedade, os especialistas, os governadores. Coisa que em nenhum momento ele fez" escreveu o ex-presidente.

POR TERRA

Deixe seu comentário

58% dos casos suspeitos de coronavírus no RN são de pessoas jovens entre 20 e 39 anos

26 Mar2020

Por Jbelmont às 10h22

A Tribuna do Norte desta quinta destaca que são os jovens entre 20 e 39 anos que representam a maior qauntidade de casos suspeitos de Covid-19 registrados no Rio Grande do Norte, 58%.

De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap-RN), divulgado nesta quarta-feira (25), pessoas nesta faixa etária, em números, somam pelo menos 495 casos dos 839 suspeitos registrados no Estado. O RN tem 14 casos confirmados do novo coronavírus.

Segundo o boletim, a maior parte das notificações de casos suspeitos para esta faixa etária diz respeito às mulheres, com pelo menos 370 notificações. Essa situação também se repete nos casos confirmados da doença no Estado: dos 14 usuários infectados com o vírus, nove deles estão nesse intervalo de idade, sendo seis mulheres e três homens.
Para acessar a reportagem completa, é só clicar aqui: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/jovens-entre-20-e-39-anos-sa-o-maioria-dos-casos-suspeitos-de-coronava-rus-no-rn/475827
TRIBUNA DO NORTE

Deixe seu comentário

Isolar apenas idosos não é suficiente para combater coronavírus, dizem cientistas

26 Mar2020

Por Jbelmont às 10h13

Para especialistas, isolamento vertical é jogar 'lenha na fogueira'

 

Idosos se reúnem em Copacabana, bairro que concentra população com mais de 60 anos: as amigas vão para a rua, mas se cumprimentam com os pés

 


Especialistas consultados pelo GLOBO sobre a proposta de relaxar as medidas de isolamento da Covid-19 no Brasil como 'genocídio' e 'irresponsabilidade' para descrever o que poderia aconteceria com os idosos, mas não foram unânimes em criticar o presidente Bolsonaro. Ao menos um cientista que tem sido consultado para a política de resposta á Covid-19 diz que não vê risco de o presidente interferir no desenho da reação à epidemia.
Os pesquisadores foram ouvidos após o presidente Jair Bolsonaro sugerir em pronunciamento na noite da última terça-feira que apenas idosos sejam objeto da estratégia de distanciamento social, mas que jovens adultos voltem ao trabalho e escolas sejam reabertas.

Todos criticaram a proposta de isolamento "vertical" (só para um grupo específico), sobretudo em se tratando dos idosos, que precisam de ajuda para levar a vida e não podem se apartar totalmente da sociedade. Quando o vírus se espalha mais rápido no resto da população, afirmam, ele chega nos idosos mais rápido.

Críticas a Bolsonaro
Luciana Costa, professora de virologia da Instituto de Microbiologia da UFRJ, qualificou de "irresponsabilidade" a sugestão do presidente para que se relaxe as medidas de isolamento para população jovem e adulta.

— É irresponsável isso que está sendo feito pelo representante máximo de uma nação. A não ser que a gente isole totalmente idosos do convívio com qualquer pessoa que esteja circulando com o adultos e crianças, não é possível garantir que o vírus não vai chegar até eles — afirma a cientista. — Existem muitas famílias em que o idoso mora numa casa com crianças e e adultos, em espaços pequenos, principalmente nos extratos menos favorecidos da população.

Segundo a pesquisadora, mesmo em países que inicialmente consideraram isolamento social seletivo para idosos, como o Reino Unido, epidemiologistas já convenceram o governo que as medidas de distanciamento social precisam ser mais amplas.

— Evidentemente, nós entedemos que essas medidas têm impacto relevante na economia. A questão é definir o que é mais importante agora: evitar o numero de baixas na população e o problema social que tudo isso causa, evitar um problema de saúde pública que pode ser catastrófico.

Entre os infectologistas são muitos também aqueles com mensagens mais enfáticas contra o pronunciamento da noite da última terça-feira feito pelo presidente da República.

