“Nunca roubei nem deixei roubar”, afirma o superintendente afastado do IBAMA no RN

JBelmont

12Set2017

Por Belmont às 21h36

Clécio Antônio Ferreira dos Santos, superintendente afastado do Ibama no RN (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

 

O Superintendente afastado do IBAMA no RN, Clécio Santos, alvo da Operação Kodoma deflagrada na manhã desta terça-feira (12) pela Polícia Federal, emitiu nota afirmando sua inocência.

 

Clécio Antônio Ferreira dos Santos, Superintendente do IBAMA/RN, por hora afastado de suas funções, em face da decisão proferida pelo Emin. Juiz Federal da 14° Vara, vem a público esclarecer que:

 

Entendo por bem, dizer antecipadamente, que não tenho qualquer relação espúria com terceiros investigados, seja pessoa jurídica, seja pessoa física, que não me utilizei do cargo para atender interesses pessoais e que toda minha trajetória está assentada na legalidade e na ética.

 

Reitero, finalmente, que exerço atividade profissional há 49 anos, servi a quatro governos estaduais, sem qualquer mácula em minha biografia.

 

NUNCA ROUBEI NEM DEIXEI ROUBAR, NUNCA DEI NEM RECEBI PROPINA, NUNCA CORROMPI NEM FUI CORROMPIDO, de modo que fico a total disposição das autoridades para esclarecer e colaborar com o desenrolar dos fatos, que, por si só, irão me inocentar.

 

Natal/RN, 12 de setembro de 2017
Clécio Antônio Ferreira dos Santos

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.