Botijão de gás de cozinha deve ter reajuste de 53,8%

JBelmont

12Set2017

Por Belmont às 00h23

Se o consumidor pensa que vai pagar R$ 65 no botijão de gás de 13 quilos por muito tempo, está enganado.

 

O preço, que já é absurdo e abusivo, pode chegar a R$ 100 até o final do ano, um aumento de R$ 35, o que equivale a 53,8% de reajuste.

 

A notícia é do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis de Campina Grande.

 

De acordo com o presidente do setor, Bruno Agra, a escalada de preço posta pelo governo federal está bem acima da inflação.

 

– Já houve um reajuste de 20% no preço do gás de cozinha no início de setembro. É um reajuste que nunca se viu. Se especula que até o final do ano o preço chegue até R$ 100. Eles alegam que não houve reajuste por muito tempo e agora vai ter que repassar – contou.

 

Ainda de acordo com Bruno, os revendedores vão ter que negociar com as distribuidoras, pois houve redução no consumo e há muitos clandestinos atuando no setor, porém o aumento é iminente.

 


Redação com Paraíba Online

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.