Câmara Municipal discute situação da Porcellanati em audiência pública

JBelmont

21Abr2017

Por Belmont às 09h41

 

A Câmara Municipal de Mossoró realizou audiência pública para discutir a situação dos trabalhadores da empresa Porcellanati, na manhã desta quinta-feira (20/04). A audiência foi proposta pelo vereador Alex Moacir (PMDB) com o objetivo de encontrar soluções para o atraso no recebimento das rescisões trabalhistas e pagamento dos fornecedores da Porcellanati.

 

José Ronaldo da Silva utilizou a tribuna da Casa para falar em nome dos ex-funcionários da empresa e destacou das iniciativas tomadas pelo grupo. “Criamos uma associação de ex-funcionários por necessidade de nos unirmos. A fábrica fechou há dois anos e nós não recebemos nossos direitos trabalhistas. Fizemos manifestações que não surtiram efeito. A empresa ficou de apresentar um plano de recuperação judicial. Fizemos uma visita há fábrica e vimos que estão cuidando da estrutura, então esperamos que a fábrica reabra e que nós recebamos os nossos direitos.”, declarou.

 

O representante legal da Porcellanati, Sidney de Souza, declarou que a empresa tem um prazo para apresentar as soluções para os empregados e  fornecedores e disse que o grupo que administra a fábrica tem a intensão de reabri-la no futuro. “A recuperação judicial foi deferida. Até o dia 8 de maio devemos apresentar um plano de pagamento que contempla todos o credores em aberto, inclusive as verbas trabalhistas. Nosso objetivo é reabrir a Porcellanati. Sabemos que a reabertura irá gerar em torno de 1500 empregos

Deixe seu comentário
Insira os caracteres conforme a imagem acima.