Tânia Vergara, presidente da Sociedade de Infectologia do Estado do Rio de Janeiro, diz que considera "indispensável" manter a atual política de isolamento.

— As maiores autoridades em epidemiologia e infectologia, não só do Brasil, mas do mundo, não estariam fazendo uma recomendação com um custo econômico e social enormes se não fosse absolutamente indispensável no momento — afirmou ao GLOBO.

Sua entidade subscreve a nota emitida na quarta pela Sociedade Brasileira de Infectologia: "Quando a Covid-19 chega à fase de franca disseminação comunitária, a maior restrição social, com fechamento do comércio e da indústria não essencial, além de não permitir aglomerações humanas, se impõe. Por isso, ela está sendo tomada em países europeus desenvolvidos e nos Estados Unidos da América", afirma nota da Sociedade Brasileira de Infectologia.

A infectologista, que está no grupo de risco e relata estar se expondo para atender alguns pacientes, afirma que é importante que quem puder ficar em casa permaneça isolado, para não ficar doente e para evitar contribuir com a rápida disseminação do vírus.

Paolo Zanotto, virologista do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, comentou a proposta de devolver pessoas mais jovens ao mercado de trabalho, mas disse que não queria responder diretamente à declaração do presidente Bolsonaro.

— Eu sou cientista, e minha opinião política é irrelevante — afirmou o pesuqisador, que criticou a imprensa e disse ver na polarização política um problema que pode agravar a crise da Covid-19.

Foco errado
Para o professor da USP, é possível devolver parte do contingente da força de trabalho ao dia-a-dia, mas a medida tem de ser feita com base em testagem de pessoas para saber se já foram infectados, passaram do período de convalescência e já estão imunes.

— Se a gente não testa as pessoas antes de dizer que podem voltar ao trabalho, à escola, estamos simplesmente adensando a população de novo e jogando lenha na fogueira. Não é inteligente — afirmou.

Zanotto disse, porém, que o excesso de foco e de preocupação com declarações do presidente Bolsonaro é equivocado.

— Não adianta colocar o foco na pessoa errada, porque não é ele que vai definir isso — disse Zanotto. — O que o ministro Mandetta está fazendo é inacreditavelmente bem feito, e eu sei que ele e o Wanderson Oliveira (secretário de Vigilância em Saúde) estão preparando isso de maneira cuidadosa. Um documento da vigilância sanitária está na mão dos cientistas para ajudar a construir isso.

Um dos especialistas com palavras mais duras para Bolsonaro foi Alexandre Kalache, epdimeiologista do Centro Internacional de Longevidade e ex-diretor do programa de envelhecimento da OMS (Organização Mundial da Saúde)

Para ele, relaxar medidas de isolamento agora seria um ato de "genocídio" contra os idosos. Ele disse ter se espantado com a sugestão do presidente.

—- É assustador. O que está sendo feito é um genocídio relacionado à idade — afirmou Kalache. — Não basta os idosos estarem isolados se outros membros da família, crianças ou adultos mais jovens, trouxerem o vírus para dentro de casa e continuarem espalhando o vírus nas ruas.

-- O isolamento social de toda a população tem uma função fundamental — afirma. — O grupo de alto risco para complicações da Covid-19 é o que tem doenças crônicas, que pode ser de qualquer idade, ou aquele que além de ter doenças crônicas tem mais de 60 anos de idade e uma resposta imune baixa. Se essas pessoas forem infectadas, elas vão apresentar as complicações que vão levar ao colapso do sistema de saúde.

Como uma parcela muito grande da população idosa do país vive em condições sociais de pobreza e privação, mesmo com uma população em média mais jovem que a da Itália, temem-se cenas aqui como o encontro de idosos mortos em casa, como se viu na Espanha, e mortalidade em massa como se viu na Itália e no Irã.

 

O GLOBO

Deixe seu comentário

Perfil do Blogueiro

JBelmont
José J Belmont Natural de São José de Campestre RN Radialista, ex vereador de Mossoró e ex deputado estad…
Leia +